The Dare - Elle Kennedy | Resenha

College was supposed to be my chance to get over my ugly-duckling complex and spread my wings. Instead, I wound up in a sorority full of mean girls. I already have a hard time fitting in, so when my Kappa Chi sisters issue the challenge, I can’t say no. The dare: seduce the hottest new hockey player in the junior class.
Conor Edwards is a regular at Greek Row parties… and in Greek Row sorority beds. He’s the one you fall for before you learn that guys like him don’t give girls like me a second glance. Except Mr. Popular throws me for a loop - rather than laughing in my face, he does me a solid by letting me take him upstairs to pretend we’re getting busy.
Even crazier, now he wants to keep pretending. Turns out Conor loves games, and he thinks it’s fun to pull the wool over my frenemies’ eyes. But resisting his easy charm and surfer-boy hotness is darn near impossible. Though I’m realizing there’s much more to Conor’s story than his fan club can see.
And the longer this silly ruse goes on, the greater the danger of it all blowing up in my face.
The Dare é o último volume da série Briar U e entrega a história de Conor Edwards, mais um astro do hóquei da faculdade de Briar. 

Conor está cansado de todas as garotas que ficam com ele como se ele fosse um troféu. Esse vai e vem de mulheres em sua vida deixou de ser algo legal e se tornou algo incômodo. É por isso que ele acha tão interessante quando Taylor Marsh vem em sua direção em uma festa dizendo que só quer levá-lo para um quarto, não para fazer sexo, mas para fingir que ESTÃO transando. 

Taylor é uma garota de fraternidade que tem constantemente uma dor na bunda chamada Abigail. Desde um desentendimento entre elas, a vice-presidente da Kappa Chi procura todos os momentos para tentar humilhá-la ou envergonhá-la. E um desses momentos é justamente quando na festa que estão dando, Abigail a desafia a seduzir um garoto e levá-lo para o quarto de cima. Mas não qualquer um, e sim Conor Edwards, o deus do hóquei e o mais galinha dos garotos.
Eu te desafio a seduzir Conor Edwards.
Apesar da estranheza da situação, Taylor e Conor passam algum tempo dentro do quarto conversando e se conhecendo melhor. Conor se mostra bem diferente do que Taylor imaginou, mais divertido e legal, ao invés de canalha, e Taylor aparenta ser mais interessante do que inicialmente quis parecer.
Taylor Marsh não tem ideia de como ela é legal, e isso é uma pena.
A amizade improvável que nasceu ali faz com que ambos acabem se reencontrando em oura situação semelhante, e Conor tem a brilhante ideia de fingir que ele e Taylor são namorados exclusivos. Assim ela se livraria das constantes implicâncias de Abigail e seus olhares maldosos, e Conor daria um tempo das fodas sem compromissos. Mas ele não perderá tempo em tentar seduzi-la, mas será que Taylor deixará suas inseguranças para trás e se deixará levar neste jogo?
A culpa tem um jeito de pressionar você até que você faça qualquer coisa para escapar.
Eu sei que fui um garoto malvado no passado. Mas não quero ser esse cara com você. 
Eu estava extremamente animada com o lançamento de The Dare e graças a Deus (ou a uma tal de Elle Kennedy) que todas as minhas expectativas foram atendidas. Conor foi um personagem que foi ganhando destaque e visibilidade ao longo dos outros livros da série, tendo mais aparecido em The Risk e agora enfim temos sua história sendo contada.

Apesar do que faz parecer, Conor não é um garoto 100% despreocupado e tranquilão. O fato de ter saído da pobreza e agora estar se relacionando com garotos ricos em uma universidade em que nem em seus maiores sonhos ele poderia pagar, faz com que ele se sinta uma farsa. Suas inseguranças são alimentadas quando um amigo do passado surge colocando tudo o que ele construiu à prova. O fato de Conor não ser perfeitinho e sim, ter seus problemas internos, fez com que me apaixonasse mais ainda pelo personagem. Além disso, mesmo em seus piores momentos, ele consegue ser divertido e faz todos à sua volta se sentirem bem consigo mesmos, incluindo Taylor. O fato dele sempre tentar levantar o astral dela e mostrar que ela não precisa se sentir inferior por causa de suas inseguranças em relação a ele é muito legal e mostra o quanto o personagem foi bem construído e feito para nós amarmos!
Há mais por trás dessa máscara, uma profundidade fascinante. Estou ficando cada vez mais ansioso em explorá-la.
Eu não preciso que ela aprove, apenas que aceite, e tenho a sensação de que ela gosta de mim pelo que eu sou. 
Taylor é uma coisinha que eu queria guardar num pote. Ela é engraçada, divertida e maravilhosa, além de ser uma fofa mas também tem sua cota de inseguranças por conta do próprio corpo. Taylor é gorda e o fato de ter seios grandes e celulites a incomoda ao ponto de se inferiorizar ao se comparar com outras garotas, e estar sempre fazendo dietas ou usando roupas mais largas. Isso também é um dos motivos que a fizeram não perder a virgindade. É claro que existe toda a questão do "momento certo" mas fica óbvio o quanto a personagem tem medo de ficar nua na frente de um cara. E Conor vai trabalhando lentamente esses problemas de autoconsciência que ela tem, sendo doce mas também implacável ao tentar fazê-la enxergar suas qualidades.
Porque Conor Edwards é absolutamente o cara por quem você se apaixona antes de aprender que as garotas como eu não ficam com caras como ele.
A escrita da Elle é uma coisa... tudo o que ela escreve é gostoso de acompanhar e a leitura flui como nunca. Não sei que vodu ela usa mas queria kkkkkkk Eu amei os personagens, o trabalho que a autora fez desenvolvendo eles e seus problemas. Os diálogos são sarcásticos e o livro todo é extremamente engraçado, eu morri de rir com os diálogos que Taylor e Conor tinham. Além disso a autora traz uma questão muito legal, apesar de não ter sido muito trabalhada e só aparecer no final da obra. Mesmo assim The Dare foi um livro gostoso, que fechou com potencial toda a série e que me fez sentir órfã desses jogadores de hóquei que eu tanto amo.

