Rhapsodic - Laura Thalassa | Resenha


Callypso Lillis is a siren with a very big problem, one that stretches up her arm and far into her past. For the last seven years she’s been collecting a bracelet of black beads up her wrist, magical IOUs for favors she’s received. Only death or repayment will fulfill the obligations. Only then will the beads disappear.
Everyone knows that if you need a favor, you go to the Bargainer to make it happen. He’s a man who can get you anything you want … at a price. And everyone knows that sooner or later he always collects.
But for one of his clients, he’s never asked for repayment. Not until now. When Callie finds the fae king of the night in her room, a grin on his lips and a twinkle in his eye, she knows things are about to change. At first it’s just a chaste kiss—a single bead’s worth—and a promise for more.
For the Bargainer, it’s more than just a matter of rekindling an old romance. Something is happening in the Otherworld. Fae warriors are going missing one by one. Only the women are returned, each in a glass casket, a child clutched to their breast. And then there are the whispers among the slaves, whispers of an evil that’s been awoken.
If the Bargainer has any hope to save his people, he’ll need the help of the siren he spurned long ago. Only, his foe has a taste for exotic creatures, and Callie just happens to be one.
Peguei essa indicação no blog da Ivy (De repente, no último livro) e caramba, que gostoso que foi essa história! Callypso Lillis é uma sereia. Não daquelas com caudas que estamos acostumados, mas ela tem o encanto, um poder capaz de fazer qualquer humano seguir suas ordens. E aos 16 anos Callie acabou cometendo um crime... e para se livrar dele antes que seja presa, ela resolve pedir ajuda ao Negociador.
Eu sei que as pessoas devem lamentar a perda de uma vida. Mas eu não posso. Não a dele, de qualquer maneira. Talvez isso me faça má.
No mundo criado por Thalassa, temos os seres sobrenaturais - sereias, feiticeiras, shifter (lobisomens) e outros que vivem na Terra como humanos - e o Outro Mundo, casa dos faes, que são outros tipos de sobrenaturais conhecidos por suas orelhas pontudas e na maioria dos casos, asas. O Outro Mundo é dividido em quatro reinos: o Reino da Noite, o Reino do Dia, o Reino da Flora e o Reino da Fauna. E o mundo humano se conecta ao sobrenatural pelas linhas leys. Desmond Flynn, também conhecido como Negociador, também é o Rei da Noite

Quando Callie resolveu fazer um acordo com o Negociador há sete anos atrás, ela nunca imaginou que acabaria encontrando nele um amigo. Quanto mais passava tempo com ele, mais Callie pedia favores e sua dívida com o Negociador só ia aumentando... só que diferente dos demais negócios de Des, ele nunca a cobrou. Até que algo acontece e a amizade que antes existiu, não existe mais. E agora, depois de sete anos, Des volta do Outro Mundo disposto a cobrar todas as dívidas de Callie.
Eu caço homens maus. Esta é minha vingança. Meu vício.
O negócio é que existe um mistério. Guerreiros e guerreiras faes do Reino da Noite tem sumido sem deixar rastros. Pouco tempo depois, somente as guerreiras são devolvidas. Mas dentro de caixões de vidros, semi-mortas, com uma criança em seu colo. E o pior, essas crianças tem capacidade de profetizar, até mesmo as com menos de um ano. E é por isso que Des deseja tanto a ajuda de Callie. Apesar de todo o seu poder e magia, ele não consegue enfeitiçar os humanos do reino para que lhe contem o que pode estar acontecendo, mas ela sim. 

