Livros que eu me arrependo de ter dado nota boa

A vida é uma constante espiral de vergonha alheia. E quanto mais o tempo passa, mais chego a convicção de que existem livros, milhares deles, que hoje em dia, em pleno 2020, não me agradariam tanto quanto antigamente. E pensando nisso, consigo listar fácil para vocês vários deles que se eu fosse reavaliar, eu nunca teria dado boas notas e sim gente, rola um certo arrependimento de ter dado uma nota boa para livros que eu hoje considero, não totalmente ruins, mas com certeza indignos de notas boas como 4 ou 5 estrelas. Separei alguns deles para conversar com vocês, mas são tantos que com certeza vai rolar um comeback deste post futuramente.

Vou ser bem sincera com vocês. A era de ouro do pornô foi um grande erro de julgamento. Esse livro foi o primeiro que eu recebi de parceria e foi uma grande perda de tempo. O livro não tem nada a ver comigo, o personagem principal Max não tem propósito algum além de ficar transando por aí e o fim é aberto, meio estranho. Aquele livro que você não entende bem o que o autor quer passar. Talvez porque não faça meu estilo eu não goste, mas sinceramente, daria um 2,5.

Na época que li Amy & Matthew eu gostei muito da obra, tinha até dado nota 5 pra ele, mas pensando melhor nos dias de hoje, eu acho esse livro extremamente chato e cansativo. Um livro morno do início ao fim, apesar da autora ter trabalhado bem as problemáticas da obra. Infelizmente hoje ele não me agradaria tanto.

Não somente o primeiro livro mas com certeza toda a série de A seleção teria suas notas reavaliadas se eu lesse hoje em dia. Eu acho que a Kiera trouxe uma boa proposta, mas no desenvolvimento ela falha nos argumentos. Pra uma distopia você espera muito mais do que é apresentado, e hoje não é uma série que eu possa dizer que amo.

Eu li The Shadows Between Us mês passado e sinceramente, eu esperava bem mais. Por ter lido Serpent & Dove que foi maravilhoso, eu achei que essa fantasia seria igualmente incrível, mas eu achei a escrita da Tricia e seu desenvolvimento bem parecido com os livros da Kiera Cass: falta um pouco de desenvolvimento, ela entrega algumas coisas sem aprofundamento, sabe? Ela poderia ter enriquecido mais a narrativa, e acho que foi isso que pesou negativamente na obra. Não é um livro ruim, mas ao invés de 4 teria dado 3 estrelas.

Vocês já sabem da minha animosidade com o John Green, que não é surpresa pra ninguém. Tendo lido 3 livroS dele, somente A culpa é das estrelas foi o que eu mais gostei, porém, na época que li eu achei incrível apesar de algumas ressalvas e dei nota 4, hoje com certeza daria um 3 simplesmente porque o livro é 90% chatice do autor e 10% história e hoje eu consigo reconhecer isso mais facilmente.

Acho que pelos motivos óbvios Belo Desastre deveria entrar nesta lista. Ele tem vários problemas de close errado, além disso a autora passa um pueno em um relacionamento bem abusivo. Eu entendo que pelo livro ter sido lançado em 2011 e a gente não ter um senso crítico mais apurado pra esses problemas, a gente leu e gostou da obra, mas hoje não rola.

Esses foram os primeiros livros que eu escolhi para este post, e em breve trarei mais livros em que reavaliarei suas notas. Me conta se você já leu algum desses e se concorda ou não com minha opinião.

30 comentários

  1. Oi Mi, eu acho os dois protagonistas de Belo desastre abusivos e cheio de problemas, mas não sei se baixaria a nota, mas A seleção com certeza.Quanto mais o tempo passa, menos eu gosto rs Amei o tema da postagem.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Oi Mi,
    Super normal isso acontecer! Amadurecemos, nossos gostos se modificam, nossa visão de mundo se amplia.
    Usando suas escolhas como base, li Velo Desastre e A Seleção.
    A história de America é legal, envolvente mas é só.
    Há uns três quatro anos quando li Belo Desastre, me apaixonei perdidamente pelo Maddox, que até virou crush literário.
    Hoje mais velha, analisando algumas atitudes vejo que é mais um exemplo de homem machista e de relacionamento tóxico.
    Beijinhos da outra Mi

