22 novembro 2018

Cretino Abusado - Penelope Ward e Vi Keeland | Resenha


Após ser traída pelo ex-namorado – chefe da firma de advocacia em que trabalhava – Aubrey decide que precisa de um recomeço. Deixa tudo para trás e aceita um emprego em uma startup na Califórnia, Estados Unidos, e parte em uma viagem de carro que mudará toda a sua vida.Em uma parada na estrada, Aubrey conhece Chance, um homem atraente que viajava de moto. Com o corpo perfeito e sotaque australiano, o ex-jogador de futebol era bem convencido e arrogante. Quando sua moto quebra, Chance precisa da ajuda de Aubrey. Ele promete levá-la em segurança até seu destino em troca de uma carona, e os dois decidem seguir viagem juntos.
Aubrey está traumatizada após seu último relacionamento, mas sente uma atração incontrolável por aquele cretino abusado. Apesar da ligação cada vez mais forte entre os dois, Chance guarda um segredo que poderá separá-los para sempre.
Romance | 272 páginas | Editora Essência

Aubrey resolve largar o emprego em um escritório de advocacia após descobrir que o namorado a está traindo com outra. Ela aceita uma proposta de uma startup e resolve se mudar de Chicago para Temecula, na Califórnia. 

No meio da viagem ela acaba conhecendo Chance, um ex-jogador de futebol que é bem abusado e que lhe pede carona após ter sua moto quebrada. Juntos irão atravessar o Estados Unidos regados a muitas paradas, provocações e uma amizade fortíssima que logo surge. De repente, os oito dias que eles passam juntos já não são o suficiente, mas o sumiço repentino de Chance põe todas as expectativas de Aubrey por água abaixo. Agora resta saber se a ligação entre os dois é forte demais para o tempo quebrar.
Cretino Abusado é o primeiro livro que eu leio escrito pela dupla dinâmica Penelope e Vi. Eu já gostava das obras das autoras mas nunca tive oportunidade de conhecer suas histórias mescladas, e em relação a isso, eu não tenho do que reclamar. Elas escrevem tão parecido que é impossível descobrir quem escreveu o quê.

O livro é dividido em duas partes, sendo a primeira narrada pelo ponto de vista de Aubrey, e a segunda pelo Chance. De início conhecemos ambos os personagens e a primeira impressão que temos é que ambos são ousados, engraçados e seguros de si. Aubrey é uma mulher determinada mas que também tem dificuldades para se soltar. Apesar de ser tabelada como puritana em relação a algumas coisas, acredito que ela até se desenvolveu bem e rápido durante a narrativa.
Já Chance é completamente mais aberto sobre suas preferências, mas também tem um lado mais secreto. Ele é sexy, irresistível, engraçado mas realmente um cretino abusado. É legal essa confiança que ele trás porque intercala com os momentos de insegurança de Aubrey e juntos eles se tornam uma dupla gostosa de acompanhar.

Apesar de ter gostado da química do casal e do rumo da história, eu achei que tudo foi rápido demais, praticamente correndo. Não houve uma preocupação maior em desenvolver melhor os diálogos, as cenas. A narrativa ta aí e pronto, nada de voltas e voltas. Foi um ponto negativo porque eu queria saborear mais a obra e senti que ela estava escorrendo facilmente. 
Mesmo assim eu gostei da obra, principalmente da segunda parte porque eu não fazia muita ideia do que iria acontecer depois que os personagens terminassem a viagem. Não é um livro com muito aprofundamento, apesar da tentativa das autoras de trazerem isso, mas é bom para passar o tempo.

9 comentários:

  1. Quando eu li o título e vi a capa, na mesma hora eu lembrei de Desejo Insaciável da Kresley Cole e quando comecei a ler a sua resenha eu percebi o quão parecido os nossos pensamentos foram, mesmo sendo livros diferentes eu também senti que tudo foi muito rápido e quando eu terminei de ler eu pensei "Pelo menos deu para passar o tempo".
    Obrigada por essa resenha, é sempre bom ter um livro para descontrair.

    Blog Covil Dourado | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jennifer
      Eu gostei bastante de Desejo Insaciável, não senti essa sensação que tive com Cretino Abusado. Acho que se as autoras tivessem colocado mais umas 50 páginas, desenvolvido bem o livro e a narrativa, eu teria aproveitado mais.

      Excluir
  2. Oi, Mi!
    Menina, eu quero ler esse livro pra saber como raios eles acabam adotando uma cabra hahahahha
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaa com certeza é a parte mais engraçada da história, eu amei! Bem original

      Excluir
  3. Olá, Mi!
    Eu tava doida por uma resenha desse livro, eu vi o nome em algum lugar, mas não sabia se valia a pena ou não ler, mas depois da sua resenha acho que vou dar uma chance.

    Beijão!
    Lumusiando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maria
      Eu acho que vale a pena ler, mas é algo bem rápido, e no fim você vai gostar então vale a pena.

      Excluir
  4. Oi, Mi! Tudo bom?
    Esse livro não faz muito meu estilo de leitura, e no momento tô muito na vibe de fantasia pra tentar arriscar. Quem saaaaabe num futuro próximo.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI, Denise
      Acho que esse livro não vai te agradar, é bem diferente do que você lê e concordo que não tem nada de especial, se fosse algo realmente incrível eu até te indicava.

      Excluir
  5. Miriã
    Também gostaria de conhecer um livro da dupla, por isso coloquei este livro na minha lista, está até bem barato no Kindle, mas ainda não comprei porque tenho muita coisa para ler e esse não é prioridade. Confesso que sua resenha me desanimou um pouquinho pois com tanta coisa que já tenho em mãos não sei se quero perder tempo com histórias medianas.
    Abraços,
    Gisela
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