10 agosto 2018

Perigo para um inglês - Sarah MacLean | Resenha

Malcolm Bevingstoke, o Duque de Haven, viveu os últimos três anos na solidão auto-imposta, pagando o preço por um erro, e perdendo, para sempre, um amor. Mas Haven precisa de um herdeiro, o que significa que ele deve encontrar uma esposa até o final do verão. Há apenas um problema – ele já tem uma…Depois de anos no exílio, Seraphina, a Duquesa de Haven, retorna a Londres com um único objetivo – encontrar a felicidade, livrando-se do homem que partiu seu coração. Mas o marido lhe oferece um acordo: ela poderá ter sua liberdade, assim que encontrar uma substituta. Isso significa que terá que passar o verão com o marido que ela não quer, mas que, de alguma forma, não consegue resistir.O Duque tem apenas um verão para estar com a esposa e convencê-la de que, apesar do passado, ele poderá tornar o felizes para sempre, uma realidade todos os dias...
Romance de época | 304 páginas | Editora Gutenberg 

O Duque de Haven, Malcolm, acabou se casando com a mais velha das Irmãs Perigosas, Seraphina Talbot. O casal que apareceu no primeiro livro, Cilada para um marquês, é nos apresentado quando Sophie, a irmã mais nova de Sera, pega o cunhado aos beijos com outra mulher, e ao defender a honra da irmã que estava grávida na época, o joga em um laguinho na frente de toda Londres.

A primeira impressão que temos de Haven é detestável no primeiro momento, mas graças a Deus a Sarah fez um livro contando a história desse casal que teve tantos desencontros, e descobrimos que o relacionamento do casal tem muito mais do que nos foi apresentado.

Malcolm se apaixonou perdidamente por Sera assim que esta levantou a voz para ele em dos bailes que ambos estavam. Naquele momento, ele jurou a si mesmo que a pediria em casamento pois acreditava ter encontrado o amor naquela mulher, e Sera pensava o mesmo, afinal, a moça linda e cheia de opinião estava completamente apaixonada pelo duque.
O problema é que quanto mais o tempo passava e o casal se conhecia, mais a mãe de Sera se preocupava com a possibilidade da filha fracassar ao fisgar o duque. E para não ter problemas quanto a isso, ela influencia Sera a armar uma armadilha que o faria se casar com ela de imediato. Mas após descobrir que fora enganado pela mulher que acreditava amá-lo, Haven não quis saber das desculpas de Sera, mesmo assim honrou o pedido e casou-se com ela.

Após o casamento, a relação dos dois se torna insuportável, já que Haven não acredita que Sera realmente o amava, o que o leva a traí-la em público como uma forma de puni-la, fato que levou Sophie a fazer o que fez. Entre tantos desencontros e palavras perdidas em meio a fúria, Sera acaba fugindo de Londres, e assim que descobre que ela se foi, Haven se arrepende de tê-la perdido.

Ele fica três anos procurando-a por todo lugar, disposto a trazê-la de volta e implorar seu perdão, mas nunca imaginaria que depois de anos desaparecida, Sera resolveria aparecer na Câmara dos Lordes pedindo aquilo que nenhuma mulher ousou pedir: o divórcio. O escândalo é fatal, mas Haven não está tão disposto a aceitar o pedido imposto pela mulher, na verdade ele já tem outros planos, e isso inclui reconquistá-la.

Eu amo de coração todas as obras da Sarah MacLean e não teve uma que eu não tivesse gostado, e graças a Deus por Perigo para um inglês entrar para o time de livros que eu amei e super recomendo. Desde que o casal apareceu pela primeira vez eu estava ansiosa por um livro que contasse sobre a história deles, e fiquei muito feliz quando descobri que esse ano a autora iria lançar o livro que contaria a história de Seraphina e Malcolm.
Seraphina é considerada uma lenda e a mais perigosa das irmãs por ter conseguido laçar um Duque, o maior título da aristocracia, perdendo para a realeza. Só que para ela nunca existiu títulos e sim a vontade de amar livremente Haven, que era tudo o que mais queria. O problema é que ela não confiou nele e acabou cometendo o maior erro de sua vida ao fazê-lo cair em uma armadilha, o que fez com que ele pensasse o pior dela. Apesar de toda a súplica e os pedidos de perdão, Haven estava tão furioso que a única coisa que queria fazer era se vingar.

E é assim que a história desse casal começa. Ele a magoa ali a traindo, ela o magoa fugindo e com isso passam-se anos, mas o amor entre eles continua forte, mesmo que balanceado com o tempo e com a força da mágoa.

A protagonista é uma das mais notáveis que vemos nessa série. Ela é audaciosa, tem uma língua traiçoeira, independência e coragem. Mas para ser realmente independente e conseguir um recomeço para abrir sua taverna, ela precisa do divórcio, já que uma mulher naquela época não poderia ser dona de nada, sendo todas as suas posses por direito do marido.