    ResponderExcluir
  3. Olá...
    Acho super normal a gente mudar de opinião em relação aos livros, acho que isso vai muito da época em que estamos, o que estamos vivendo e até mesmo a famigerada idade, afinal, acho que os livros que li da Paula Pimenta lá quando tinha meus 15 anos jamais iria dar 5 estrelas hoje aos 25 anos... A fase que estou vivendo é outra...
    Entendo completamente você também em casos onde dei nota baixa para os livros, talvez, realmente não era o exato momento de ler aquele determinado livro.
    Parabéns pelo post... Amei!

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Eu penso que isso se chama amadurecimento!! Hoje se todos nós lêssemos algo que lemos num passado bem distante, teríamos outra opinião. E oh, eu acho isso maravilhoso, pois é sinal de que a gente amadureceu nossos gostos e o hábito de leitura não é apenas um hábito, virou amor de fato!!!
    Também tenho vergonha alheia, mas oh? Leria alguns novamente, só para ter uma nova versão da história na minha cabeça.
    É o que penso em fazer com Crepúsculo em breve!rs
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  5. "A vida é uma constante espiral de vergonha alheia" simmmm!! hahaha sempre me pego pensando em coisas que me arrependi de ter feito ou falado que devem ter gerado essa sensação nos outros de vergonha alheia, se até eu mesma senti vergonha.. Estava conversando com o cara que eu estava saindo sobre livros que já havíamos lido e nós acabamos rindo bastante, rolou aquela vergonha de "meu Deus, eu me submeti a ler isso mesmo?". De todos que você citou eu li a série A Seleção e confesso que ainda gosto bastante, apesar de não escolher pra ler novamente, além de A Culpa é das Estrelas, que concordo com tudo que você falou (exceto que li 3 mas gostei de 2 livros do autor, Cidades de Papel e ACEDE), também superestimava o livro na época.

    Beijos,
    Amanda Almeida

    ResponderExcluir
  6. A vida é mesmo um looping de vergonha alheia, hahahaha. A verdade é que a gente evolui e muda com o tempo, ou seja, tem coisas no nosso passado, que já não faz tanto sentido hoje em dia.
    Tenho vontade de ler A Seleção e Belo Desastre, mas já tô aqui repensando por causa da sua mudança de nota, haha. Ahh e A Culpa é das Estrelas eu nunca defendi, tentei começar a ler duas vezes, mas abandonei o livro nas duas, assim como várias outras obras do autor. Eu só li inteiro Tartarugas Até Lá Embaixo.
    Ansiosa para as próximas partes desse post, haha.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  7. Oi, Mi

    Eu não diminuiria a nota de A Seleção não. Eu gosto da história e acho que a Kiera criou uma sociedade bem construída, além de gostar dos personagens. Coisa que ela não fez em A Prometida. Hahahah
    E Belo Desastre nunca me enganou, na época mesmo eu meti o pau. Macho escroto romantizado para cima de mim, não.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  8. Oiii Mi

    Esse da Era de Ouro do Pornô teve uma época que muita gente leu em aprceria e lembro que recebia boas notas, mas a trama nunca me chamou a atenção, sempre dava aquela impressão de não ter nada a ver comigo.
    Fiquei surpresa de ver The shadows between us, será minha próxima leitura e eu espero gostar da narrativa da Tricia. Serpent & Dove eu amei, mas nem vou esperar por algo parecido.
    A Seleção, hoje em dia também rebaixaria a nota deste e todos os outros da Kiera que vieram na sequência, na época cheguei a dar 4 estrelas, até 5 pro terceiro, hoje não daria mais de 3.
    Belo Desastre nunca nem quis ler e A Culpa é das estrelas sempre achei hypado demais, e John Green nunca me prendeu na narrativa então esse nem pensie em ler.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  9. Kkkk morrendo de rir aqui, Mika!
    Pior que não é que é verdade isso? O tempo passa e a gente meio que vai dando nota demais pra um livro por vários motivos. Mas vamos lá, teve uns que citou que eu nunca li, só li resenha mesmo e sua crítica me faz querer não ler kkkk
    A Seleção é um livro que me encantou quando li, mas eu li ele quando eu tinha uns 13, 14 anos e estava começando minha vida literária. Então, acho que concordo com você, não daria a nota máxima, mas também ele vale uma média.
    Belo Desastre eu vou defender até o último suspiro kkkk Eu já disse que acho que tenho problemas né? Por amar ler livros com relacionamentos abusivos, mas acho que tem muito haver com tudo que passei na minha vida, desde a relação com os meus pais até meus namorados e outras dores que me fazem querer ter esse tipo de relacionamento.
    Eu amei Belo desastre, o primeiro livro não foi perfeito, mas os depois desse foram incríveis! A história foi bem construída e todos numa teia de aranha e ótimos personagens, tirando claro o romance que muita gente não gostou. Então acho que sempre darei nota máxima para essa série de livro, estou até pensando em reler hahaha

