Últimos posts

O melhor acidente - Josiane Veiga | Resenha

Você vai ser pai."
Uma única frase capaz de mudar todo o meu mundo.
Até então, eu era apenas um advogado com razoável sucesso, que costumava aproveitar a vida de solteiro ao lado de belas mulheres, sem qualquer compromisso ou responsabilidade.
Até ela...
Quando tive o final de semana mais fantástico de minha vida ao lado de Tatiana, sabia que as coisas não estavam encerradas entre nós, mesmo quando retornássemos a nossa cidade.
O que eu não imaginava era que nosso vínculo fosse incluir um bebê.
Bruno Gatti é irmão de Benjamin, protagonista de A melhor escolha, e agora iremos conhecer sua história. Bruno é um solteiro convicto, que não está ansioso para aquietar. E seu jeito de menino despojado é o que mais irrita Tatiana, a melhor amiga e também colega de trabalho de Helena.

Vinda de outra cidade do interior, Tati é trabalhadora e está em busca do seu rumo na vida. Apesar de todas as decepções, ela é muito romântica e está ansiosa para encontrar seu par ideal.

Enquanto isso não acontece, Tati vai aproveitando as oportunidades que a vida lhe dá. Uma delas é a viagem até a Serra que ganhou em uma promoção da rádio da cidade. Tati está ansiosa para conhecer o tal lugar, já que nunca viajara além de Esperança. Mas sua melhor amiga não poderá ir com ela, agora que está prestes a ter o bebê. É por isso que Helena, muito preocupada, pede que Bruno vá em seu lugar fazer companhia a amiga. Afinal, Tati estará sozinha em uma cidade turística e pode ser muito perigoso.

Bruno aceita, sem antes Tati muito estranhar. E esse final de semana juntos reserva muitos momentos inesperados à dois.

Assim que a viagem termina, e embriagados um pelo outro, Bruno e Tati resolvem voltar a se ver, porém escondido, já que Tati ainda não se sente confortável para assumir o que tem para Helena. Mas um acidente pode mudar todas as suas escolhas...
O melhor acidente é a continuação que fecha essa duologia da Josi. Apesar de ter gostado bastante de ambas as obras, eu ainda senti que o livro deu uma calhada no desenvolvimento. Algumas coisas não foram bem trabalhas, mas se tratando de uma obra de pouco mais de 150 páginas, eu consigo relevar. 

Tati é uma personagem divertida, engraçada e muito romântica. A vontade de formar uma família faz com que ela conheça vários caras fracassados pelo caminho, e o fato de ser tão bonita também complica um pouco a forma como eles a enxergam. Apesar das adversidades, o dinheiro curto e a sensação de não saber o que está fazendo da vida, ela é uma garota corajosa e divertida.

Bruno nem fede e nem cheira. Sinceramente achei ele meio apático na história, se comparado com seu irmão. Mas mesmo assim é um bom rapaz, gentil e sensual.

Eu gosto muito da ambientação do livro. Eu nunca fui no Sul, mas a autora faz com que a gente se sinta na serra gaúcha, desfrutando da mesma viagem que os personagens. Com certeza é um lugar que eu quero muito visitar! 

O livro peca em alguns erros de roteiro, mas de modo geral é uma obra curta e boa para curtir o momento. Você lê rapidinho e se encanta com os personagens. Recomendo!

Irmãos Gatti #2 | 184 páginas | Editora Amazon | Nota: 4/5

Comentários

  1. Gostei bastante logo da sinopse viu, onde ficamos curiosos logo de cara.

    Abraço, Yeah! Dream High

    ResponderExcluir
  2. ingriD Figueiredo2.8.20

    Quando eu cliquei na resenha fiquei "ué, ela já não fez antes?" daí lembrei que as capas são quase idênticas hahaha

    Realmente, é aquele tipo de leitura gostosinha em que vc termina os dois numa tarde, e o bom é que não fica dando aqueles flashbacks do livro anterior (o que eu creio ser meio desnecessário) acho que a autora tem um grande talento para isso pois eu adorei os personagens, mas falta se ater mais ao desenvolvimento, não que seja ruuim... mas é algo que dá pra melhorar.

    ResponderExcluir
  3. Essa história de gravidez inesperada acontece bastante na vida real, e contada no livro, percebe-se que na realidade os personagens estavam desenvolvendo uma relação (pelo menos foi o que pareceu para mim). Fiquei com vontade de ler para saber como esta história irá se desenrolar.

    ResponderExcluir
  4. Só pelos dois posts, percebi que A Melhor Escolha tem um quê a mais. Não sei se é a premissa, ou os protagonistas. Mas me interessei mais pelo primeiro livro.
    Curti que a história sai do eixo RJ SP e também da cidade grande
    Vou dar uma olhada na Amazon.

    ResponderExcluir
  5. Eu morro com esses enredos, sério. Só que eu achei a premissa muito parecida com a do primeiro volume, com esse negócio de gravidez e isso com certeza me deixaria meio incomodada. Fica parecendo que a autora não consegue desenvolver outro tipo de história (espero estar errada, né...). Mas concordo com você que esse tipo de história é boa demais pra dar aquela distraída.

