Capítulo Treze

books and geek world

Mika
Oi gente! Aqui quem fala é a Mika. tenho 22 anos e estou terminando o curso de Administração da UnB (amém!). Eu adoro livros, especialmente os romances. Amo me perder nas histórias acompanhada de uma boa xícara de café.

10 livros para ler em 2017!

Olá, como vão? 2017 está chegando com tudo e eu não poderia estar mais animada para dar as boas vindas ao ano. Ele também já está chegando cheio de metas, desejos e itens para cumprir e comigo não foi diferente. Mesmo tendo lido muitos livros em 2016, eu não li nem 2/3 do que realmente queria, e por isso, espero que nesse próximo ano possa enfim concluir minhas metas, e feito isso, separei 10 livros que quero ler este ano, independente de qualquer coisa! Vamos conhecer?

Os melhores livros lidos em 2016!

Faltam dois dias para darmos adeus a 2016, e a expectativa do Ano Novo vem só crescendo, já que ultimamente só tragédia vem acontecendo. Mas em matéria de livros, o ano de 2016 não decepcionou nenhum pouco. Eu li em média 100 livros e fiquei muito satisfeita por ter conhecido tantos autores e gêneros diferentes. Por isso, hoje vou falar sobre os tais melhores livros que li esse ano, lembrando que a lista não segue ordem de lançamento algum. Foi difícil escolher apenas 10 obras já que eu li muita coisa boa esse ano, mas fiquei bem satisfeita com minhas escolhas e espero que isso apele para que você as leia também. Vamos conhecer?

[Resenha] Dez formas de fazer um coração se derreter, de Sarah MacLean @Arqueiro

Título: Dez formas de fazer um coração se derreter
Autor: Sarah MacLean
Lançamento: 2016
Páginas: 352
Gênero: Romance / Literatura Estrangeira
Editora: Arqueiro
Sinopse: Isabel Townsend não é exatamente o que se espera da filha de um conde. Apesar de ter a pele delicada e de saber se portar como uma dama quando necessário, a jovem também monta a cavalo, conserta telhados, administra a propriedade e cria o irmão caçula desde que a mãe faleceu – tudo isso sem despertar a menor suspeita de que não há um homem sequer para cuidar de sua família.
Para o pai dela, que só queria se divertir e gastar dinheiro em jogatinas, pouco importava o que ela fizesse. Porém, quando ele morre, Isabel se vê sem recursos e precisa defender os direitos do irmão, ameaçados pela chegada iminente de um tutor. Assim, não lhe resta saída senão vender sua coleção de estátuas de mármore, o único bem que herdou.
Para sorte sua, um especialista em antiguidades acaba de chegar ao condado. Inteligente e sensual, lorde Nicholas St. John é um solteiro convicto que deixou Londres para se livrar das jovens que passaram a persegui-lo desde que foi eleito um dos melhores partidos da cidade.
Em poucos dias, fica claro para Nick que Isabel é a mulher mais obstinada e misteriosa – além da mais interessante – que já cruzou seu caminho. Ao mesmo tempo, ao conhecê-lo melhor, a independente Isabel percebe que há homens em que vale a pena confiar. Enquanto eles põem de lado suas antigas convicções, seus corações se abrem para dar uma chance ao amor.
Após ter lido Nove regras a ignorar antes de se apaixonar, eu já estava louca atrás do segundo livro da série Os Números do Amor, escrito pela fabulosa Sarah MacLean. Confesso que até demorei um pouco para ler tendo a obra no celular, mas tomei vergonha na cara e devorei o livro em poucos dias. 

Esse livro fala sobre Nicholas St. John, irmão gêmeo do marquês de Ralston, protagonista do primeiro livro da série. Ao contrário de seu irmão que possuía um título e tinha responsabilidades, Nick não tinha que provar nada para ninguém e por isso viveu aventuras, uma parte dela, no Império Otomano, onde acabou sendo preso e ficando com uma cicatriz no rosto. Mas nem essa marca poderia tirar a beleza dele, e por isso, a Pérolas e Peliças, uma revista feminina, colocou-o no topo da lista de lordes para casar, incluindo uma lista de dicas para conquistar seu coração.

5 autores que encantaram meu coração em 2016!

2016 foi um ano cheio de surpresas e eu ainda estou maravilhada com as diversas obras fantásticas que li durante esses doze meses. Mas isso não seria possível se esses autores não tivessem talento e claro, capacidade suficiente para escrever tais obras. Por isso, nesta retrospectiva de hoje, vou falar sobre os cinco autores que me encantaram esse ano, me fazendo tornar fã oficial e claro, ávida por mais obras deles. Acho que vocês já conhecem alguns, mas vale frisar e relembrar!

Grandes e pequenas conquistas de 2016!

Olá, como vão? Primeiramente, quero desejar a todos um Feliz Natal! Espero muito que esse ano de 2017 chegue repleto de coisas boas, que nós fiquemos em paz, que consigamos atingir nossos objetivos e que alcancemos a felicidade. A todos os blogueiros, meu sincero agradecimento por sempre estarem visitando o Leitora Encantada e fazendo esse pequeno cantinho crescer cada vez mais. 

Para quem não sabe, hoje estou participando desse projeto 'Grandes e pequenas conquistas de 2016', criado pela doce Clara, do blog Próxima Primavera. O intuito do projeto era analisar o ano de 2016 e citar todas as pequenas e grandes conquistas que tivemos, não focar somente nas coisas ruins que aconteceram e sim nas coisas boas que pudemos cumprir. Eu resolvi participar na hora pois achei a iniciativa muito legal, e acho que precisava ver os prós e contras para analisar se esse ano foi bom ou não. Foi difícil para mim encontrar coisas boas nesse ano, visto que ele foi cheio de tragédias e polêmicas, mas fiz o meu melhor ao escolher as minhas conquistas.

As melhores séries de livros de 2016!

Estamos chegando ao fim do ano e o clima é de retrospectiva. Nesses dias vamos relembrar diversos tópicos que tivemos aqui no blog, e o primeiro deles será um top 4 sobre as melhores séries de livros que eu li nesse ano. Devo confessar que não li muitas séries, até porque a maioria que comecei, os livros seguintes ainda estavam em lançamento, mas pude conferir obras maravilhosas, que me encantaram de uma forma indescritível e assim senti mais vontade ainda de continuar a lê-las. Espero que gostem também!

[Primeiras impressões] Proibida, de S.K.Hoffmann

Sinopse:  "Minha vontade era agarrá-la; jogá-la no banco traseiro do meu carro e consumar aquilo que eu estive desejando desde a primeira vez que a vi. Eu a queria."
"Desde aquele bar, sempre tive uma queda pelo Lucas, mas nunca como o que aconteceu hoje. O jeito como ele olhou, demonstrando um desejo explícito, aquele perfume inebriante, aqueles olhos azuis... Tudo isso me deixou desnorteada. A única coisa que eu conseguia pensar era em como seria o sabor do seu beijo, a sensação da sua pele tocando na minha, o roçar dos nossos corpos. Eu o queria para mim, queria dentro de mim."
Lucas a desejava, mas ela era proibida. Suzy o queria, mas ele era inalcançável. Quando os desejos reprimidos se encontram, o resultado é delicioso.

