Milagre na 5ª Avenida - Sarah Morgan | Resenha

O amor chega para todos ― seja sonhando com ele ou fugindo o máximo que pode. Após Amor em Manhattan e Pôr do Sol no Central Park, Sarah Morgan volta com outra história que vai fazer você suspirar.Eva Jordan ama tudo que envolve o Natal. Romântica incurável, ela passará as festas sozinha esse ano, mas nada destrói sua fé inabalável no amor e nas coisas boas da vida. Quando ela tem a oportunidade de decorar a casa de um escritor rico e famoso na 5ª Avenida, aceita sem pensar duas vezes. O que Eva não esperava, no entanto, é que a casa estaria ocupada por seu recluso ― e misterioso ― dono. Lucas Blade é especialista em escrever cenas aterrorizantes, mas é o Natal que está sendo seu maior pesadelo. Há poucas semanas do prazo final de entrega de seu próximo livro, ele ainda não tem uma história ― nem mesmo um personagem principal! Além disso, o aniversário da morte de sua esposa está chegando, o que o deixa imerso em uma névoa carregada de dor e luto. Eva vive em seu planeta particular e Lucas em um mundo de dor e desconfiança. O que a vida mostra a eles é que duas pessoas diferentes podem ter mais em comum do que imaginam ― incluindo uma atração inegável um pelo outro.

Milagre na 5ª avenida é o terceiro volume da série Para Nova York, com amor e vai contar a história da Eva. Eva é aquela personagem romântica, que sonha com o amor e que não vai descansar até conseguir isso. Às vezes isso a torna uma sonhadora (e talvez iludida?), mas é a forma que Eva escolheu viver, ainda mais sendo criada pela presença perseverante da avó, que sempre foi uma mulher que viu as coisas boas na vida e acreditava que Eva deveria ser assim também.


Mas agora as coisas estão um pouco estremecidas para ela. Após a morte da avó, se sentir constantemente feliz está sendo bem difícil para a doce Eva, ainda mais na época do Natal, que sempre foi um feriado que ambos comemoravam juntas.


É por isso que ela aceita o máximo de trabalho possível na Gênio Urbano, assim ela poderá se distrair da dor. E um desses trabalhos é cozinhar e decorar a casa do neto de uma de suas clientes para o Natal.


Aproveitando que Lucas Blade, o famoso escritor de suspense, está em Vermont terminando seu próximo livro, Eva se dirige para o apartamento dele em Manhattan. Mas ao chegar lá, descobre que na verdade Lucas sequer saiu de casa. O taciturno escritor está lidando com um bloqueio criativo daqueles, e agora a presença de Eva pode piorar mais ainda o humor do rapaz. Mas Eva está lá para fazer um trabalho a qual foi contratada e não irá sair até conseguir termina-lo, só que conviver com Lucas talvez não seja a melhor opção.

Esse livro foi uma obra bem gostosinha de ler, daquelas que a gente necessita para sair de uma ressaca literária ou para se sentir em um filminho de Sessão da Tarde. Apesar de não ter gostado muito do primeiro, o segundo não ter lido, eu queria muito saber a história da Eva porque foi a personagem que mais gostei. Paige era muito racional e Frankie muito cínica para o meu gosto, e foi a personalidade romântica de Eva que realmente me cativou, e que bom que dei uma chance para sua história porque foi uma leitura leve e sensual.


Eva é uma personagem doce, sonhadora, que acredita cegamente na bondade das pessoas. Ela é um raio de sol na vida dos outros, sempre se preocupando com o próximo e se colocando em segundo lugar. E ela é assim em absolutamente todas as áreas de sua vida. Apesar de ter motivos para ser egoísta em alguns momentos, ela não é, não perde sua essência em nenhum momento e por isso é tão fácil gostar dela.


Lucas é o completo oposto. Viúvo há três anos, ele sofre bastante na época do Natal devido à morte da esposa ter sido próximo a data, e agora tendo que lidar com um bloqueio criativo, o humor fica pior ainda. Tudo o que Eva gosta e acredita, ele abomina. O fato é que a desilusão amorosa que Lucas sofreu acabou o tornando um homem cínico, e até conseguir Eva entrar na casca dura que ele criou, demora muito.


O plot não é lá essas coisas. Na verdade, o livro é simples, uma ideia já batida, que não nos impressiona. Mas nem por isso é gostoso de ler. É um livro romântico, leve e fácil e que cai bem em qualquer momento, o que compensa a falta de surpresas no enredo.