Esse é basicamente a trama de Rhapsodic. Apesar de todo esse resumo, esse livro pra mim foi completamente introdutório. Aqui veremos mais a relação de Cassie e Des, o reencontro deles e temos capítulos intercalados relembrando o passado e a antiga amizade entre os dois. Eu sempre reclamo dessa quebra temporal nos livros, mas aqui eu acho que funcionou muito bem, ainda mais porque a escrita da Laura é gostosa e ágil, e os capítulos são bem curtos, então não foi de nenhuma forma enfadonho, pelo contrário, me fazia querer saber mais dos casal principal. 
Eu troquei minha vida por um amor que não era nada além de sombras e cortinas de fumaça.
Mas, eu o odeio porque é mais fácil odiá-lo do que me odiar. 
Callie é uma personagem que de cara eu gostei. É ela quem nos conta a história, e a achei super bem humorada e com uma boa personalidade: atrevida, divertida mas também com garra. Seu reencontro com Des abala todas suas estruturas ainda mais por ele ter sido seu primeiro amor, e também sua primeira decepção, então já imagina como os ânimos dessa obra serão. Outra coisa notável nela é que ela também é frágil. Callie já foi uma vítima, e mesmo tendo prometido nunca mais fazer esse papel, ela entende suas limitações e sabe admitir quando não consegue mudar algo. Afinal, estamos analisando uma personagem humana, que também possui falhas e não é somente fodona o tempo todo. Ela me lembrou um pouco Lou de Serpent & Dove, porém não tão impetuosa. Eu imagino que a autora irá desenvolvê-la muito mais nos outros livros, e já estou ansiosa por isso.
Dói olhar para ele, não só porque ele é desumanamente bonito, mas porque ele rasgou meu coração frágil há muito tempo.
Des, ou Negociador, ou Rei da Noite foi quem me arrebatou completamente. Vemos mais vislumbre de negociador do que qualquer coisa, mas o homem conseguiu me deixar totalmente apaixonada. Ele, assim como qualquer outro personagem de fantasia, é do tipo que não revela facilmente seus segredos. Vamos desvendar aos poucos o personagem ao mesmo tempo que sabemos que ainda não descobrimos muito sobre ele. E imagino que a autora irá segurar tudo sobre ele até o final da série, o que nos cativa para continuar lendo. 
Desmond Flynn é uma ferida que nunca foi curada.
Como comentei, o livro num todo é bem introdutório a respeito do plot. A autora foca muito mais no relacionamento dos protagonistas do que no mistério das guerreiras em si, mas bem no final da obra a gente vai percebendo que a autora deixou um gancho para desenvolver essa parte nos demais livros. Eu achei legal porque como sou apaixonada por romance, imagino que ela já deixou as coisas quentes só pra depois acender o resto da fogueira. Falando nisso, o livro é totalmente adulto. Estamos acostumados a ler fantasia YA, mas esse particularmente é uma fantasia NA, já que a personagem principal tem 24 anos e temos cenas de sexo, então já fiquem ligados.

Quando comecei a obra eu achei que a autora iria ir por outro rumo, mas gostei dessa primeira parte e imagino o que nos revelará toda essa trilogia. O fato dela ter um glossário bem no início do livro ajuda muito a entender o mundo que ela criou, que na verdade é bem mais simples do que histórias com feéricos, vou ser sincera hahaha espero que leiam e curtam tanto quanto eu!

The Bargainer #1 | 326 páginas | Editora Lavabrook Publishing Group | Nota: 4/5

26 comentários

  1. Oi, Mi! Tudo bom?
    NOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOSSA que sua resenha me lembrou que faz tempo que eu quero ler esse livro! Nem lembro onde vi (tumblr, acho?) a indicação, mas a coisa do mundo fantástico bem elaborado tinha muito comentário positivo a respeito.
    E a vibe da narrativa parece ótima também!
    Obrigada pela lembrança, deu até um insight aqui UHASUHASUHASUHASUHASUH

    Beijos, Nizz.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Denise totalmente eu quando quer ler um livro mas não lembra qual KKKKKKKKKKKKKK Adoro!

      Excluir
  2. Fiquei lendo a resenha e imaginando uma sereia de verdade..rs aí fui ler que sim, é uma sereia de verdade, mas em tempos modernos e isso é maravilhoso.
    Tudo que envolve essa magia dos seres fantásticos é maravilhoso e oh, fazia tempo que não lia sobre um livro com esse tema!!!
    Adorei e sim, se puder, claro que quero muito ler.
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  3. Olá, Miriã.
    Confesso que não entendi nada nessa capa hehe. Eu gosto de livros com sereias e outros seres misticos, mas é raro vir algum bom para o Brasil. Diferente de você eu gosto disso de alternar entre passado e presente. Se der as caras por aqui vou querer ler.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil! A capa é uma asa de fae, aliás, todas as capas tem relação com os seres dos livros.

      Excluir
  4. Oi Mi! Nunca tinha ouvido falar nessa livro, mas confesso que fiquei confusa com a capa hahahaha, de todo modo é muito difícil eu ler um livro com esse tipo de enredo, é bem diferente do que costumo gostar de ler. Mas fico feliz que para você foi uma boa leitura!
    www.osdeliriosliterariosdelex.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi, Mi

    Não gosto do gênero, você sabe, ainda mais quando tem tanta mistura de serem assim. Porém, entretanto, todavia, nunca li um livro sobre sereias realmente interessante. Apesar do meu receio inicial por se tratar de um livro do gênero, vou botar aqui na lista da Amazon para fazer uma tentativa. Acho que posso até gostar!

