Uma paixão e nada mais - Mary Balogh | Resenha

QUARTO VOLUME DA SÉRIE CLUBE DOS SOBREVIVENTES.
Mary Balogh já vendeu mais de 100 mil exemplares pela Arqueiro e é presença constante na lista de mais vendidos do The New York Times.
Ao voltar para casa depois das Guerras Napoleônicas, Flavian, o visconde de Ponsonby, ficou arrasado ao ser abandonado pela noiva.
Agora a mulher que partiu seu coração está de volta, e todos estão ansiosos para que eles reatem o noivado. Exceto Flavian, que, em pânico, corre para os braços de uma jovem sensível e encantadora.
Apesar de ter sido casada por quase cinco anos, a viúva Agnes Keeping nunca se apaixonou, nem quer se apaixonar. Aos 26 anos, ela prefere manter o controle de suas emoções e de sua vida. Porém, ao conhecer o carismático Flavian, fica tão arrebatada que acaba aceitando seu impetuoso pedido de casamento.
Quando descobre que Flavian pediu sua mão apenas para se vingar da antiga paixão, Agnes decide fugir. Mas Flavian não tem a menor intenção de deixar a esposa partir, principalmente após descobrir que, para sua própria surpresa, está completamente apaixonado por ela.
Uma paixão e nada mais é o quarto volume da série Clube dos Sobreviventes e desta vez teremos a história de Flavian Arnott, o visconde de Ponsonby. Ele que também teve sua vida completamente mudada após as Guerras Peninsulares, sendo sua mente a mais afetada pelos horrores que viveu. Depois de ter se recuperado contra todas as previsões dos médicos, ele agora pode recuperar sua antiga vida, e quem sabe também a noiva, que anos atrás partiu seu coração, mas que agora está mais disponível do que nunca.

A união seria algo que deixaria a família de Flavian encantada, o único problema é que ele não quer. Depois de ter seu coração esmagado pela mulher que um dia acreditava amar, o que ele deseja neste momento é seguir em frente, e quem sabe com uma outra pretendente.

Agnes Keeping é uma viúva de apenas 26 anos, e também amiga próxima de Sophie, viscondesa de Darleigh. Devido a gestação de Sophie, o próximo encontro do Clube dos Sobreviventes será na casa de Vicent, seu marido, em Middlebury Park. E esse encontro será o pretexto perfeito para que uma jovem viúva conheça um certo visconde. 
Sinceramente, eu acho que esse livro foi o que eu menos gostei. Não que a história não seja boa, mas eu não me conectei tanto assim com os personagens, nem com seus problemas. Além disso eu achei o drama de fundo muito fraco. Não sei bem o que estava esperando dessa obra, mas achei que ela realmente não funcionou tanto como eu gostaria. 

Mesmo assim os personagens são agradáveis. Faltou um pouco mais de personalidade em ambos, confesso. Senti que Agnes era um tanto quanto apagada e Flavian reservado demais. Cadê aquele fogo gente?! Mas se teve uma coisa que compensou foi a escrita sensível da Mary. Eu amo demais essa mulher e sempre pego quotes lindos.
Às vezes a atração era ainda mais irresistível quando não era tão óbvio.
A virtude e o recato às vezes podiam ser inexplicavelmente sedutores. 
Finais felizes podem se transformar num segundo em finais muito ruins. 
 
Nunca poderemos nos beneficiar hoje da sabedoria que teremos conquistado amanhã.
Um homem não precisa matar dragões para ser um herói. 
Despedidas são os momentos mais infelizes do mundo - disse ele. - Nunca diga adeus para mim, Agnes. 
Uma paixão e nada mais foi um livro bom, mas acho que foi devido a minha ressaca literária que eu não pude aproveitar tanto essa história. Mesmo assim estou super animada para o próximo lançamento!

Clube dos Sobreviventes #4 | 288 páginas | Editora Arqueiro | Nota: 3,5/5 

Comentários

  1. Oiii Mi

    Ressaca literária é um saco, realmente às vezes até livro que a gente acha que vai gostar acaba nem gostando quando está assim, Espero que passe logo!

    Acho as capas dos livros dessa série da Balogh tão bonitinhas, ando pesquisando alguns romances de época legais pra ler, vou começar pelos da Tessa Dare, mas quero também em algum momento conhecer a escrita da Balogh

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mi

    Que pena que você não gostou tanto. Vou pegar esse assim que eu terminar o da Nora e acho que vou gostar apesar das suas ressalvas, pois amo de paixão tudo o que a Mary escreve.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Miriã,

    Eu tenho curiosidade em ler essa serie, mas ainda não tomei coragem. Pena que você não curtiu.
    Beijos

    https://tear-de-informacoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi
    uma pena que não se apegou aos personagens, pelo menos curtiu a leitura, eu estou com o terceiro livro aqui para ler e estou gostando dos livros até esse momento.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤

back to top