Categorias

17 dezembro 2018

Egomaníaco - Vi Keeland | Resenha

Na noite em que conheci Drew Jagger, ele tinha acabado de invadir meu novo escritório na Park Avenue.Liguei para a polícia antes de atacá-lo com minhas novas habilidades de Krav Maga.
Ele me conteve com rapidez e depois riu, achando graça da minha tentativa de agressão.
Claro que meu invasor tinha que ser arrogante.
Mas, no fim, ele não era um invasor.
Drew era o proprietário legítimo do meu novo escritório. Ele estava de férias enquanto seu elegante espaço era reformado.
E foi assim que um golpista conseguiu me enganar alugando para mim o escritório que não estava realmente disponível para aluguel.
Perdi dez mil dólares.
No dia seguinte, depois de horas na delegacia, Drew ficou com pena e me fez uma oferta que não pude recusar: em troca de atender seus telefonemas enquanto sua secretária estivesse fora, ele me deixaria ficar até encontrar um lugar novo.
Provavelmente, eu deveria ter ficado agradecida e mantido a boca fechada quando ouvia o conselho que ele dava aos seus clientes. Mas não conseguia deixar de expressar minha opinião.
Nunca esperei que meu corpo reagisse toda vez que discutíamos. Principalmente quando parecia que era só isso que conseguíamos fazer.
Nós dois éramos totalmente diferentes. Drew era amargo, bravo, lindo pra caramba e destruidor de relacionamentos. E meu trabalho era ajudar as pessoas a salvar seus casamentos.
A única coisa que tínhamos em comum era o espaço que estávamos compartilhando.
E uma atração que estava sendo difícil de negar a cada dia que passava.
Erótico, romance | 320 páginas | Editora Charme 

Drew Jagger é um renomado advogado de família que trabalha com divórcio. Depois de passar duas semanas de férias no Havaí, ele volta ao escritório para dar uma olhadinha na reforma que deixou fazendo antes de sair. Ele só não esperava encontrar uma mulher lá dentro, prestes a atacá-lo, afirmando que aquele escritório era seu.

Obviamente alguma coisa está muito errada. Emerie Rose é uma psicóloga recém-formada, ironicamente sua especialidade é a terapia de casal. Vindo de Oklahoma, ela acaba de conseguir um aluguel ótimo em um prédio na Park Avenue para montar seu escritório. Só que na verdade o escritório já tem um dono e basicamente Emerie caiu no maior golpe. O problema é que ela já tinha pago adiantado... 10 mil dólares! Todas as suas economias foram embora e agora ela precisa arranjar outro lugar o quanto antes para fazer suas consultas.
Compadecido com o problema da jovem mulher, Drew a leva para prestar queixa e eles acabam passando o dia inteiro juntos. O trabalho de Drew é uma loucura e seu telefone não para de tocar, então Emerie o ajuda anotando seus recados já que sua secretária está de licença médica. Daí vem à ideia: Drew oferece o espaço para Emerie trabalhar se ela ficar atendendo seus telefonemas, até ela conseguir outro lugar.

É claro que essa parceria incomum gera uma amizade muito engraçada. Os dois são perfeitos trabalhando juntos e eles mesmo conseguem perceber isso. Mas se envolver com Emerie não estava nos planos do advogado, até que uma noite a inibição some e o desejo fala mais alto. Só que Drew já vivenciou um terrível divórcio, além de ter experiências com vários de seus clientes e tudo o que ele menos quer é se envolver. Mas nem sempre o coração escuta o que a mente diz.

Ah gente, que livro! Se eu já tinha adorado O Jogador da Vi Keeland, pode saber que Egomaníaco é de fato meu livro favorito até agora. Que enredo encantador!!! Começou meio não querendo nada e se transformou em uma história romântica doce e sexy, com muitas cenas eróticas diga-se de passagem, mas ainda assim muito envolvente.
O que eu mais gostei nesse livro é o casal protagonista. Sabe aquele casal que você vê de longe que dá certo junto? Drew e Emerie foram construídos assim. Os dois tem uma cumplicidade muito verdadeira e dá pra ver de cara como de dois desconhecidos eles passam a namorados em pouco tempo, porque eles tem química, eles brigam, eles se ajudam e isso só fortalece o que eles irão ter mais a frente.