    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
  10. Oi, Mi!
    Eu nunca tinha ouvido falar no primeiro livro, mas só pelo título eu já sei que não leria haha. Apesar de amar A Seleção e defendê-la até o fim, eu também me senti assim quando reli os livros recentemente. Na época pareciam muito mais mágicos e românticos do que parecem agora haha :P
    O único livro que gostei do John Green foi Tartarugas Até Lá Embaixo e, pelo menos por enquanto, não quero ler mais nada dele! Acho que A Culpa das Estrelas é muito modinha, e não quero que ele estrague a imagem do autor na minha mente hahaha.
    Eu adorei a postagem e aposto que também devo ter uma lista de livros que se encaixariam nessa classificação.

    Estante Bibliográfica

    ResponderExcluir
  11. ola
    amei a ideia do post e é normal mesmo a gente ir mudando nossa opinião a respeito de determinados livros .já aconteceu comigo de amar uma leitura e depois enxergar que o livro bem era tão bom .tenho alguns livros nesse mesmo estilo de Belo desastre mas ainda não tive vontade de ler .
    eu nunca espero personagens perfeitos ,não existe isso .
    o que espero num livro é que a trama seja bem construida coerente .
    faça sim a segunda parte

    ResponderExcluir
  12. Adorei a ideia de post, hoje em dia não teria paciencia para ler metade dos livros que li na adolescência, a gente vai mudando e o gosto para as leituras também, é como se o olhar crítico fosse ficando mais "apurado"!
    Beijoss

    Primavera Agridoce ♥️♥️♥️

    ResponderExcluir
  13. HAHAHA amei a frase que vc iniciou o post,com certeza a vida é uma eterna corrente de vergonha alheia... acontece né... bom saber assim passo longe dessas leituras

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  14. Olá, Miriã.
    O gosto da gente muda muito com o tempo. Lembro que quando li Belo Desastre devorei o livro e até procurei outros parecidos e hoje só consigo ver tudo de errado que tem no livro hehe. Já ACEDE eu não gostei nem na época e nada do Green para falar a verdade. Já A Seleção eu ainda gosto hehe. Mas não mudaria as notas porque foi o que senti lendo.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  15. Oiii ❤ Desses livros que você citou eu já li A Culpa é das Estrelas (também não sou muito fã do John Green e nesse caso gostei mais do filme que do livro), A Seleção (ainda sou apaixonada pelos livros, mas acho que se relesse não daria a mesma nota) e Belo Desastre (nunca gostei muito desse livro, mas alguns anos atrás o reavaliei, pois comecei a perceber que tinha muita coisa errada com ele).
    Meus livros que me arrependo de ter dado notas tão boas:
    - Querido John: é um livro bom, mas não merece as 4 estrelas que eu dei na época, é um livro que não tem nada de mais.
    - A Sereia: A história é fraca e não foi tão emocionante ou bem desenvolvida pra receber 4 estrelas.
    - Crepúsculo: ainda amo a série, mas acho que esse primeiro livro não merece a nota tão boa que dei.
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oii Miriã
    Achei o post interessantíssimo e me fez pensar em livros que assim como você, me arrependo de algumas notas dadas. Dos escolhidos em seu post também mudaria a minha avaliação de A Seleção, na época em que li amei a achei uma história muito boa mas atualmente se eu fosse reler acharia diversos problemas que atrapalhariam a leitura.