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Nunca tinha visto nada sobre esse livro, mas agora fiquei louca para ler! HAHAHA
    Eu amo livros de fantasia e quase não li nada sobre sereias.
    Achei a capa bem diferente, gostei até.
    Eu amo esses glossários no começo dos livros, ajuda muito a gente com tanto nome diferente kkkk

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. não gosto de tipo de tipo de livro onde se mistura tantos seres misticos
    mas que bom que a leitura foi agradavel para voce

    ResponderExcluir
  8. Olá, nunca tinha visto esse livro, mas o título me deixou curiosa hehe. Não tenho o costume de ler fantasia, acho que principalmente pelo fato dos protagonistas serem mais jovens, vou anotar esse pra quando for me arriscar no gênero!!🤗

    ResponderExcluir
  9. Oiii Mi

    Muito feliz que vc também gostou tanto desse livro, a narrativa da autora é maravilhosa né, a gente nem percebe as páginas passarem. Apesar de ter gostado bastante do Des eu preferi a Callie nessa primeira parte, achei ela uma sobrevivente incrivel, personagem coerente, apesar de frágil não é donzela e nem se faz de coitada, enfim, uma sereia super humana... rsrs. Quero demais ler a segunda parte, vi na sinopse que vai focar mais agora no mundo dos faes e no conflito todo das guerreiras e dos bebês, acho que será menos introdutória com certeza. Expectativas mil.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ivy
      Eu gostei demais e espero que a autora entregue mais dos fae no segundo livro. Estou com preguiça de começar confesso hahaha mas estou assim com todas as leituras, então né?

      Excluir
  10. Miriã!
    EU PRECISO DESSE LIVRO! Como um leitor louco e obcecado por fantasias, vivo à procurar de tramas promissoras e diferenciadas, e felizmente Thalassa serve tudo isso e muito mais.
    Embora os nomes sejam genéricos de qualquer livro fantástico, o mundo criado pela autora chama atenção, pois temos criaturas como fadas e feiticeiros inseridos em um universo sombrio e que reserva seus mistérios.
    Mas elogios à parte, Des apresenta uma caracterização previsível e nem um pouco diferente de outros mocinhos literários sombrios muito conhecidos (sim, estou falando do Rhys). Já Callypso conquista o leitor nas primeiras páginas, e vamos ficando apreensivos com o destino da protagonista, que está começando a entrar em um território desconhecido.
    A TRILOGIA É A CARA DA GALERA RECORD, e espero que ganhe evidência para ganhar edição brasileira. E menina, trate de ler a sequência para alimentar esse pobre leitor.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Miriã!
    Adorei o título: Rhapsodic e todo enredo. Amo fantasias românticas com seres extraordinários e toda essa trama por trás dos raptos e das devoluções das fêmeas e seus filhos, de querer 'roubar' o poder das crianças e ainda esse romance intendo com trechos sexuais, uau! Super livro.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  12. ingriD Figueiredo4.6.20

    Adoro quando vc põe esses livros internacionais ali na "cabeceira" pq eu fico ansiosa para saber do que se trata e nossa, que livro interessante!!
    Fui pesquisar mais sobre e tinha desde fanart (talvez seja bem popular lá fora) e... mio díos só os desenho do Des são arrebatadores!

    algumas coisas são muito parecidas com Corte de Espinhos e Rosas da Sarah. J. Maas, o fato do mundo ser dividido em cortes, e ele ser o rei da Corte do Reino da Noite, o Des com uma personalidade muito parecido com a do Rhys... (não que eu esteja reclamando, adoro a trilogia)

    Agora vamos torcer para alguma editora se interessar por ele, e quem sabe publicá-lo no Brasil.