Só que é claro que Haven não iria concordar facilmente com isso, afinal, ele ainda é apaixonado pela esposa e pretende reascender a paixão que ele acredita que ela ainda sinta por ele. Eu fiquei apaixonada por Malcolm! Ele é aquele tipo de mocinho que erra feio em vários momentos, mas não desiste daquilo que quer e faz de tudo para reconquistar o amor que perdeu. O que me incomodou mesmo foi que em alguns momentos da narrativa as Irmãs Perigosas, que aparecem em boa parte da trama, colocam toda a culpa dos problemas que aconteceram na vida de Sera nas costas dele, sendo que se ela não tivesse feito o que fez, nada disso teria acontecido.
É claro que Malcolm agiu mal ao trair Sera na frente de Sophie, sua cunhada, mas senti que em diversos momentos a balança pendia para fazer Sera de vítima e vilanizar o duque, e isso me irritou muito porque queria que todo mundo percebesse que foram os dois que erraram e fizeram escolhas que prejudicaram a ambos, e não somente um.

Além disso, o livro tem uma carga dramática mais acentuada. Sera precisa lidar com a dor de ter perdido tudo quando renunciou o título de duquesa e fugiu, assim como precisa aceitar e esquecer o passado. Mesmo assim a autora não deixou o livro só de tensão, e temos várias cenas engraçadas protagonizadas pelas loucas das irmãs, claro. Em breve teremos o livro da Sesily, a única irmã que ainda não casou, e que já estou ansiosa para conhecer.

Sarah não mudou sua narrativa, apesar do tom mais dramático do livro. Ela continua simples, leve e rápida, eu li o livro em apenas um dia. O desenvolvimento dos personagens é notável porque eles precisam deixar as marcas que tiveram para atrás e seguir em frente, se redescobrirem como casal e aceitar o que cada um tem a oferecer. Fiquei apaixonada pelos dois, mesmo que em alguns momentos Sera tenha se tornado muito repetitiva em suas ideias de não querer ceder ao duque, fora isso, amei o livro e acho que vai encantar muitos amantes do gênero e da série.

12 comentários:

  1. Oiii Mika

    A Sarah é a única autora de históricos que eu realmente amo, ela me conquista com sua maneira singela e leve de escrever e eu amo seus personagens porque geralmente fogem dos clichês. Quero demais conferir essa nova série dela, as capas estão maravilhosas e só vejo elogio sobre as tramas.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sarah
      Eu também amo a Sarah, ela é incrível e sempre consegue me encantar. Eu estou adorando essa série e não vejo a hora dela publicar mais livros.

      Excluir
  2. Oi, Mi!
    Socorro, você é muito a menina dos romances históricos auhsauhsauhsuahsahs tá bem longe de mim.
    A Sarah nunca chamou muito a minha atenção e apesar de você ter gostado do livro (aliás, que bom!) os pontos que levantou eu sei que me irritariam muito. Romance tá muito difícil de me comprar esses dias, então acho que não leria mesmo :/

    bjs
    Queria Estar Lendo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bibs
      Menina, eu leio demais KKKKK Isso porque ainda falta alguns que eu tô com preguiça de começar, mas a Sarah é uma das melhores romancistas de época e vale super a pena conferir seu trabalho.

      Excluir
  3. Oi, Mikaaaaa!
    Eu nunca li nada da Sarah McLean, mas tenho livros dela na estante.
    Quero leeeeer!
    Essa série das irmãs perigosas eu não tenho, mas fiquei tão interessada com a sua resenha.
    Adoro um bom romance de época e sei que vou amar esse.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Teca
      Como assim você ainda não leu? Essa mulher é maravilhosa, eu venero e super indico!

      Excluir
  4. Oi, Mika!
    Para ler um livro de 300 páginas em apenas um dia o livro tem que ser bom mesmo, hein! Hahah. Fiquei curiosa, mas é tanto livro de romance de época que eu fico até confusa! As capas desses livros são lindas demais, fico apaixonada! Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aléxia
      Tem muitos mesmo porque eles fazem bastante sucesso, mas a maioria são ótimos, eu adoro!

      Excluir
  5. Oi Mika! Eu comentei no Instagram que quero concluir a série "Os Números do Amor", também da Sarah, para começar essa série que tem capas lindíssimas e só tem bons comentários sobre as histórias. Adorei saber que nesse livro a história, apesar de alguns clichês, tem uma história bem diferente, com fuga de esposa, traição e mais! Adorei!
    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adri
      Tem um enredo um pouco diferente da maioria, mas é bom você se lembrar de alguns nomes porque os personagens da Sarah geralmente transitam em suas séries.

      Excluir
  6. Oi, Mi!
    Faz tempo que não leio nada da Sarah... Ela é uma das minhas autoras de época favoritas! Eu tenho que começar a ler essa série.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu
      Eu amo a Sarah e aposto muito nessa série, você vai adorar!

      Excluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