A grande aposta - Heaven Race | Resenha


Pearl Wyatt é uma garota de dezessete anos que acabou de chegar em Long Beach, Califórnia, vindo de uma cidade pequena e pacata chamada Wimberley, localizada no Texas. Romântica incurável e sem nenhuma experiência no amor, ela mal pode acreditar que está finalmente sendo notada por garotos. Principalmente pelo moreno e galã, Seth, que desde que seus olhares cruzaram, ela teve certeza de que ele era seu Príncipe Encantado. 

Seth Sawyer, capitão do time de futebol e pegador geral, um dia acreditou no amor. Depois de ter seu coração destroçado por Macy, a líder de torcida da escola, ele jurou a si mesmo que nunca mais se deixaria cair por qualquer garota que seja. Quando coloca os olhos na desengonçada do interior, ele vê a vítima perfeita para se vingar de todas as mulheres, e não apenas da líder de torcida que o quebrou. E quando Macy, e os próprios amigos dele fazem uma aposta, ele resolve entrar de cabeça, mas o que Seth não sabe é que conhecer a caipira do Texas o fará mudar de ideia. 
Só há um objetivo nessa grande aposta: destruir a desengonçada do Texas e apresentar-lhe os sofrimentos, marcando-a com feridas, que só o amor pode causar, mas no final, ela não será a única machucada.
Romance | 668 páginas | Editora Amazon

Seth Sawyer é o capitão do time de futebol americano e a estrela da escola do pequeno condado de Long Beach. Para ele tudo o que importa é o futebol e pegar mulheres, um adolescente cafajeste assumido, afinal, a única vez que ele se apaixonou por uma garota seu coração foi estilhaçado. Agora que caminha para seu último ano no colégio, ele não vê a hora de seguir seu sonho e virar jogador profissional.

Pearl Wyatt é uma garota do interior do Texas que chegou recentemente na escola. Seu jeito inocente chamou atenção de Macy, uma das líderes de torcida, que quer fazer de tudo para destruir a inocência da garota, por isso ela resolve propôr uma aposta para Seth. Ele teria que seduzir a "caipira" e tirar sua virgindade, em troca Macy conseguiria vários olheiros para ele no último jogo da temporada.

Para Seth tanto faz vencer a aposta ou não, ele não se importa com ninguém e por isso aceita sem antes pensar. Seduzir a pequena Pearl seria tão fácil como tirar doce de criança. Mas quanto mais se deixa envolver pela garota, mais percebe que está começando a gostar dela e que não quer magoá-la. Mas a aposta já está feita e as consequências de sair dela seriam piores ainda. 

Encontrei A grande aposta por acaso e fiquei apaixonada por esse enredo. Quem já leu Elle Kennedy sabe bem do que estou falando, e o livro da Heaven segue o mesmo estilo. O ritmo da obra é um pouco lento porque tem muitas páginas, mas é que a autora se preocupou muito em desenvolver bem o casal, então nada acontece por acaso. Tudo é bem construído e é aos poucos que eles vão se deixando envolver. Sendo assim, fica impossível não gostar dos protagonistas ao longo da narrativa.
Pearl é uma fofa do início ao fim. Ela tem uma inocência e gentileza surreal, uma bondade sem limites. Aquele tipo de personagem que a gente de cara ama porque sabe que ela se preocupa com todos, sempre colocando alguém à sua frente. Uma garota que vai se descobrindo aos poucos, à medida que seu relacionamento com Seth avança.

Seth a priori se mostra um babaca. Óbvio que quem se interessa por uma menina em busca de sua virgindade não deve ganhar o afeto de ninguém, mas entendemos de cara o porquê dele ser assim. Seus problemas familiares também não ajudam em nada sua personalidade e suas atitudes, mas seu desenvolvimento é notável porque aos poucos ele vai cedendo ao charme e a gentileza de Pearl e daí vai nascendo um novo homem. 

O legal da obra ser grande é porque ela foca justamente nas pequenas coisas que vão acontecendo entre o casal, as primeiras vezes, o primeiro contato com a família um do outro. É tudo tão natural que é como se fossemos um dos personagens ali acompanhando tudo de perto. Quando o livro começa com uma aposta, já sabemos que muita merda vai acontecer. E tava demorando tanto pra que a merda estourasse que meu coração ficava desesperado. Seth errou muito no começo, mas ver sua tentativa de mudar é notável para que fizesse com que eu torcesse e adorasse o personagem.

A família de ambos os protagonistas são uma coisa a parte. Eles aparecem bastante na obra porque Seth e Pearl são muito apegados a eles, e ver essa interação foi maravilhosa. Principalmente a mãe de Seth, que tem seu próprio arco sendo desenvolvido na história (vocês iriam ficar surpresos com o que acontece haha!).

A escrita da autora é muito gostosa, simples e tem uma cadência que me deixou presa em sua narrativa. Eu terminei a obra em um dia e fiquei apaixonada, louca para ler o segundo da série, que vai contar a história do irmão de Pearl, Simon. Super indico para quem adora um livro sobre amor adolescente e ama histórias com apostas.

Comentários

  1. Oi, Mi!
    Menina, esse negócio de aposta de tirar virgindade não é muito comigo, maaas lendo sua resenha um dia eu dou uma chance ao livro... ele parece ser aqueles bons pra curar ressaca.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu
      Eu acho massa esses livros, é sempre divertido ver a merda acontecer. Leia, é bem legal.

      Excluir
  2. Oi Miriã, td bem?
    Vc leu + de 600 páginas em 1 dia garota, COMO ASSIM?! kkkk
    Parece ser bem gostosinho o enredo! Confesso q estaria mais disposta a ver um filme nesse estilo do que encarar um livro, mas gostei da dica 😉
    Bjs
    A Colecionadora de Histórias - Blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol
      Podia ter mais filmes assim né, eu amaria assistir!

      Excluir
  3. Oi, Mika!
    Se não fosse pelos seus comentários positivos, eu não me interessaria muito.
    Eu adoro clichês, mas esse assim, com aposta, já li e vi milhões de histórias.
    Mas você elogiou tanto, principalmente a escrita, que me interessei.
    Não está nas minhas prioridades, mas achei fofo. Vou dar uma chance!

    Beijoooos

    Teca Machado
    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Teca
      É um clichê tremendo mas eu tenho uma quedinha e super indico, a escrita da autora é maravilhosa.

      Excluir
  4. Oi, tudo bem?
    A história parece ser um pouco clichê, mas eu tenho uma quedinha por livros assim, haha.
    Fiquei curiosa para saber o desfecho de tudo.

    Beijos
    https://construindoestante.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Eliana
      É um clichê tremendo, mas ótimo pra aquecer nosso coração.

      Excluir
  5. Oi, Mi

    Aposta para tirar a virgindade de uma mulher? Não, obrigada! Por mais que isso seja desenvolvido daquele jeito que todo mundo sabe, o ponto de partida da história é super equivocado, tô muito pentelha pra enredo assim, por isso não leria. haahha

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tami
      Eu também penso o mesmo mas não resisto a ler livros assim, gosto de ver a mudança dos personagens.

      Excluir
  6. Olá, Mika!
    Amei a resenha, o enredo me chamou atenção mesmo não sendo um gênero que eu curta muito.

    Beijão!
    Lumusiando

    ResponderExcluir
  7. Olá, Miriã.
    Esse tipo de enredo fica bem em filmes de sessão da tarde. Mas para ler eu tenho certeza de que encontrar mil defeitos no protagonista, por isso deixo passar a dica.

    Prefácio

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤

back to top