Briar U #4 | 409 páginas | Editora Elle Kennedy Inc. | Nota: 5/5

23 comentários

  1. Mi do céu eu não lembro do Connor em Amores Improváveis rsrsrs!
    Ainda não consegui ler os da Briar U.
    O que mais gosto na escrita da Elle é que ela vai além do clichê.
    No caso de The Dare... podia ser só mais um livro do cara popular com a menina comum mas ela vai além...coloca algo a mais e é claro cria os Boys mais fofos

    ResponderExcluir
  2. Oiii ❤ Tenho tanta vontade de ler os livros da Elle Kennedy, já que todo mundo sempre elogia a escrita dela.
    Bom saber que a escrita é fluida, gosto quando é assim, pois a história não fica cansativa.
    Gostei de termos dois protagonistas maravilhosos na trama, parece muito legal ir acompanhando seu romance ser construído.
    Gostei também que os personagens enxergam um ao outro como realmente são e que Conor vai ajudando Taylor a superar suas inseguranças.
    Com certeza quero ler esse livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Mi,
    Estou tão empolgada para ler a série, mas não quero que acabe, como faz? rs
    Meu próximo é The Risk, estou enrolando, mas de Julho não passa, rs.
    Gosto do Conor e acho que vai ser um boa experiência par a mim também!
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. "Vem pro quarto e vamos fingir transar" AHUSHAUHSUAHSUA Gente, que premissa maravilhosa é essa? Melhor do que namoro e casamento por contrato, já finge uma transa direto, hahaha.
    Sua resenha só me fez querer conhecer a série toda Mika, inclusive, já havia lido resenhas dos livros anteriores, o problema é que aparentemente a série não foi traduzida para o português e eu realmente não consigo ter uma boa experiência lendo livros em inglês, ou seja, estou torcendo por uma tradução.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leslie. Todos os livros da primeira série e dessa já foram lançados aqui pela editora Paralela, o último que falta é The Dare porque foi lançado agora em junho já grings. Mas eles ainda vão fazer a tradução esse ano!

      Excluir
  5. Olá,
    A escrita da Elle é sensacional mesmo. Li somente Amores improváveis e adorei os livros e os personagens. Quero muito ler essa série. Aliás, adorei a resenha, parece ser uma delícia.

    Beijo!
    www.amorpelaspaginas.com

    ResponderExcluir
  6. Miriã, estou tão empolgada par ler esse livro, as expectativas estão lá em cima, mais ainda depois de saber que você gostou tanto!! Mas já tô morrendo de saudade desses personagens, sou completamente apaixonada por todos os livros dessa série. Espero que a Elle kennedy continue nos presenteando com histórias tão boas.

    ResponderExcluir
  7. Olá Miriã!
    A escrita de Elle Kennedy é bem viciante mesmo, né? Mesmo que a trama não possua nada de mais, a autora consegue prender nossa atenção e nos fazer se importar com os protagonistas. E certamente o mair acerto deste livro é a questão do bodyshaming que é abordada em relação à Taylor. A insegurança corporal é um tema que nunca deixa de ser relevante, e o fato de Kennedy introduzir o assunto em um livro desse gênero é bem interessante e torna a caracterização da personagem ainda mais profunda.
    Outro que também não deixa a desejar em relação a desenvolvimento é Conor, e seus dramas são trabalhados de forma tão crível e compatível com a história que é muito fácil criar empatia pelo protagonista.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Olá! ♡ Simplesmente adorei essa premissa! Necessito conhecer os livros da Elle Kennedy, todo mundo sempre fala tão bem da sua escrita e de seus personagens.
    Adorei que a Elle se preocupou em trabalhar bem os protagonistas e seus problemas. Já estou animada para conhecer Taylor e Conor, que parecem ser muito bem construídos, certeza que vou ama-los ♡
    Obrigada pela indicação! Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi Mi, eu adoro a autora e já estou ansiosa pela publicação no Brasil, só espero que não demorem muito. Certeza que vou amar os personagens, inclusive já estou apaixonada por Taylor!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  10. Miriã!
    Já li outros livros da autora que não dessa série e percebo que ela tem melhorado ainda mais o desenvolvimento das personagens e trouxe nesse livro um assunto importante que é o fato de se estar acima do peso, achei sensacional.
    Agora fiquei curiosa por saber se Conor consegue melhorar a auto estima dela ao ponto de ter acesso a sua virgindade.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  11. Olá Miriã!
    Adorei que a protagonista não está enquadrada no padrão de beleza "ideal"!!! Finalmente um livro do gênero que trata sobre isso pois me incomoda muito todos esses personagens perfeitos de corpo escultural, pernas torneadas, cintura fina, etc. Ainda não tive contato com a escrita da autora, mas sempre vejo elogios à sua escrita. Connor parece ser um amorzinho mesmo, sua insegurança em relação a não se encaixar num universo totalmente diferente de sua origem humilde me fizeram ter muita empatia por ele. Espero que o livro seja lançado logo por aqui para que eu possa conferir a série toda.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá,

    Eu amo os livros da Elle! Essa série é muito boa.
    Não li esse livro ainda, mas acho que vou gostar.
    O primeiro pra mim, é o melhor de todos, que é o A conquista.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. ola até que enfim vemos uma autora criativa que traz uma personagem real , chega de trazer mocinhas com o corpo escultural e bla bla bla .quem disse que só essas tem direito a ser retratadas em romances ?está na hora de acabar com isso
    eu sou acima do peso e vejo preconceitos de muitas autoras em relaçao a isso
    tenho os livros anteriores baixados mas ainda não li .quero conhecer a escrita da autora que é tão elogiada .

    ResponderExcluir
  14. Mais um livro da série que eu não li. :(
    Já me imagino criando empatia pelo Conor e querendo pegar pra cuidar haha. O mesmo vale para a Taylor, que parece ser realmente uma fofa. Achei curioso os nomes do casal principal me lembrarem da Taylor Swift <3 e do Conor Kennedy, eles também tiveram um romance. Gostei da premissa do livro!!

    Beijos,
    Amanda Almeida

    ResponderExcluir
  15. Olá! A escrita da Elle é viciante mesmo, ela tem o dom de trazer histórias para lá de amorzinhos, com aquele clichê, que sempre é mais que um clichê! E mesmo já bem saturado de histórias na faculdade, sendo Elle eu não perco (risos)!

    ResponderExcluir
  16. Olá Mii!
    Ok, preciso ler os livros dessa autora! Tenho alguns dela na estante e ainda não li.. Estou imaginado você falando para mim "Leia agoraaaa" pois é.. kkkk
    Adorei a premissa, tem uma trama bem envolvente e a historia não só mostra personagens perfeitos, mas sim que cada um tem seus defeitos e isso eu adorei bastante. Já vou anotar para ler!

    blog: Tempos Literários

    ResponderExcluir
  17. Olá, Miriã.
    Eu ainda não li nenhum livro dessa série, mas como amei Amores Improváveis acredito que vou amar também. E já me identifiquei com a protagonista porque nessa idade passei pelo mesmo que ela. Assim que der vou comprar todos de uma vez.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  18. Oi, oi! Tudo bem?
    Eu nunca li nada da autora, mas tenho muita vontade pois parecem leituras maravilhosas. Qual você indicaria pra alguém que nunca leu nada dela?

    Beijos, blog Mais um Capítulo . ♥

    ResponderExcluir
  19. Fico feliz em saber que o livro tenha alcaçando suas expectativas, isso é tão bom! Eu adorei essa capa rosa com branco, e ela na capa me lembrou muito a Emma Stone haha Além disso, os personagens foi outro fator que eu também gostei, principalmente por conta do desenvolvimento deles, e também por conta da conexão que eles acabam tendo. Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  20. Nunca li nada da Elle, mas tenho muita vontade de tanto que vejo falarem da escrita dela, principalmente das séries Briar U e Amores Improváveis.
    Adoro livros que trazem personagens ainda na faculdade (não sei o motivo mas ok haha), e estou só esperando um oportunidade para ler essas duas séries.
    P.S.: que bom que o Conor não é um babaca como deixa parecer.

    ResponderExcluir
  21. Oii,
    Aii quero demais ler algum livro da autora, pois as resenhas são muitoooo positivas.
    A Taylor parece ser maravilhosa. E adorei ela ser gorda, sem aquele estereótipo de corpo magérrimo. E o Conor parece ser muito fofo e companheiro.
    Daqueles casais super com química mesmo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  22. Não conhecia essa serie a qual este livro pertence, mas só de ler a resenha fiquei com muita vontade de ler o livro, porém vou começar com o primeiro.

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤
Comentários PLAGIADOS NÃO SERÃO ACEITOS!

Capítulo Treze. Design by Berenica Designs.