    Beijos!
    http://focadasnoslivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Olá Miriã!
    À medida que vamos creascendo nosso senso crítico vai ficando bem mais apurado, né? Ainda mais quando já tivemos muitas experiências literárias.
    Quando nos deparamos com algo novo e diferente é normal favoritar (eu mesmo quando li Os Instrumentos Mortais achava que era a série de fantasia do milênio. SÓ QUE NÃO NÉ KKKKK). E da sua lista eu com certeza me identifico com A Seleção. Quando li achei DEMAIS o conceito, tanto que terminei a trilogia bem rápido. Mas hoje parando pra pensar fica claro três problemas: 1- Universo fraco 2- Livros bem heteronormativos e sem personagens negros (importantes pra trama) ou LGBTQIAP+ 3- Claramento “inspirado” em Jogos Vorazes, pra não dizer outra palavra.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Miriã!
    Acredito que em tudo nas nossas vidas, devemos reavaliar nossos conceitos e com os livros não é diferente, afinal, a vida e as experiências que vivemos, vão mudando nossos pensamentos e o que poderia ser um bom livro há anos atrás, hoje em dia talvez não faça tanto sentido, concorda?
    E o bom é que conseguiu enxergar esse fato e reavaliar alguns dos livros que leu, parabéns!
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  19. Oi Miriã, amei a frase que você escreveu no início do post🤣 Tem alguns livros que eu amo, mas não tenho coragem de reler pois tenho plena convicção de que iria problematizar coisas que achava de boa antigamente. Belo desastre é um ótimo exemplo, apesar de sempre ter achado os dois protagonistas bem abusivos é uma série que tenho grande carinho.

    ResponderExcluir
  20. ingriD Figueiredo12.6.20

    (primeiramente adorei a ideia do post)

    (segundamente) Bem que dizem que, as vezes, é melhor vc não reler um livro que gostou antes... pois corre o risco de ler com outra mentalidade e a magia da leitura se desfaz (quando li Percy Jackson foi mais ou menos assim rs)

    Eu tive que pesquisar sobre o primeiro livro, pq jurava que A Era de Ouro do Pornô era pro lado mais... hm... cientifico? Um baita balde de agua fria rs

    Realmente, A Seleção é algo que falha um pouco em explicar mais a distopia, mas ainda tem um lugar guardadinho no meu <3 pelo romance em si (por ora vamos fingir que não existe a trilogia da filha)

    Olha tenho que confessar que fiquei surpresa em aparecer The Shadows Between Us na lista, tinha gostado bastante da resenha e era até recente

    Ainda não reli A Culpa é das Estrelas, mas acho que teria uma opinião similar...

    ResponderExcluir
  21. Olá! Ultimamente também tenho reavaliado alguns livros que li anos atrás, pois achei que fui muito boazinha quando avaliei eles.
    Um livro que acho que dei uma nota muito boa, mas que sinceramente foi uma leitura bem rasa é Louca por Você da A.c Meyer. Eu geralmente gosto dos livros da autora, são leituras rápidas e gostosas, mas Louca por Você é um romance clichê, é mais uma história que a gente já viu várias outras parecidas, é mais do mesmo.
    Belo Desastre eu também reavaliei, quando eu li já não achei tão bom quanto todo mundo falava, mas no geral eu tinha gostado bastante. Mas hoje em dia de fato percebo que tem muita coisa errada com essa história.
    A Promessa da Rosa é outro livro que reavaliei. Desde a primeira vez que li tive problemas com os personagens, achei eles muito impulsivos, dificilmente eu concordava com as atitudes deles, mas ainda assim minha nota tinha sido boa para um livro que não tinha me agradado tanto. Eu amooo a escrita da Babi A. Sette, tirando esse livro, todos os outros livros que pude ler dela foram leituras inesquecíveis ♡
    Gostei bastante do post, é interessante pensar em como nosso pensamento sobre determinado livro pode mudar tanto com o passar do tempo.
    Beijos! ♡

    ResponderExcluir
  22. Olá,

    É bem assim mesmo, depois de um tempo a gente vai rever os livros, e fica pensando como deu um nota tão alta para alguns KKKKK
    Tem um, que eu não lembro o nome agora, que eu amei na primeira vez que eu li, dei 5 estrelas e ainda favoritei, depois de uns anos fui reler, e fiquei bem agoniada com o relacionamento abusivo!