Primeiras impressões da obra

O conto Proibida contém 15 páginas e é uma prévia do livro que será lançado no ano de 2017, o autor encarecidamente disponibilizou para resenha. A história é narrado em primeira pessoa pelos personagens principais: Suzana e Lucas. Suzana, após ser abandonada pelo namorado por outro homem, resolve que precisa de novos ares, e decide sair do Rio de Janeiro para fazer uma especialização em Maceió. 

Mas antes de ir, Suzy fará aquilo que há muito tempo quer: ficar com Lucas. Agora que ele não é mais seu professor, eles poderão enfim sucumbir ao desejo que ambos sentem um pelo outro.

Livros que todo mundo leu, exceto eu!

Hoje em dia com a internet, é muito fácil adicionar livros a nossa lista de leitura. A cada clique vemos um lançamento, uma resenha, um indicação e isso, meu caro leitor, é uma delícia. Se tem uma coisa que eu mais gosto de fazer, é adicionar livros a minha lista de leitura, que convenhamos, é interminável. Porém, sempre tem aqueles livros que por mais indicações e todo o marketing, você não consegue se impôr a ler. Quando digo isso, estou falando de mim. Eu não sei vocês, mas acredito que todo mundo tem um livro que por mais que seja famoso, você não sente vontade nenhuma em ler. Pensando nisso, resolvi fazer esse post falando sobre três livros que todo mundo parece ter lido, exceto euzinha aqui.

[Resenha] Ousadia e Sedução, de Nicola Marsh & Helen Brooks @Harlequin Books Brasil

Título: Ousadia e Sedução
Autor: Nicola Marsh e Helen Brooks
Lançamento: 2015
Páginas: 320
Gênero: Romance
Editora: Harlequin Books Brasil
Sinopse: Em Nome da Ambição – Nicola Marsh :A designer de joias Ruby Seaborn fará qualquer coisa para salvar a empresa da família. Incluindo propor um casamento de conveniência para o magnata dos diamantes Jax Maroney, o único homem capaz de restaurar a glória do império Seaborn. Ruby precisa do dinheiro dele, Jax visa os contatos que a socialite possui... um acordo proveitoso para ambos. E se incluírem alguns deliciosos benefícios, não tem problema. Ruby acredita que seu coração é tão duro quanto às pedras preciosas com as quais trabalha... Mas será que Jax conseguirá lapidá-lo?
Coração Marcado – Helen Brooks :Na véspera de Natal, Melody James deixa o hospital para recomeçar a vida longe do carismático e poderoso marido, magnata Zeke. Os ferimentos que destruíram sua carreira de dançarina e seu casamento podem ter cicatrizado, mas seu coração ainda está em pedaços. Zeke sempre brigou pelo que quis, agarrando todas as oportunidades com unhas e dentes até chegar ao topo. E também irá lutar por Melody! Determinado a reconquistá-la, Zeke a leva para uma luxuosa cobertura em Londres... Porque tudo o que ele deseja nesse Natal é ter a esposa novamente em seus braços!
Eu adoro os lançamentos da editora Harlequin. Para mim, é uma das melhores editoras de romance de banca que existe! Por isso não exitei ao começar a ler este livro. Ousadia e Sedução é dividido em duas histórias pequenas, mas que trazem sensualidade e romance na medida certa para o leitor. 

A primeira história foi escrita pela Nicola Marsh e fala sobre a vida da design de jóias Ruby Seaborn. Ruby sempre foi a filha "mimada" e mais desregrada da família, por isso ela não tinha muitas preocupações e nem obrigações, ao contrário da irmã que seguiu os caminhos da mãe ao comandar o império das jóias. O problema é que a empresa estava passando por sérias dificuldades financeiras devido ao tratamento que pagaram para a mãe, que infelizmente não resistiu. Cansada de tanto trabalho e a ponto de ter um troço, a irmã de Ruby acaba sendo afastada do trabalho pelo médico, deixando todas as responsabilidades na mão de Ruby.

As piores leituras de 2016!

Se pensarmos bem, o ano de 2016 não foi tão ruim. Mas colocando na balança, é impossível não notar todas as tragédias que aconteceram esse ano, e com os livros não foi diferente. Vendo alguns posts na blogsfera, eu vi uma listinha de piores livros do ano, e por isso resolvi fazer a minha. Não acredito que eu tenha classificado os livros por terem tido histórias ruins, mas porque acredito que aquele não era o momento de lê-lo, e a ambientação, narração e os personagens não tenham me impressionado muito. Vamos conhecê-los?

[Resenha do filme] Um momento pode mudar tudo

Eu não sou muito de fazer resenhas de filmes aqui no blog, mas pensando um pouco sobre o assunto depois que assisti esse filme, eu pensei em começar a dar uma chance, afinal, tem filmes muito bons por ai. Esse filme específico passou ontem à noite na Tela Quente, então acho que algum de vocês deve ter assistido também, e ele acabou me tocando profundamente, por isso vou me ater a passagem que o filme quer deixar e não as demais questões técnicas.

[Resenha] O segredo de Emma Corrigan, de Sophie Kinsella @Record

Título: O segredo de Emma Corrigan
Autor: Sophie Kinsella
Lançamento: 2005
Páginas: 384
Gênero: Chick-lit / Ficção 
Editora: Record
Sinopse: Em O Segredo de Emma Corrigan , Sophie Kinsella segue a receita que fez da série Os delírios de consumo de Becky Bloom sucesso de público - foram mais de 35 mil exemplares vendidos só no Brasil - e crítica. Com humor e muito charme, ela nos apresenta a Emma, uma inglesa perto dos 30 anos, mas longe de uma definição na vida. Na memória ela guarda situações ultraconfidenciais: como perdeu a virgindade enquanto os pais assistiam Ben-Hur na sala de TV, o que pensa sobre o namorado, as peças que prega nos colegas de escritório, seu peso real.
Funcionária Júnior da Panther Corporation, uma empresa de produtos energéticos e esportivos com filiais por toda Grã-Bretanha, Emma vai a Glascow participar da reunião de marketing sobre um novo refrigerante, a Panther Cola. O que parecia uma grande oportunidade profissional se transforma num pesadelo. Como se não bastasse ter derramado a bebida num superior, seu vôo de volta para casa quase cai. Em momentos de tensão as pessoas fazem as coisas mais estranhas. E Emma Corrigan não é exceção. Acreditando estar a um passo de uma morte trágica, ela conta todos os seus pequenos pecados para o passageiro ao lado. Afinal, qual a probabilidade de vê-lo de novo? Ainda mais com vida?
Mas o destino decide brincar com a protagonista: o avião pousa em segurança e o distinto cavalheiro nada mais é que o fundador e presidente da empresa onde trabalha. E além dos segredos pessoais, Emma abriu o verbo sobre todos os colegas da Panther e suas estratégias para enrolar no serviço. Para recuperar o respeito profissional - e voltar às boas com o pessoal do escritório - Emma se mete nas situações mais inusitadas, quase novelísticas. Mas com as quais todas as mulheres acabam se identificando.
Depois de ter lido uma resenha maravilhosa desse livro e conhecendo Sophie, eu já sabia que essa leitura seria divertida e prazerosa. Dito e feito! Mais uma vez me vi conquistada por um chick-lit. Nessa obra iremos conhecer Emma Corrigan. Emma é uma assistente de marketing mal resolvida com sua carreira profissional. Ela mudou de carreira mais vezes que uma mulher muda de calcinha, e não teve sucesso em nenhuma delas. 