    ResponderExcluir
  13. Vish, Callie parece estar em uma enrascada e tanto. Logo quando li que ela só ia pedindo mais e mais favores ao "amigo", imaginei que isso não daria certo. Sabia que tinha um envolvimento maior dos dois, adoro ler essas reviravoltas dos casais! Achei as frases que você retirou do livro muito intensas, amo isso também. E que capa é essa?? Achei bem bonita, mas me passou uma sensação de que a história seria mais sombria, o que, apesar de todas essas criaturas diferentes e o mistério, não foi o que mais senti que o livro retratava lendo sua resenha. Posso ter entendido errado, mas a personagem me passou a sensação de solidão (mesmo sendo forte e poderosa), então foi o que passei a associar com a capa depois de ler a resenha, um bichinho encolhidinho se protegendo. Fiquei com MUITA vontade de ler, coloquei na lista e confesso que eu também não ligo de focarem mais no romance, pois é minha parte preferida hahah

    Beijos,
    Amanda Almeida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda! A obra deveria ser mais sombria mesmo, mas é só no segundo livro que a autora vai ficar nisso, e trazer algo mais do tipo. A Callie realmente é solitária e é por isso que ela faz amizade com o Negociador sabe? É a única companhia que ela tem hahaha eu tô louca pelo segundo!

      Excluir
  14. Olá Miriã!
    Adoro fantasias, por isso esse livro me chamou muito a atenção! Acho tão maravilhoso quando os autores criam universos tão ricos que tem mapas, dialeto próprio e até glossário. Essa com sereis foi uma baita novidade, ainda não conhecia. O fato da protagonista ser mais madura é bem bacana. Fiquei curiosa sobre essa "praga" que abate os guerreiros e também pra saber o que abalou a amizade de Callie e O Rei da Noite, que com esse nome não podia ser menos que misterioso, né? Já foram lançados todos os livro? Vou procurar saber mais sobre a série.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Olá! Caramba que esse enredo me fisgou! Definitivamente é o tipo de leitura que eu amo, aqueles personagens “humanos” em meio a fantasia são sempre bem-vindo! Mas fiquei na dúvida, já temos todos os livros publicados? Porque parece ser aquele tipo de história que o melhor é esperar para ter todas as partes e não pirar de ansiedade!

    ResponderExcluir
  16. Ao mesmo tempo que curti a premissa, achei meio confusa com tantos seres convivendo juntos.
    Adoro sereias e curti saber que elas estão no livro, digamos, repaginada. Rsrsr
    Como leio pouca fantasia e tô fugindo das séries não vou add na wishlist

    ResponderExcluir
  17. Oiii ❤ Gostei bastante da premissa do livro, parece uma fantasia bem no estilo das que adoro ler.
    Gostei que Callypso é uma sereia diferente e que vive num mundo onde existem lobisomens, feiticeiras e tudo mais, além de existir o outro mundo.
    Nossa, estou muito curiosa pra saber porquê os guerreiros e guerreiras estão sumindo e porque a amizade entre Cassie e Des foi quebrada.
    Bom saber que essa é uma fantasia mais adulta, já que ultimamente prefiro livros mais nesse estilo.
    Obrigada pela indicação, por causa da sua resenha estou louca pra ler esse livro ❤
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Olá! Adorei sua resenha e já estou morrendo de curiosidade para conhecer essa história, principalmente por se tratar de uma fantasia NA.
    Gostei que a autora trabalhou bastante o relacionamento dos protagonistas, deixando os mistérios mais para o final e para os outros livros, por se tratar de uma série acho que essa escolha da autora vai funcionar muito bem.
    Estou curiosa para conhecer Callie e Des e seu passado, que parece ser bem construído.
    Obrigada pela indicação! Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Que massa!! Eu amo livros de fantasias, e esse lance de mundos e reinos me atrai demais. Eu amei a capa do livro, por conter esse tom sombrio. Além disso, o mistério que ronda o livro é genial, me parece ser daqueles que você nao sossega até descobrir o desfecho de tudo!!

    ResponderExcluir
  20. Oiiii miii!
    Mas que livro incrível!
    Fiquei com muita vontade de ler, ainda mais sendo bem fantasioso, tendo a mistura sobrenatural! Já vou até anota na listinha!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  21. Faz um bom tempo que não leio fantasia, mas fiquei bem curiosa para saber mais sobre o universo que a autora criou e sobre esse mistério envolvendo os guerreiros. Mas o que me chamou mesmo a atenção foi que o livro é uma fantasia NA e não YA (que é o que estou acostumada a ler).
    O único problema é que não achei o livro em português haha

    ResponderExcluir
  22. Oii,
    Bem interessante toda a mitologia da trama. Diferente e bem original, gostei demais.
    O Des parece ser marrento no começo e depois vira crush kkkkkk
    Vou ler!
    Bjs

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤
Comentários PLAGIADOS NÃO SERÃO ACEITOS!

Capítulo Treze © . Theme by STS.