19 outubro 2018

As cartas que escrevemos - Brittainy C. Cherry | Resenha


Romance da mesma autora de O Ar Que Ele Respira e Sr. Daniels. Quando Jake descobre que seu amor de infância, Ana Louise, vai se casar, ele decide deixar Los Angeles para voltar à pequena cidade no interior de Kansas onde nasceu e cresceu. Ana Louise está prestes a se casar com Henry, o ex-melhor amigo de Jake. Cada um seguiu com sua vida, mas ela era feliz com Henry... Não era? Entre um término conturbado e um reencontro inesperado, quem sabe o que pode acontecer às vésperas de um casamento? De um jeito doce e por vezes cômico, Brittainy C. Cherry escreve uma história envolvente sobre amor e, acima de tudo, perdão.
Romance, conto | 73 páginas | Editora Record

Jake é um astro de Hollywood em ascensão que resolve deixar Los Angeles e viajar para sua pequena cidade natal no Kansas após descobrir que o amor de sua vida, Ana, vai se casar com seu ex-melhor amigo, Henry. Esse reencontro abala as estruturas de ambos já que mesmo depois de anos, eles nunca deixaram de se amar.

Jake tem certeza que ainda quer Ana e vai esperá-la um pouco mais se for preciso, mas Ana começa a se sentir insegura quanto as suas decisões. Resta saber se ela fará o que é certo ou o que seu coração deseja.

As cartas que escrevemos é um conto da incrível Brittainy C. Cherry que podia muito bem ter virado um livro. O enredo não é dos mais novos mas se bem desenvolvido, a gente gosta mesmo assim. E eu senti exatamente isso! Apesar das pouquíssimas páginas, a autora conseguiu trazer tudo nesse pequeno conto, e senti a necessidade dele ter virado um livro de verdade porque tenho certeza que a Brittainy arrasaria de todo jeito.
É claro que a obra possui clichês que vocês já imaginam, mas foi romântico e fofo ver esse casal se reencontrar depois de anos. Eles não tem muito aprofundamento mas são personagens cativantes, ainda mais Jake com sua paciência e amor incondicional por Ana.

A escrita da autora continua impecável, dramática e sensível. Senti saudades de ler algo dela e esse conto me deu um gostinho a mais para voltar a ler suas obras. Para quem quiser ler, eu recomendo porque é bem curtinho e aquece o nosso coração.

8 comentários:

  1. Oi oi Mika,

    eu já li essa obra, e posso te dizer com toda certeza que além de amar e relembrar a escrita da autora. Eu já esta prevendo o culpado das cartas...
    Esse livro realmente é bem clichê, mas tem uma leveza e cenas que te deixam chocada. Adorei ler a resenha e espero ler outros livros da autora em breve.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alice
      Achei que fosse um livro, fiquei levemente chateada o descobrir que não haha mas eu amei!

      Excluir
  2. Oi Mi, acho que sou a unica da blogosfera literária que nunca leu nada da autora, incrível rsrsrs gostei do enredo e o fato de ser um conto tão bom me anima, espero poder conferir os trabalhos dela logo!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi
      Sério? Eu adoro os trabalhos da autora, não teve um livro que eu não tenha gostado até agora.

      Excluir
  3. Oi Mi,
    Eu amo a sensibilidade da escrita da Brittainy. Estou doida para ler esse conto.
    Mas talvez, eu queira que ele vire livro também, rs.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ale
      Eu queria muito que fosse livro, achei até que fosse :c

      Excluir
  4. Oi, Mi!
    Nunca li nada da autora, mas acho que vou me arriscar nesse conto... Vamos ver se vai ser o suficiente para me arriscar em outras obras.
    Gente, e eu jurando que esse era um livro real oficial..
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu
      Acho que não seria, porque o conto é muito curtinho, as obras dela são melhores e mais desenvolvidas haha

      Excluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