Viajando a trabalho, Emma sonha com a promoção que pode alcançar, mas a viagem dá incrivelmente errado. Nessa maré de azar, Emma acaba ganhando da aeromoça um UP!, mudando o acento do seu voo para a área executiva. Acontece que o voo sofre várias turbulências fortes que ameaçam o avião cair. Em um ato de desespero, Emma começa a contar todo tipo de segredo que ela guarda a sete chaves para o passageiro ao lado, acreditando que irão morrer. Segredos do tipo pequenos, mas que fazem a diferença: que ela mentiu para o namorado ao dizer que usava 38, mas usa 42; que ela odeia calcinha fio dental; que sua família sempre escolhe sua prima a ela; que apesar de ter o namorado dos sonhos, sente que não o ama.

As melhores fotos de livros do Instagram!

Não há nada melhor do que eternizar os momentos e deixá-los marcados para sempre em nossas vidas. As fotos nasceram justamente para isso. Hoje em dia vemos diversos aplicativos que tem o intuito de editar e melhorar as fotos, e assim, o universo fica cada vez mais receptivo as criações amadoras de cada um. Eu amo fotografias, mas nunca fui privilegiada com uma câmera então o hobbie ainda não saiu do papel. Quem sabe um dia, não?

Pois bem. Fuçando o instagram do blog, eu encontrei diversas fotografias maravilhosas envolvendo livros. Alguma dessas você já deve ter visto, mas eu faço questão de postar aqui uma outra vez. Tentei trazer três igs estrangeiros, para nós darmos uma olhadinha nas fotos dos gringos e até mesmo pegar algumas ideias. Vamos conhecer?

Desculpe o transtorno mas precisamos falar da Birdy!

Olá, como vão? Não é segredo para ninguém que eu simplesmente amo música, assim como 99.9% do planeta. Mas enquanto o MySpace e o Tumblr ainda estavam fazendo muito sucesso e o Ed Sheeran tinha acabado de ser conhecido pelo seu single Give me Love, eu descobri a Birdy. Para quem não conhece, a Birdy é uma guria britânica de 20 anos que compõe e canta músicas muito bem. Eu não sei muito bem como classificar o gênero de suas músicas, mas eu diria que se enquadram no folk. 

A primeira música que conheci dela, e é também a mais conhecida é People Help the People. Mas abaixo você também pode encontrar outras que eu fui adicionando a minha pasta de favoritas. O que eu mais gosto nas músicas dela é a forma como ela fala sobre amor, a vida e as pessoas - de um jeito meio melancólico -, que é algo que eu realmente gosto. Além disso, a cantora tem várias músicas tocadas ao piano, que dão um ar mais "triste" ainda. Você talvez não a conheça, mas quem assistiu A Culpa é das Estrelas vai se lembrar dela, já que duas músicas foram feitas especialmente para o filme. 

[Resenha] O Cobiçado, de Mari Scotti @Amazon

Título: O Cobiçado
Autor: Mari Scotti
Lançamento: 2016
Páginas: 414
Gênero: Romance
Editora: Amazon
Sinopse: Vinte e quatro mulheres à sua disposição. Um coração incapaz de ceder. 
Rohan Sen é um solteirão convicto, vocalista da Four River, uma banda de rock conhecida internacionalmente. Galã nas horas vagas (e nas ocupadas também), desistiu do romantismo após ser largado no altar em rede nacional. Tudo estava bem, até que foi convidado para ser o astro de "O Cobiçado", um novo reality show. 
Aillen Kern encontrou na voz rouca de Sen, um bálsamo para as dores da perda. Após a morte de seu noivo, ela se entregou ao luto, trancando seu coração, mas não o seu amor pela música. Só não esperava ter a chance de conhecer seu ídolo, um dia. Menos ainda participar de um programa em busca de um novo amor, algo que ela decidiu nunca mais procurar. 
Encontrar o amor em um programa de TV parece improvável, mas a vida pode surpreender. 
Rohan Sen acabou sendo abandonado no altar pela noiva que acabou fugindo com outro homem. Depois do acontecido, ele trancou o coração a sete chaves e sabe que nunca mais poderá confiar em mulher nenhuma. Sendo o vocalista da 4River, uma das bandas mais tocadas no momento, ele se vê focado completamente no trabalho. 

Para aplacar outra vez sua carreira e fazer com que a banda tenha mais sucesso, seu amigo, dono de uma rede de televisão, propõe que ele participe de um reality show, onde vinte e quatro mulheres disputariam pelo coração dele, no final, uma delas se tornando sua noiva. Rohan sabe que isso nunca daria certo, ele se vê incapacitado de se apaixonar, mas sabe que está devendo um favor a seu amigo e que o reality ajudaria bastante a emissora, por isso resolve pensar melhor na proposta.

[Resenha] Em nossa próxima vida, de Lauren James @HarperCollins Brasil

Título: Em nossa próxima vida
Autor: Lauren James
Lançamento: 2016
Páginas: 288
Gênero: Ficção / Romance
Editora: HarperCollins Brasil
Sinopse: Katherine e Matthew não são um casal comum. Por trás do amor dos dois estão muitas e muitas vidas, repetidas século após século. A cada vez que renascem, a presença deles muda a história para melhor, e embora a paixão entre os dois seja sempre avassaladora, a tragédia também os segue, não importa a época.Em linhas temporais que vão do século XVIII a um futuro próximo, não tão diferente do nosso presente, Katherine e Matthew sempre se veem sacrificando suas vidas para salvar o mundo. Mas por que eles continuam voltando? Em uma jornada contra o tempo e o destino, Katherine e Matthew precisam desvendar os mistérios que envolvem seu amor antes que seja tarde demais. O que mais eles devem fazer para conseguir viver e amar em paz?
Uma estreia inesquecível, poderosa e épica, Em nossa próxima vida é um romance único, que explora a atemporalidade do primeiro amor utilizando elementos como cartas, diários, recortes de jornal e artigos de internet. A trama, ao mesmo tempo apaixonante e misteriosa, vai cativar os mais diferentes leitores, desde os de romance até os de ficção científica e história.
Depois de ter lido uma resenha maravilhosa sobre este livro e além de ter me encantado profundamente pela capa, eu comprei-o na BF que ocorreu na Amazon. Assim que chegou, não consegui ficar longe do livro e o terminei em apenas dois dias. Vamos embarcar na vida dessas duas pessoas que estão destinadas a se amarem, mas a não ficarem juntas por completo. 