Drew é aquele cara que tem tudo pra ser arrogante, e muitas vezes ele o é, mas não é daqueles arrogantes chatos que fazem a gente revirar os olhos. Na verdade ele consegue ser bem decente, sua personalidade é muito carismática, além dele ser muito divertido e um amor de pessoa. O mais legal dele é que ele não fica se jogando em cima da Emerie só porque sabe que poderia fazer isso e se acha o tal para fazer. Na verdade ele dá espaço para ela e deixa as coisas acontecerem naturalmente, além de dar escolha para ela quando algumas dúvidas surgem quanto a um outro amor da garota. Ele não se sente inseguro, porém tem ciúmes, entretanto, isso não turva suas ações, pelo contrário, a confiança e o diálogo são tão usados aqui que os dois são muito maduros na hora de resolverem as questões amorosas (ao menos em boa parte delas).
E foi isso que eu amei no livro! Nos livros eróticos sempre tem aquele que não quer se envolver, geralmente o homem, que quando começa a gostar da protagonista, fica dando pra trás para não admitir o que sente. Aqui isso não acontece. Tudo é muito natural, como qualquer relação deveria ser. Eles começam na amizade, fazem sexo e daí, naturalmente, isso vai se transformando numa relação. Sem dramas, sem mimimi. Como dois adultos em fase de crescimento deveriam fazer. Então eles não param pra cobrar expectativas um do outro, simplesmente “deixa acontecer naturalmente”. E isso meus senhores é tão incomum de acontecer nos livros que eu praticamente fiquei embasbacada, por isso amei.

Emerie é outro fator que me fez adorar essa história. Ela tem traços de ingenuidade e de ousadia que são muito bem mesclados e deixam a personagem mais interessante. Além de ser muito eficiente já que consegue resolver a loucura do Drew com os telefonemas e os clientes. Dá pra ver de cara que os dois vão dar certo e fica impossível não torcer por eles.

O livro é erótico então tem sim cenas quentes. Eu não me incomodei porque gosto do gênero, mas pode incomodar quem não está acostumado. Fora isso, a escrita da autora continua envolvente e muito gostosa, eu li o livro em um dia apenas, de tanto que eu queria ver como essa história ia terminar.
O drama fica por parte de Drew e sua ex-esposa, Alexa, que é um demônio... Ô mulherzinha fulera, gente amado! Deu vontade de pegar a cara dela e arrastar no asfalto. O legal é que a gente tem a ideia de que o Drew é mó cara machão da porra e tals, mas a gente vai conhecendo ele e vai percebendo que ele tem um coração gigante e é um amor de pessoa.

Egomaníaco é de cara um dos melhores livros que eu li da autora até agora e eu só bato meu martelo pra dizer que a Vi é dessas que a gente precisa ter um livro em casa. Não pelo fato de ser erótico, mas porque as obras dela são tão gostosas de ler que dá pra encarar em qualquer momento, então não esqueçam de anotar a dica.

11 comentários:

  1. Aii Mi, toda vez que vejo uma resenha dos livros dessa autora me bate remorso por ainda não ter lido nada dela kkkkkk Quero ler e adoro livros eróticos!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi
      Eu tenho me surpreendido muito com ela e estou adorando cada livro que leio, tenho certeza que vai gostar porque é bem a nossa vibe.

      Excluir
  2. Oi Mi, que resenha super empolgante ein, simplesmente adorei, é bem o tipo de romance que gosto de ler, o que não é só erótico, que tem toda uma história por trás e amei saber que os personagens vão deixando as coisas acontecerem isso é super legal no livro. Curti demais a premissa. Um xero!

    https://minhasescriturasdih.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, DIh!
      Eu me surpreendi muito com esse livro, ele me encantou de todas as formas e eu indico de olhos fechados.

      Excluir
  3. Oie!
    Meu Deus, eu nunca sei como reagir a livros assim! Não é o primeiro que pego para ler, mas confesso que as vezes é bom! HAHAHA Fiquei feliz em ler que é um romance sem mimimi e que acontece tudo muito natural, acho que isso é essencial em livros assim!
    Beijos

    Our Constellations

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana
      Eu me surpreendi positivamente sobre esse livro e garanto que ele é perfeito para qualquer ocasião, ótimo para todos os gostos.

      Excluir
  4. Oi Mi,
    Eu comprei um ebook da Vi Keeland para conhecer a escrita dela.
    Tomara que eu goste tanto quanto você, assim que ler venho te contar o que achei.
    Acho que preciso de uma romances gostosos de ler nessa época do ano.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ale
      Eu já li uns quatro livros dela, mas gostei mais de dois, então espero que dê a sorte de conhecer os melhores.

      Excluir
  5. Mikaaaaaaaaa
    Já quero ler, minha nossa!
    Tenho certeza que vou adorar.
    E o legal é que apesar de erótico parece mesmo ter uma história por trás. Detesto quando é sexo apenas por sexo.
    Eu nem conheço a Emerie e já adoro um monte, haha. E ele também. #perigueteliteráriadetected
    Minha nossa, e que modelo liiiiiiiiindo nessa capaaaaaaaaaaaaa!
    Não li nada da autora, mas fiquei bem interessada.

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Teca
      Esses dois são O CASAL! São perfeitos juntos, muito shippável e dá vontade de pegar o Drew e guardar num potinho ahaha

      Excluir
  6. Miriã
    Ainda não li nenhum livro desta autora (mas tenho 3 e-books dela), mas acho que vou gostar porque gosto de eróticos. Este livro já está na minha lista da amazon e logo vou compra-lo. Aproveitei para colocar "O Jogador" na minha lista.
    Abraços,
    Gisela
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo