A Elite Dourada - L. C. Almeida | Resenha


Mudar para a Europa, estudar em uma faculdade exclusiva, ganhar uma bolsa de estudos milionária, se tornar princesa e ainda disputar o trono de um pequeno país com cinco desconhecidos - foi nesse rolo que Luz Alice se enfiou.Como se não bastasse, ainda teria de viver e trabalhar em dupla com Nikolai Arex Volkov, também conhecido como Morcegão, Príncipe das Trevas, ou qualquer outro apelido sombrio que deseje usar.
Misterioso, refinado e determinado, Rex tem certeza de que será o novo soberano do “país dos sonhos”, fará o que for preciso para chegar lá e, com certeza, seus planos não incluem arrumar uma namorada. Nada pode desviá-lo do seu objetivo, daquilo que nasceu para fazer - Ser Rei.
Doce, divertida e bondosa como ninguém, Luz nem pensa em ser Rainha, só quer aproveitar a oportunidade que lhe foi dada por Dona Aurora e, na sua cabeça, já chama Rex de “Marido” porque, oras, é isso que ele será um dia. Mesmo assim, faz questão de colocá-lo no seu lugar e deixar bem claro tudo que pensa para quem quiser ouvir. E para quem não quiser também!
Como o dia e a noite, o sol e a lua, a claridade e as trevas, esses dois opostos precisarão descobrir juntos o que sentem um pelo outro, enquanto enfrentam lado a lado os desafios da “Nobre Academia Real de Ensino”.
Junto com o adorável Noah, a impetuosa Ashanti, o sedutor Gael e a perfeccionista Zara eles formam a Elite Dourada, um grupo invejado e poderoso que está sendo preparado para ter uma nação em suas mãos. Para completar, uma série de atentados começam a ocorrer de maneira misteriosa, colocando em risco a vida dos seis jovens.
Uma ligação única irá nascer entre bailes, perseguições da imprensa, aulas de etiqueta e brincadeiras de “Verdade ou Amasso”, mas apenas um sairá vencedor.
Apenas um será o Rei, ou Rainha, do país dos sonhos.
Bem-vindos à Himmel!
Romance, comédia | 415 páginas | Editora Independente  

Imagina você ser convidada para estudar na Nobre Academia Real de Ensino com a possibilidade de você se tornar rei ou rainha de um pequeno país? É isso o que acontece na vida da Luz Alice, uma garota de São Paulo que acaba se vendo nesta situação.

Luz era apenas uma garçonete quando recebe o convite da sua melhor cliente e amiga, Dona Aurora, para participar dessa confusão. Além dela mais outras cinco pessoas serão escolhidas e eles se tornarão a Elite Dourada. Ao longo do ano irão aprender tudo sobre governar um país, como acolher o povo, tomar decisões difíceis porque mesmo que apenas um seja escolhido como rei de Himmel, os demais se tornarão Príncipes e Princesas e participarão de todo processo decisório do país também.

Apesar de não querer se tornar Rainha, ela seria péssima por sinal, Luz está super animada com a ideia de conhecer o mundo e estudar fora, ela sempre quis fazer algo mais do que apenas ser uma garçonete e aqui está sua grande oportunidade de agir. Ela então aceita e em seguida é levada direto para Ilaria, a capital do pequeno país.

Logo de cara Luz já conhece um dos seus “concorrentes” a Coroa, Nikolai Arex Volkov, mais conhecido como Rex, ou como Morcegão e Príncipe das Trevas como Luz amavelmente lhe apelidou. O cara tem uma aura toda negra, além de ter um olhar fatal que deixa qualquer um ou muito vermelho ou muito intimidado. Só que Luz não se deixa afetar pelo cara externamente, mas internamente ela praticamente tá babando e correndo atrás dele.
Rex só tem um objetivo na vida e esse é se tornar Rei, não importa o que deve fazer pra isso. Só que para se preparar para isso ele precisa trabalhar em dupla e acaba se tornando par da Luz Alice, que é uma garota extremamente irritante e por quem ele sente uma atração incontrolável.

O foco é sobreviver às aulas sem se matarem e com a coroa na cabeça no final, mas alguns atentados a Elite Dourada vão mostrar que nem todos têm gostado da atenção que este grupo peculiar vem tomando e eles precisam tomar o máximo de cuidado se quiserem sobreviver até a coroação.

A Elite Dourada é o segundo livro que eu leio da L. C. Almeida depois de Amor ou Amizade, já que Luz e Rex aparecem na obra, então eu resolvi conhecer a história deles primeiro para depois dar seguimento aos livros com os personagens da banda.

Todo o encantamento que eu tive com o primeiro livro que eu li da autora continuou neste daqui. A escrita da L. C. Almeida é maravilhosa, você sente que conhece os personagens desde sempre e se diverte muito com as presepadas deles, eu simplesmente amei a narrativa e por isso estou tão animada para ler outras obras da autora.

Luz é simplesmente eu na vida! Ela é muito doidinha, engraçada e uma pessoa de coração muito puro. O que eu mais gostei nela é que apesar dela ter zero experiência com o sexo masculino, ela não fica envergonhada e toda tímida por gostar de um cara, parecendo aquelas gurias retardada que não sabe o que fazer quando vê um cara gato nos livros, muito pelo contrário, ela provoca, se diverte, deixa eles constrangidos e inventa apelidos pra ele como Morcegão ou Marido, o que foi o que me fez mais rir porque a Luz é muito confiante de que vai conseguir ficar com o seu crush, mesmo que ele fique dando uns passa fora nela.

Rex é aquele boy todo engomadinho que a gente ama. O cara é todo frio e tals, mas também né queridos, ele é russo! Além disso, ele nunca teve amigos porque sempre se preocupou tanto em se tornar Rei que acabou não tendo tempo pra fazer laços com ninguém, e é aí que a Elite Dourada entra em cena para fazê-lo sair da concha. Na primeira cena que Rex surge eu o achei um tanto quanto arrogante, mas ele se desenvolve tão bem na narrativa que é impossível não gostar dele e torcer muito para que consiga atingir seu objetivo no final.

Os outros participantes da Elite Dourada são Gael, que é um ator de novela mexicano muito divertido e desbocado, aquele boy que não tem medo de falar o que pensa; Noah, que é australiano e um amorzinho de pessoa apesar do seu corpo todo parrudo; Ashanti, uma menina da África que é muito impetuosa e eficiente e Zara, a estadunidense moderninha que vive pra tentar sair dos flertes de Gael.
A gente pensa que vai rolar uma parada de competição com um tentando derrubar o outro, mas não é nada disso. A Elite Dourada se une desde o princípio e se tornam muito amigos, foi muito legal ver essa relação de amizade e amor entre eles surgindo aos poucos. O mistério fica por conta dos atentados que eles acabam sofrendo ao longo da obra, que por sinal não é tão misterioso assim porque eu já desconfiava de quem seria, mas dá um que a mais a trama.

O que eu mais gosto da autora é que todos seus personagens principais sempre são bonzinhos, então é impossível a gente gostar mais de um porque acabamos nos apaixonando por todos. Eu amei o relacionamento da Luz e do Rex, que de uma desavença se transforma em amizade e aos poucos vai surgindo o amor, e o melhor de tudo, não tem cenas quentes aqui! É isso mesmo galera, pra quem não gosta de livros com cenas de sexo, você não vai ver isso aqui, e se for ler outras obras da autora, vai ver muito pouco.

Já posso deixar claro que a L. C. Almeida virou uma das autoras nacionais queridinhas da vida, então não perde tempo e leia algo dela, tenho certeza que vocês vão gostar.

Comentários

  1. Olá, Miriã.
    Eu achei a premissa do livro legal, com uma vibe meio A Seleção hehe. Por isso acho que daria uma chance ao livro, mesmo já tendo torcido o nariz para o protagonista hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil
      haha, eu também achei parecido umas coisas, mas a história é bem divertida, eu curti muito.

      Excluir
  2. nao conhecia esse livro ou a autora ainda, adorei sua resenha bem completa e por tudo fiquei bem curiosa pra ler

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  3. Oi Mi, não conhecia a autora, mas sua resenha me convenceu de que a escrita dela é boa. Adoro quando os personagens são cativantes!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi
      Eu amei a escrita dela, acho que é o que mais me animou sabe?

      Excluir
  4. Oi, Mi

    Já vi ali que a Sil achou o mesmo que eu, uma atmosfera que lembra um pouco A Seleção. Que bom que a autora conseguiu te conquistar mais uma vez, eu não me interessei muito porque achei jovenzinho demais.

    Beijos
    - Tami
    tami_marins@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A louca colocou o email no final! Hahahahah

      Excluir
    2. Oi, Tami shaushausah eu quando vou responder meus comentários ás vezes coloco o link do meu próprio blog, não faz sentido mas ok. Tem uma vibe seleção, mas eu achei bem melhor porque o livro da Kiera Cass me decepcionou de um tanto KKK

      Excluir
  5. Oi Mi,
    Autora queridinha? Ainda não a conheço, mas já quero!
    Acho que posso gostar tanto quanto você.
    P.S.: Me lembrou a Seleção também, rs.
    beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ale! Menina, nesse mar de livros no kindle eu consegui encontrar UMA que se sobressai, amei isso!

      Excluir
  6. Oi Miriã!
    Não conhecia o livro ou a autora, mas achei bem legal, de vdd! Leria!
    Vou ficar de olho na Amazon 😉
    Bjs
    A Colecionadora de Histórias - Blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol
      Eu estou apaixonada por essa autora e super recomendo, os livros dela são ótimos.

      Excluir

Postar um comentário

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤

back to top