No ano de 1745, Katherine e Matthew se encontram pela primeira vez, ela na pele de dama da sociedade e ele como um criado. Em 1854, Matthew é jornalista e está embarcando para a guerra no front para relatar o que está acontecendo por lá, e Kat aparece disfarçado como criado com a missão de impedi-lo de escrever mais do que seria necessário. Em 2019, ambos estão casados e trabalham para um grande laboratório de ciências. Neste ano, entretanto, eles foram acusados de serem terroristas por estarem desenvolvendo uma arma biológica, e acabaram sendo mortos pelos seguranças quando iam roubá-la.

5 séries de época que não foram lançadas no Brasil (ainda)

Um dos gêneros que mais está fazendo sucesso ultimamente são os romances de época. A cada vez mais ele tem ganhado o coração dos leitores, seja pelos seus personagens, cenários ou enredo. Esse ano eu devo ter lido ao todo uns 30 romances de época, e caramba, eu fiquei muito feliz de descobrir novos autores como Sarah MacLean, que é completamente maravilhosa! 

Porém, infelizmente, ainda existem diversas séries que foram lançados internacionalmente mas que ainda não chegaram no Brasil. Séries de época que prometem envolver o coração do leitor de uma forma apaixonante, mas que nossas editoras ainda não deram uma chance. 
Obs: Antes mesmo de conhecer os Bedwyns lançado pela editora Arqueiro, eu já havia lido a série traduzida pelos fãs, então se você quiser também conhecer mais sobre essas séries abaixo, provavelmente encontrará traduzida por fãs.

[Resenha] Seduzida por um Guerreiro Escocês, de Maya Banks @Universo dos Livros

Título: Seduzida por um Guerreiro Escocês
Autor: Maya Banks
Lançamento: 2016
Páginas: 338
Gênero: Ficção / Romance / Literatura Estrangeira / Erótico
Editora: Universo dos Livros
Sinopse: Eveline Armstrong é imensamente amada e protegida por seu clã, mas as pessoas a consideram diferente, pois apesar de ser linda e encantadora, a moça sofreu um acidente que lhe causou sequelas não só psicológicas, mas também físicas, visto que ela ficou surda. Satisfeita com sua vida reclusa, ela aprendeu a ler lábios e permitiu que o mundo a enxergasse como uma tola. Contudo, quando um casamento arranjado a torna esposa de Graeme Montgomery, integrante de um clã rival, Eveline aceita seu destino - despreparada para os deleites que viriam. Enredado pelos mistérios de Eveline, cujos lábios silenciosos são cheios de tentação, Graeme vê seu casamento ameaçado devido às rivalidades entre clãs e agora deverá enfrentar inúmeras adversidades para salvar a mulher que lhe despertou tanto amor.
Nunca li nada escrito pela autora Maya Banks, mas fiquei admirada pelo seu talento assim que comecei a ler este livro. Com uma narrativa direta, intercalada entre os protagonistas desta história, conhecemos Graeme Montgomery e Eveline Armstrong. Graeme é o chefe do clã Montgomery, que tem uma rixa há anos com o clã Armstrong, já que o chefe deles matou seu pai. Nada se pode esperar desses dois clãs juntos a não ser guerra, o desejo de vingança é insaciável. Porém, para acalmar os ânimos, o rei acaba por decretar que um casamento entre Graeme e Eveline, filha do chefe dos Armstrong, deverá ser feito para que a paz entre os dois clãs seja selada.

A decisão do rei não poderia ser pior e muitos a acham um ultraje, porém, quem não estiver disposto a cumprir o acordo será considerado inimigo do rei e começará a ser caçado. Graeme sabe que será o fim da sua linhada, já que há boatos que Eveline é louca e que não pode desempenhar o papel de uma esposa. Ela, entretanto, não é louca. Há três anos atrás, Eveline foi prometida em casamento a Ian McHugh, mas a crueldade do rapaz a deixava com medo e após ter sofrido uma grande queda do cavalo, onde acabou perdendo a audição, Eveline viu sua grande chance de livrar-se do casamento com Ian fingindo estar louca todo esse tempo. Ela nunca mais falou desde então, mas consegue ler os lábios das pessoas e assim entender o que elas dizem.

5 livros que quero ganhar de Natal

Mês de Dezembro sempre chega com muitas comemorações e festas. Tem Natal, Ano Novo e muitas outras coisas maravilhosas para a gente fazer. Vi muitos posts em outros blogs falando sobre presentes para dar no Natal, mas no meu caso, eu quero mesmo é receber. Então escolhi 5 livros que estão na minha wishlist -  veja bem, escolher cinco livros foi uma tarefa muito árdua -, mas enfim consegui e quem sabe uma alma caridosa não queira me presentear com um deles, né?

Foto por Porre de Livros
Desde que vi uma resenha desse livro, eu tenho tentado ler ele. Ainda não consegui achar nenhum e-book da obra, e mesmo sendo baratinho de comprar nas livrarias, eu sempre coloco um outro na frente dele.

5 coisas que eu detesto em personagens

Uma coisa muito fácil é gostar de personagens, principalmente se eles forem carismáticos e que facilitem a leitura. Outra coisa completamente diferente é ter que lidar com as inúmeras mudanças de humor, personalidade e afins deles, que vez ou outra acabam irritando o leitor completamente. Ultimamente eu tenho me irritado muito com as ações de alguns personagens, principalmente porque elas são sem sentido e acabam mostrando o quanto ele é imaturo. Neste post eu separei cinco coisas que eu realmente detesto em personagens, e quando falo detesto, é ao ponto de querer parar de ler o livro por essas coisas. Vamos conhecer?