    Beijo!
    https://www.roendolivros.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Mi, o livro é curtinho mesmo! Por incrível que pareça, no momento, estou procurando algo mais intenso, mas vou deixar a dica anotada com certeza!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Oie,
    Nunca tinha ouvido falar sobre esse livro mas adorei a premissa e saber que é curtinho, porque livro assim nunca é demais, né? haha
    Vou atrás do primeiro para dar uma chance!

    Beijos,
    Fantasma Literário

    ResponderExcluir
  8. Olá...
    É uma pena o livro ter pecado no roteiro, pois, parece que tinha tudo pra ser uma leitura perfeita. Adorei a premissa da obra, adorei o jeito da protagonista e acho que iria me apegar a ela se lesse o livro.
    Dica anotada!
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Nossa, dois livros com as capas bem parecidas,mas com essa diferença nos enredos e pelo que pude perceber, esse segundo um pouco mais "paradinho" rs
    Mesmo assim, com essas ressalvas, eu como sou a romântica da vez, quero muito conhecer ambos os livros!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  10. O livro parece ser muito bom, apesar dos errinhos. Muito legal saber que se passa aqui no Brasil, também nunca fui ao sul e seria bem legal ler como se estivesse lá, para "conhecer" um pouco do lugar. Já imaginei que o acidente deve ser ela voltando grávida da viagem haha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá,

    Não conheço a escrita da autora, mas já fiquei com vontade de dar uma chance!
    Esse livro parece ser aqueles bem clichês que a gente ama! HAHAHA
    Vou ler sim, mas não sei se leio o primeiro ou se leio logo esse.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oiii Mi

    É uma obra curtinha, acho que vale a pena para conhecer a escrita da autora, eu não conhecia a Josiane Vega. Adorei a ambientação do Sul, apesar de ser gaucha nunca fui visitar a serra acredita, é que moro do outro lado do estado, mas ainda pretendo viajar todo o RS e conhecer mais, especialmente Gramado que minha mãe adorou.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  13. Oi, Mi!

    Não conhecia esses livros e me deu vontade de ler essa duologia (pelo menos o primeiro, já que você disse que o mocinho desse daqui não é tão agradável, rs). Vou ver se leio pelo Kindle Unlimited.
    Amei o post!

    https://luibee.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia o livro, mas parece uma leitura leve e rapidinha!
    Não é simples sintetizar tudo em poucas páginas mesmo mas achei a premissa muito boa!
    Beijoss, Blog Seja Agridoce ♥️♥️♥️

    ResponderExcluir
  15. Olá, Miriã.
    Cada vez que leio alguma resenha sua de livros que tem no KU minha vontade é de correr lá e assinar o programa de novo, mesmo pagando o preço normal hehe. Mas estou me segurando na esperança de aparecer alguma promoção hehe. Eu gosto desses livros mais curtos para ler depois de uma leitura mais pesada, mas como tem poucas páginas não dá para aprofundar muito mesmo não.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  16. Adorei o "nem fede nem cheira". Tem uns personagens que só assim mesmo que rola definir.
    Eu ia na Serra Gaucha esse ano mas a pandemia tombou meus planos.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  17. Miriã!
    Adoro quando nossos autores nacionais ambientam suas histórias em alguma parte do nosso Brasil, assim podemos conhecer mais um pouquinho de lugares que nunca foram.
    Um perotagonista masculino que não fede nem cheira, para mim é triste, ainda mais com a promessa de uma final de semana intenso como deve ter sido o deles.
    Ainda assim, como falou, para um romance de 150 páginas, foi bonzinho, né?
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  18. Oi, Mi! Tudo bom?
    Eita que tá em alta romances com bebês ou gravidez, né? Só vejo isso quando passeio pela Amazon!
    Não teve nada muito chamativo na história pra eu ler, mas gostei da ambientação na serra gaúcha!

    Beijos, Nizz.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  19. Como falei na resenha do livro A Melhor Escolha, raramente eu curto ler livros nesse estilo. Mas me parece seguir a narrativa do livro anterior da duologia, sendo ela simples e com uma narração sem parecer cansativa. Eu acredito que, para quem gosta, o fato do livro ter apenas 150 páginas dá aquele gostinho de quero mais.

    ResponderExcluir
  20. ola
    um romance bem cliche naõ é mesmo ? mas se for bem escrito é otimo para passar o tempo
    dica anotada ,mesmo com esses pontos negativos que voce resenhou quero assim que tiver oportunidade conhecer a escrita da autora

    ResponderExcluir
  21. Oi!
    O título é interessante, atrai o leitor!
    Esse livro parece ser aqueles que cura a ressaca, para distrair de outras leituras tensas.
    Assim que tiver chance lerei, beijos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤
Comentários PLAGIADOS NÃO SERÃO ACEITOS!

Form for Contact Page (Do not remove)