    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Olá Miriã!
    Com certeza alguns livros que li na adolescência hoje eu não gostaria tanto, e por isso evito fazer a releitura para não estragar a lembrança. Sou nova por aqui então não sei da sua desavença com John Green, mas eu acho a Culpa é das estrelas um dos melhores livros do autor e acho que tem história sim (pode ser que minha memória esteja comprometida, tá?). A seleção eu gosto tanto, gosto mais do romance do que da parte distópica, que ficou bem a desejar, confesso. A capa de Amy e Matthew me lembrou muito Eleanor e Park mas nunca li, assim como os outros livros que você citou.
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Olá! Definitivamente isso é muito fácil de acontecer, dos que você citou li a Seleção, A culpa é das estrelas e Belo desastre e concordo com você em tudo, se fosse reler a seleção hoje, tenho certeza que não vou gostar tanto assim da leitura quanto da primeira vez! Belo desastre eu confesso que desde a primeira vez que li não me desceu muito bem, diversas passagens me deixaram indignada.

    ResponderExcluir
  25. Belo Desastre PELO AMOR DE DEUS, quando li aos 17 anos achei a coisa mais incrível do mundo. Agradeço ao feminismo por abrir meus olhos e me fazer enxergar as mil problemáticas que esse livro tem.
    Agora, A Seleção eu já acho mediano desde a época que eu li.

    Beijos miga!
    https://www.roendolivros.com.br/

    P.s.: SINCERAMENTE MORTA com A Era de Ouro do Pornô kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  26. Oiii Miii!
    Dos que você citou li a seleção e a culpa é das estrelas que por sinal, amo demais... mas como você fala se eu volta a ler novamente hoje com o o meu pensamento com certeza mudaria alguma coisa, então prefiro não reler para não estraga aquilo que cative com a história.. ja os outros não conhecia!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  27. O que você percebeu em A Culpa das Estrelas depois de muito tempo, eu percebi na primeira vez que o li haha Quando o livro/filme estourou, eu ganhei e acabei lendo. Achei o livro completamente chato e só decidi lê-lo porque eu ganhei. Enfim, é muito bom nosso desenvolvimento com o tempo, hoje a gente percebe coisas que antes não percebia, e isso é muito importante!

    ResponderExcluir
  28. Dos livros acima os únicos que li foi 'A Seleção' e 'Belo Desastre'.
    A série da Kiera Cass nunca foi uma das minhas preferidas, faz muito tempo que li os livros, então não lembro muita coisa, mas lembro de ter gostado um pouco do primeiro mas os outros só foram me decepcionando e nem consegui sair das primeiras páginas de A Herdeira.
    Lembro que Belo Desastre foi uma das trilogias que mais tinha gostado de ler, mas acho que como li os livros quando ainda era adolescente acabei passando pano por toda essas questões de relacionamento abusivo, e sei que se pegasse o livro para ler hoje em dia a minha visão seria totalmente diferente.

    ResponderExcluir
  29. Oii,
    Ai eu também mudaria a nota de muitos livros que dei 5 ou 4 estrelas. Aliás, no skoob tô mudando quando lembro kkkkk
    A seleção e A culpa é das estrelas são prefes da vida kkkk
    Amy e Matthew começou bom, depois virou uma chatice.
    Os outros não li.
    Mas acho que é normal a gente amadurecer e não nos agradar mais.
    Bjs

    ResponderExcluir
  30. Estamos em constantes mudanças, então é normal vermos algumas coisas que fizemos antigamente e se arrepender. Eu também já fiz isso, teve livros que dei 4 ou 5, e depois troquei para 2 e até 1.

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤
Comentários PLAGIADOS NÃO SERÃO ACEITOS!

Capítulo Treze © . Theme by STS.