[Resenhas] Malícias e Delícias, de Tara Sivec @Valentina

Título: Malícias e Delícias
Autor: Tara Sivec
Lançamento: 2015
Páginas: 304
Gênero: Romance / Erótico / Humor, comédia
Editora: Valentina
Sinopse: CUIDADO: Esta história de amor pode matar você de tanto rir. Ah, e está escandalosamente lotada de porres homéricos e, hummm, sexo da melhor qualidade!
Claire é uma espirituosa jovem de vinte e poucos anos que trabalha num bar (não era esse o plano, mas...) e, muito a contragosto, resolveu ajudar a melhor amiga (uma expert em malícias) a vender brinquedos eróticos bem safadinhos. Na verdade, seu sonho é viver de delícias, ou melhor, abrir uma confeitaria dedicada exclusivamente a doces, cookies e bolos feitos com muuuito chocolate. Quando Carter, um rapaz que conheceu numa festa de faculdade e com quem passou uma única noite (o suficiente para mudar sua vida para sempre!), reaparece na cidade sem demonstrar reconhecê-la, a não ser pelo profundo aroma de chocolate que Claire exala no ar, ela se mostra determinada – aaaai que loucura! – a fazê-lo nunca mais se esquecer dela. Só que existe uma terceira pessoa na relação (divertidíssimo, porém desbocado e inconveniente). Alguém que Carter desconhece e que, das duas uma: ou o obrigará a comprar uma passagem só de ida para o Polo Norte ou o fará o homem mais feliz do mundo!!!
Idade Mínima Recomendada: 16 Anos
Se eu tivesse que resumir esse livro em apenas uma palavra, ela seria DIVERSÃO. É impossível ler Malícias e Delícias sem soltar uma sonora gargalhada. Tara Sivec não somente nos presenteia com uma comédia romântica, mas com um enredo rico para a quebra de tabus. Aqui vamos conhecer a história de Claire. Claire nunca quis ter filhos, mas ironicamente, ela foi a primeira de suas amigas a engravidar depois de perder a virgindade com um homem perfeito, mas que infelizmente desapareceu e ela sequer sabe o nome.

Precisando de ajuda, ela volta a morar na casa do pai, tranca a faculdade de Administração e começa a trabalhar como garçonete em um bar, além de fazer encomendas super gostosas para ajudar nas despesas. Anos se passam e Gavin, seu filho, já tem quatro anos. Sua melhor amiga Liz está querendo abrir um novo negócio, e precisa da ajuda de Claire, mas que ramo seria esse que exigiria tantos segredo por parte de sua amiga?
Foto por Leitora Encantada

10 livros que eu comecei e não terminei

Acredito que além de mim, muitos outros leitores estipularam metas de leitura para o ano de 2016. Eu tentei participar de 4 maratonas mas não consegui terminar uma sequer haha, mas ano que vem vou tentar fazer tudo certinho. Ainda assim, consegui terminar minha meta de 100 livros lidos, e olha que eu li de tudo esse ano! Conheci muitos autores novos, me surpreendi bastante com a capacidade de alguns de envolverem e deixar o leitor agraciado com suas palavras. Porém, tem sempre aqueles livros que a gente começa, e mesmo fazendo de tudo, não termina nunca. 

2016 não foi diferente e eu arranjei vários livros para ler, mas acabei enrolando, demorando e a leitura ficou parada lá. Neste post eu vou citar os 10 livros que eu comecei e ainda não terminei, e se você já leu um deles e gostou, deixe um comentário positivo me indicando a obra, quem sabe eu não tome vergonha na cara e termine de vez o livro?

[Resenha] O risco, de Rachel Van Dyken @Suma de Letras

Título: O Risco
Autor: Rachel Van Dyken
Lançamento: 2015
Páginas: 296
Gênero: Romance / Literatura Estrangeira
Editora: Suma de Letras
Sinopse: Beth nunca fez nada de arriscado. De inconsequente. De divertido. Isso é, até acordar em um quarto de hotel ao lado de Jace, um senador sexy, que ela reencontrou em uma festa de casamento na noite anterior.O problema é que sua última lembrança da noite é estar na cama, abraçada a uma caixa de biscoitos, chorando copiosamente. E Jace também não se recorda de muito mais. Outro problema? Eles foram fotografados entrando juntos no hotel, e agora a mídia está em polvorosa, especulando quem é a misteriosa acompanhante do senador. Uma amiga? Uma antiga namorada? Uma... prostituta?
O que deveria ser um encontro casual transforma-se em uma aventura de seis dias: a fim de que escapem do assédio dos repórteres, vovó Nadine os envia para um resort no Havaí. Para Beth, são seis dias de conto de fadas junto ao homem por quem é apaixonada desde a adolescência. Para Jace, são seis dias para esquecer as mágoas do passado e aprender que, às vezes, o amor exige atos de coragem.
O Risco é o terceiro livro da trilogia A Aposta. Vovó Nadine está pior que nunca e dessa vez os escolhidos foram Beth, irmã de Char, e Jace, o senador que ajudou a unir Jake e Char no segundo volume da série. O livro começa com Beth e Jace juntos em uma cama de hotel. Eles estão a like "Se Beber Não Case", sem se lembrarem de nada do que aconteceu. Tudo o que eles percebem é que com certeza passaram a noite juntos.

Mas antes disso tudo, Jace e Beth já tem uma história juntos. Ele acabou beijando ela no baile de formatura quando eram mais jovens, porém, Jace acabou a deixando sozinha após o ocorrido e nunca mais apareceu outra vez. Agora ele está mais sexy do que nunca, com seus cabelos loiros estilo Thor e virou senador. O fato dos dois terem passado a noite em um hotel juntos, acabou acarretando uma completa confusão já que Jace já foi acusado de trair sua noiva meses antes de se casarem, agora insistem dizer que ele está acompanhado de uma prostituta.

[Resumo do mês] Livros lidos em Novembro/2016

Eita que o ano já tá acabando! Minha meta de ler 100 livros nesse ano foi cumprida, mas falando sério, eu nem sei realmente em que número estou, mas acho que com uma média de 12 livros por mês dá para ter uma ideia. Novembro foi um pouco diferente e eu resolvi dar chance mais aos livros da Bienal …

Sorteio de Natal: Talvez um Dia da Collen Hoover

Olá! O ano já está acabado e o Natal e Ano Novo já está aí, e como o Leitora Encantada ama essas festividades, a gente não poderia estar de fora e resolvemos fazer um sorteio do livro Talvez Um Dia, da querida CoHo. Não fique de fora, participe do sorteio!
Regras:
É obrigatório escrever seu nome e o…

[Resenha] Stripper, de Kelli Ireland @Harlequin Brasil

Título: Stripper
Autor: Kelli Ireland
Lançamento: 2015
Páginas: 224
Gênero: Romance
Editora: Harlequin Brasil
Sinopse: Prazer antes dos negócios...
Eric Reeves, CEO de uma empresa de desenvolvimento imobiliário, está á beira do sucesso... ou da falência. Enquanto o triunfo não chega, Eric se sustenta na pele de Dalton Chase, o stripper mais requisitado do clube Beaux Hommes. Cass Jameson contrata Dalton para a despedida de solteira de sua melhor amiga, mas é ela quem fica animada. Sensual e musculoso, Dalton é exatamente o que ela precisa para se livrar das tensões diárias do escritório de engenharia~ Tocar, provar, sentir... Vale tudo nessa louca aventura. Até suas verdadeiras identidades serem reveladas durante uma reunião de negócios...
Eric Reeves está passando por problemas, e quando eu digo problemas quero dizer que ele está sem nenhum tustão. Mesmo sendo CEO de uma empresa, o sucesso ainda não veio e Eric precisando de dinheiro para sustentar ele e seu irmão, para isso ele tem um segundo emprego à noite como stripper, onde se chama Dalton Chase.

Cass Jameson resolve contratar Dalton/Eric para a despedida de solteira de sua melhor amiga, mas assim que ele chega a casa dela, quem se encanta com sua beleza é Cass. A tensão sexual entre os dois é palpável, e eles acabam tendo uma noite de sexo. Os dois sabem que uma relação entre ambos é impossível já que Dalton/Eric é stripper, mas eles querem tentar e acabam passando vários outros momentos juntos. O que ambos não sabem é que Eric é o CEO da empresa que Cass precisa assinar o contrato para desenvolver um grande projeto ambiental. As duas identidades acabarão se chocando em alguma hora, mas será que não irá ser tarde demais?

[Resenha] Problemas à vista, de Rachel Gibson @Pandorga

Título: Problemas à vista
Autor: Rachel Gibson
Lançamento: 2014
Páginas: 320
Gênero: Literatura Estrangeira / Romance
Editora: Pandorga
Sinopse: A carreira de atriz de Chelsea Ross foi um fracasso total. O mais próximo que ela conseguiu chegar do estrelato foi sua performance brilhante como Garota bonita morta #1. Porém, deixar Hollywood para se tornar a assistente pessoal de um famoso jogador de hóquei pode ter sido a mudança mais idiota de sua carreira.
Os dias de glória da estrela contundida Mark Bressler chegaram ao fim. O ex-atleta bad boy poderia pelo menos tratar bem o mulherão em tamanho miniatura de cabelos cor-de-rosa que o Seattle Chinooks contratou para ser a sua assistente. Se Chelsea não precisasse do dinheiro, estaria fugindo do maior imbecil do mundo, tão rápido quanto suas pernas conseguissem levá-la.
Chelsea consegue lidar com a atitude malcriada de Mark e seu mau humor. O problema é aquele corpo e bíceps maravilhosos! E quando o bad boy começa a avançar o sinal com ela, Chelsea sabe que é hora de colocá-lo de lado, na zona de punição Se ao menos ela conseguisse resistir ao tipo de problemas que ele tem em mente!
Trago mais uma vez uma resenha de um livro maravilhoso da incrível Rachel Gibson. Nesta obra, conhecemos o jogador de róquei Mark Bressler, que vê sua vida mudar completamente depois que sofreu um acidente de carro que o deixou em coma por alguns meses, além de deixar sequelas que arruinaram seu sonho de voltar a jogar. Hoje seu time ganhou o campeonato mais importante do róquei, mas foi por causa de Mark que eles conseguiram chegar tão longe, já que foi através de sua liderança e dedicação que o time passou para as semi-finais. O time entende isso, porém Mark se ressente por não poder ter jogado na final devido seu acidente, e isso continuamente piora seu humor.

O time do Seattle Chinooks, esse que Mark jogava, contratou Chelsea para ser assistente de Mark, mas todas as enfermeiras que o time mandou, Mark as expulsou de sua casa sem pensar duas vezes, com Chelsea não seria diferente. Mark não quer ninguém o ajudando, quer provar para todos que consegue se virar sozinho. 

Músicas para ouvir na viagem

O ano está acabando depressa, daqui a pouco nós terminamos o semestre, a escola e enfim vamos dar um alô para as tão sonhadas férias. Férias é tempo para se divertir, descansar e o melhor de tudo, viajar. Pensando um pouquinho mais sobre isso e entrando nesse clima de verão, resolvi trazer uma playlist com músicas para você ouvir na viagem, ou em qualquer outra coisa que você for fazer.
OBS: As músicas são do meu gosto, então eu vou tentar indicar uma de cada categoria que eu gosto.

[Resenha] Louras Zumbis, de Brian James @Galera Record

Título: Louras Zumbis
Autor: Brian James
Lançamento: 2010
Páginas: 240
Gênero: -
Editora: Galera Record
Sinopse: A partir do momento que Hannah Sanders chegou à cidade, ela sentiu que havia algo errado. Muitas casas estavam à venda, e a cidade parecia infectada por um silêncio sobrenatural. E então, no primeiro dia de Hannah no colégio, ela correu para um grupo de cheerleaders, as meninas mais populares da escola. O estranho era que elas eram quase idênticas na aparência: loira, bonita, e pálida. Mas Hannah quer desesperadamente se adaptar independentemente do que seu amigo Lukas está dizendo a ela. Quando seu sonho de ser uma delas começa a se tornar realidade ela vê que isso pode ser um pesadelo!
Eu comprei esse livro recentemente na Bienal de Brasília por causa da capa, que é completamente linda e impactante. A história tem tudo para ser um daqueles filmes de sessão da tarde, e não é que tem mesmo?

Hannah já está cansada das mudanças que tem que fazer por causa de seu pai. Ele acabou abandonando o trabalho de policial devido a um incidente e por isso, os dois vivem com o pé na estrada. Chegam a uma cidade, ficam no máximo alguns meses lá, mas assim que as coisas apertam e as credores aparecem, eles dão no pé e procuram outra cidade para morar. Apesar de Hannah gostar das mudanças no início, ela está cansada de sempre ser a garota nova na cidade. Ao longo desses seis anos que ela e seu pai tem estado nessa rotina, ela espera que a próxima cidade seja seu lar definitivo.

Blogs que amo e super indico!

Olá, como vão? Como alguns de vocês sabem, eu tiro algum dia do mês para fazer um grande blogroll onde eu indico quatro blogs que eu sigo e que simplesmente amo, seja ele literário ou não. Se antes de tudo você quiser conferir quais foram os primeiros blogs que indiquei, clique aqui. Vamos conhece…

[Resenha] O garoto do cachecol vermelho, de Ana Beatriz Brandão @Verus

Título: O garoto do cachecol vermelho
Autor: Ana Paula Brandão
Lançamento: 2016
Páginas: 294
Gênero: Ficção / Jovem Adulto
Editora: Verus
Sinopse: Uma história comovente, recheada de drama, suspense e romance
Melissa é uma garota linda, rica e mimada, que sempre consegue o que quer e tem todos na palma da mão. Ela acredita que a carreira de bailarina é a única coisa que realmente importa, porém suas certezas são abaladas quando faz uma aposta com um garoto misterioso, que parece ter como objetivo virar sua vida de cabeça para baixo. De repente, Melissa se vê dividida entre dois caminhos: realizar seu maior sonho, pelo qual batalhou a vida inteira, ou viver um grande amor. Mas, não importa aonde ela vá, todas as direções apontam para o garoto do cachecol vermelho... Com esta história intensa e apaixonante, Ana Beatriz Brandão vai emocionar e surpreender o leitor, provando que é uma jovem autora que tem muito a dizer.
Melissa é uma jovem bailarina que aspira conseguir uma vaga na famosa escola de artes Julliard. Para isso, ela treina todo dia com afinco. Devido a morte do pai antes dela nascer, sua mãe acabou se dedicando 100% ao trabalho, tornando-se ausente na vida da filha, por isso sua relação com ela não é a das melhores. Somando se ao fato de que Melissa é uma menina extremamente mimada, preconceituosa, que vive de festas em festas se embebedando, ela não é a melhor pessoa do mundo. Em uma das festas, ela viu um garoto pintando alguma coisa na calçada. Como já estava alterada, ela o xingou de vândalo e claro, arruinou o trabalho desse garoto. Ele pouco se afetou pelo acesso de raiva de Melissa, o que a deixou mais indignada ainda, mas tudo o que ela conseguiu captar da aparência dele foram seus incríveis olhos azuis e o gigante cachecol vermelho que ele usava.

[Pré-venda] A Supremacia Knight da autora Natalia Pinheiro

Onde comprar:aqui  Outros links que você pode visitar: Facebook | Site Oficial Sinopse: Em 2142, os seres humanos vivem em uma realidade devastada pela Terceira Guerra. Sem tecnologia, sem meios avançados de comunicação e com recursos naturais escassos. Existe, porém, uma espécie de seres vivos evo…

5 livros que você necessita conhecer

Não é segredo para ninguém que a maior vantagem em ser um devorador de livros, é que sempre podemos indicar as melhores obras a nossos amigos. Eu, particularmente, amo fazer isso com aqueles livros que me marcaram de alguma forma, ou que foram extremamente prazerosos de ler. O triste é notar que algumas dessas obras não são conhecidas nem por 1/3 dos leitores que existem aqui no Brasil. Por isso, baseado no post da Ana do blog Mademoiselle Loves Books onde ela fala sobre 7 livros que eu amo e quase ninguém conhece, eu vim apresentar cinco livros que você, caro leitor, necessita conhecer!

[Resenha] Bound by temptation, de Cora Reilly @Createspace

Título: Bound by temptation
Autor: Cora Rilley
Lançamento: 2015
Páginas: 229
Gênero: Romance
Editora: Createspace
Sinopse: Liliana Scuderi se apaixonou por Romero desde o momento em que ela o viu pela primeira vez. Depois de suas irmãs se casaram por razões táticas, ela espera ser autorizada a escolher um marido, mas quando seu pai lhe promete a um homem com mais do que o dobro de sua idade, essa esperança é esmagada. Não importa quanto ela peça, não é possível fazê-lo mudar de ideia. 
Romero sempre ignorou o flerte de Lily. A idade dela e seu estado a fizeram fora dos limites, mas mesmo alguém tão obediente como ele só tem um certo tanto de controle. Desejá-la quando ela deveria se casar com outro homem poderia significar guerra entre Nova York e o Chicago Outfit e Romero sempre colocou a Cosa Nostra em primeiro lugar. 
Lily suspeita que suas irmãs e Romero arriscariam tudo por ela, mas sua felicidade vale muito a pena? E o amor vale a pena uma guerra entre Cosa Nostra e a Outfit? 
Obs: Essa resenha pode conter spoiler dos outros livros.
Enfim trago a resenha do último livro lançado até o momento da série Born in Blood Mafia Chronicles. Já tem algum tempinho que eu venho relatando o quanto eu amei cada segundo dessa série e seus personagens, e com o livro da Liliana e o Romero não foi diferente. Desde o primeiro volume da série, Bound by Honor, temos um vislumbre da relação entre Lily, a filha mais nova dos Scuderi e Romero, homem de confiança de Luca e guarda-costas de Aria.

Sendo quatro anos mais nova que suas irmãs e ainda tendo uma mente de menina, Lily assim que pôs os olhos em Romero se apaixonou. Para chamar sua atenção, ela flertava com ele e até mesmo com os soldados de seu pai, mas Romero sempre a achou jovem demais (decerto, ela tinha 14 anos apenas) e deixou bem claro que nunca responderia a seus sentimentos.

[Resenha] Diga sim ao marquês, de Tessa Dare @Gutenberg

Título: Diga sim ao marquês
Autor: Tessa Dare
Lançamento: 2016
Páginas: 288
Gênero: Ficção / Romance / Literatura Estrangeira
Editora: Gutenberg
Sinopse: Vossa Excelência está convidada a comparecer ao romântico castelo Twill para celebrar o casamento da senhorita Clio Whitmore e… e…?
Aos 17 anos, Clio Whitmore tornou-se noiva de Piers Brandon, o elegante e refinado Marquês de Granville e um dos mais promissores diplomatas da Inglaterra. Era um sonho se tornando realidade! Ou melhor, um sonho que algum dia talvez se tornasse realidade…
Oito anos depois, ainda esperando o noivo marcar a data do casamento, Clio já tinha herdado um castelo, tinha amadurecido e não estava mais disposta a ser a piada da cidade. Basta! Ela estava decidida a romper o noivado.
Bom… Isso se Rafe Brandon, um lutador implacável e irmão mais novo de Piers, não conseguir impedi-la. Rafe, apesar de ser um dos canalhas mais notórios de Londres, prometeu ao irmão que cuidaria de tudo enquanto ele estivesse viajando a trabalho. Isso incluía não permitir que o Marquês perdesse a noiva. Por isso, está determinado a levar adiante os preparativos para o casamento, nem que ele mesmo tenha que planejar e organizar tudo.
Mas como um calejado lutador poderia convencer uma noiva desiludida a se casar? Simples: mostrando-lhe como pode ser apaixonante e divertido organizar um casamento. Assim, Rafe e Clio fazem um acordo: ele terá uma semana para convencê-la a dizer “sim” ao Marquês. Caso contrário, terá que assinar a dissolução do noivado em nome do irmão.
Agora, Rafe precisa concentrar seus punhos e sua força em flores, bolos, música, vestidos e decorações para convencer Clio de que um casamento sem amor é a escolha certa a se fazer. Mas, acima de tudo, ele precisa convencer a si mesmo de que não é ele que vai beijar aquela noiva.
Minha primeira experiência com um livro da Tessa Dare não foi tão satisfatória como gostaria, mas eis que surge Diga sim ao marquês, um livro que quebrou todas as primeiras impressões erradas que eu tive da autora. Mesmo sendo o segundo livro de uma série, você pode ler os livros separadamente porque as histórias são independentes.

Clio Withmore foi prometida em casamento ao Marquês de Granville desde seus 17 anos. O que era para ser um grande casamento, cheio de pompa e que iria cair no gosto da sociedade infelizmente ainda não aconteceu. Devido aos trabalhos diplomáticos de seu noivo, o casamento teve que ser adiado e oito anos já se passaram desde então. Clio acabou sendo vítima de chacota da sociedade e passou a ser chamada de Srta. Wait-More (Espera-mais). 

[Resenha] Dormindo com o bilionário, de Ruth Cardello @Quinta Essência

Título: Dormindo com o bilionário
Autor: Ruth Cardello
Lançamento: 2014
Páginas: 270
Gênero: Romance / Ficção / Literatura Estrangeira
Editora: Quinta Essência
Sinopse: A vida de Lil Dartley está de cabeça para baixo. Sua estável e previsível irmã, vai se casar com um influente bilionário e precisa de sua ajuda para planejar o casamento do século, em menos de um mês. Mas anos de rebelião de classe média não a prepararam para lidar com diplomatas ou paparazzi. | Jake Walton conhece um desastre assim que vê um. Lil foi um problema desde o primeiro dia em que a conheceu, mas já que sua irmã vai se casar com seu melhor amigo, ele não tem escolha a não ser ajudá-la, ou este casamento vai virar noticiário por todas as razões erradas. Ensinar Lil como se encaixar na alta sociedade seria muito mais fácil se ela não o deixasse louco, dentro e fora do quarto.
Lil sempre foi considerada a garota errada, o completo oposto de sua irmã Abby. Além de ter levado uma vida desregrada quando mais jovem, ela acabou virando mãe solteira cedo. Agora que sua irmã irá se casar com o bilionário Dominic Corisi, ela tentará ao máximo não estragar a felicidade de Abby, mas isso pode não acontecer já que uma entrevista que ela deu acidentalmente para um jornal irá ao ar, acabando com toda a privacidade do casal.

7 livros com coração na capa

Olá, como vão? Espero que tenham aproveitado o feriado! Eu fui para Minas descansar e por isso fiquei sem postar esses dias, mas hoje voltei com tudo. Pensando sobre alguns posts para trazer, eu achei legal falar sobre capas. Vocês sabem como um leitor ama uma capa! Eu já fiz um post sobre as capas com desenhos mais bonitas que eu já vi, e hoje vou falar sobre sete livros que tem coração na capa. Olha que foi difícil de escolher, mas será que você acerta as minhas escolhas?

[Resenha] O lado feio do amor, de Colleen Hoover @Galera Record

Título: O lado feio do amor
Autor: Colleen Hoover
Lançamento: 2015
Páginas: 336
Gênero: Romance / Jovem Adulto 
Editora: Galera Record
Livro primeiramente resenhado no blog Brilliant Diamond 
Sinopse: Quando Tate Collins se muda para o apartamento de seu irmão, Corbin, a fim de se dedicar ao mestrado em enfermagem, não imaginava conhecer o lado feio do amor. Um relacionamento onde companheirismo e cumplicidade não são prioridades. E o sexo parece ser o único objetivo. Mas Miles Archer, piloto de avião, vizinho e melhor amigo de Corbin, sabe ser persuasivo... apesar da armadura emocional que usa para esconder um passado de dor.O que Miles e Tate sentem não é amor à primeira vista, mas uma atração incontrolável. Em pouco tempo não conseguem mais resistir e se entregam ao desejo. O rapaz impõe duas regras: sem perguntas sobre o passado e sem esperanças para o futuro. Será um relacionamento casual. Eles têm a sintonia perfeita. Tate prometeu não se apaixonar. Mas vai descobrir que nenhuma regra é capaz de controlar o amor e o desejo.
Tate Collins acaba de se mudar para a casa do seu irmão, Corbin, enquanto procura um novo emprego e estuda para o mestrado de enfermagem. Após chegar ao apartamento do irmão, ela vê sua entrada impedida pelo corpo de um homem que está caído em frente a porta, provavelmente bêbado. Assim que descobre que ele é Miles, amigo de Corbin, Tate não exita em ajudá-lo, mas no outro dia, acreditando que ele irá recebê-la bem por ela tê-lo ajudado, Miles a trata muito mau e agora o que ela mais quer é ficar longe do caminho dele.

Difícil isso acontecer já que Miles a todo momento está no apartamento que ela agora divide com seu irmão.  Mesmo que ele a tenha tratado mal no começo, não há como resistir aos lindos olhos azuis de Miles, e claro, seu corpo escultural.O problema é que Tate sabe o que quer dele, mas Miles faz de tudo para não deixar se envolver. Pelos sinais que ele lhe dá, ele se sente atraído por ela, mas não gosta do fato de sentir essa atração. Em meio a essas sensações, os dois acabam se beijando e fazem um acordo de apenas se envolverem sexualmente, porém com duas regras impostas por Miles: não pergunte sobre o passado e não espere um futuro.


Tag: Dias das semana em livros

Oi, como vão? Vocês sabem o quanto eu amo tags, e eu fui indicada pela Lya do blog Mente Viajante para responder essa que é bastante conhecida. Mais uma vez agradeço pela indicação. Então vamos lá com as respostas:

Domingo: Um livro que você queria que não terminasse

O quarto livro da série Born in Blood Mafia Chronicles, acabou de uma forma que me deixou ansiando por mais. Me pareceu até meio corrido o final, mas é claro que iremos ver as consequências deste livro nos próximos da série. Sem contar que estou muito ansiosa para saber mais sobre os outros membros da máfia e sobre as personagens que a autora vai abordar agora.

[Resenha] A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida, de Laura Tait & Jimmy Rice @LeYa

Título: A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida
Autor: Laura Tait & Jimmy Rice
Lançamento: 2015
Páginas: 272
Gênero: Chick-lit /Ficção / Romance / Humor
Editora: LeYa
Sinopse: Todo mundo faz planos para o futuro. Mas será que a vida sempre leva aos caminhos desejados?
Viajar pelo mundo, ter o emprego dos sonhos, um grande amor do passado. Cada um imagina que sua vida acontecerá de uma maneira diferente. Perto de completar trinta anos, Holly e Alex, que não se veem há onze anos, voltam a se encontrar por acaso.
Como o reencontro vai afetar a vida desses velhos amigos de infância?
Na adolescência a amizade escondia uma grande paixão não revelada. E que, mesmo com o passar dos anos, continuou na memória como lembrança ou arrependimento do que poderia ter sido. O que aconteceria se o destino reservasse a possibilidade de viver uma segunda chance, tanto na vida quanto no amor?
A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida tem esse gostinho de primeiro amor. Com um enredo leve, romântico e engraçado, este casal de protagonistas te conquistará logo nas primeiras páginas.
A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida é um comédia romântica baseada em livros como Simplesmente Acontece e Desde o Primeiro Instante onde retratam uma paixão que surge entre dois amigos, mas que por obra do destino ou até mesmo do acaso, eles levam um tempão incrível para conseguir revelar seus sentimentos.

A história começa em 2010 falando sobre as vidas de Holly e Alex, mostrando um pouco como cada personagem se encontra naquele momento com uma narrativa em primeira pessoa. Holly é uma secretária que tem um relacionamento escondido com seu chefe. Escondido porque de acordo com ela e "supostamente" ele, se as pessoas soubessem que secretária e chefe tem uma relação fora do ambiente de trabalho, elas perderiam o respeito das outras pessoas. Alex acabou tornando-se professor, porém nem tudo são flores e seu sonho de mudar a vida de jovens através da literatura acabou frustrando-se, sem contar que ele é péssimo em relacionamentos.

Formulário de contato