Minha primeira experiência com a escrita da Sarah não foi tão impressionante, mas senti que ela desenvolveu bastante sua narrativa, trazendo personagens mais carismáticos e gostosos de acompanhar. E por isso quero ler o próximo livro da série e tô torcendo muito para que seja uma leitura proveitosa tanto quanto essa. Recomendo!


Para Nova York, com amor #3 | 320 páginas | Editora Harlequin Brasil | Nota: 4/5


18 comentários

  1. Sou doida para ler essa série e mesmo não tendo lido os livros anteriores, acho que dá para ler esse terceiro de boa!
    Eu ando precisando muito mergulhar num romance leve e os livros da autora sempre são uma boa pedida!
    Espero de coração, ler todos!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mi! Tudo bom?
    Das 3, a Frankie ainda foi minha favorita - mas a Bibs desgostou mais do livro dela então fiquei triste porque nossas opiniões geralmente batem - mas eu adooooro a Eva. Ela é uma fofurinha!
    Tô ansiosa pra avançar logo nessa série, aproveitei o Prime day pra comprar tudo que faltava.

    Beijos, Nizz.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho uma amiga que é maluca por essa série... Inclusive tem resenha dos primeiros volumes lá no blog por causa dela, rs.
    Acho que de forma geral essa série é bem clichê, né? Pelo que me lembro, nenhum dos livros tem um plot realmente impressionante. Mas às vezes isso nem faz falta, concordo com você.
    Imagino que a Eva sofra bastante por causa da personalidade. Tadinha... Já diria o ditado, "são tempos difíceis para os sonhadores". hahaha

    Beijo!
    https://www.roendolivros.com.br

    ResponderExcluir
  4. Ai que sinopse fofinha! Já imaginamos tudo que vai acontecer? SIM! Isso me incomoda? NÃO! HAHAHAHA eu amooo clichês, e esse bônus do natal é maravilhoso ne? Adoro séries assim, com livros contando história de cada casal, e sua nota foi excelente! Já fiquei curiosa :)

    ResponderExcluir
  5. Oi, Miriã
    Tenho vontade de ler essa série, até agora são 4 livros. Vai ter mais, além desses 4?
    Lucas ficou recluso e amargurado pela perda da esposa e sua personalidade fica em contraste com a alegre e sonhadora Eva. Parece que Eva teve muito trabalho para conseguir decorar a casa.
    Mesmo não tendo aquele plot que adoramos, esse é um livro bem clichê e leve para intercalar com leituras tensas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá! Ahhh que eu ameio esse livro, a vontade de ler era tanta que eu comecei por ele (risos) e não me arrependi a história é tão lindinha, digna de filme da sessão da tarde mesmo. E a Eva para lá de apaixonante me diverti demais nas interações dela com nosso mocinho, principalmente por conta do livro que estava sendo escrito.

    ResponderExcluir
  7. Miriã!
    Por vezes é bom ler um livro com plot sem grandes novidades, mas que traz um conflito pessoal que atrapalha o relacionamento, ao mesmo tempo que mostra o quanto pessoas diferentes podem ter um relacionamento romântico, ainda mais com uma protagonista tão doce.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  8. Aff que eu to só enrolando pra ler essa série. Inclusive eu iludida achando que seriam somente 4 livros e na verdade são seis..
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  9. Ai, esses livros que se passam em Nova York são tudo! Mesmo sendo um clichê, gosto muito dessas leituras leves e gostosas. Adorei a indicação.

    ResponderExcluir
  10. Oi, Mi!
    Sou suspeita em falar, mas amo essas leituras mais clichêzinhas e leves. Mesmo sendo parte de uma série - eu fujo de séries! - leria com certeza :D

    Estante Bibliográfica

    ResponderExcluir
  11. Oi!

    Adoro ler livros estilo Sessão da Tarde para distrair, pois mesmo com todos os clichês, as histórias são leves e fofinhas.
    Ótima dica.

    Beijocas.
    https://artesaliteraria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi Mika!
    Aquele clichê batido mas que mesmo assim proporciona bons momentos e risadas, além de aquecer o coração.

    ResponderExcluir
  13. Oii
    Amei sua resenha, não conhecia a série, mas realmente tem aquele gostinho de sessão da tarde.
    Beijos!!
    https://deliriosdeumaliteraria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Oi Mi, eu tenho muita vontade de ler essa série, é o estilo que eu gosto bastante! Mas de todos, o que eu acho mais interesse é justamente esse! <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  15. OLA
    Que bom que curtiu a estoria mesmo sem grandes reviravoltas ,mas o importante é que o saldo final foi positiv
    conheço essa autora por causa dos romances de banca quero ler sim e conhecer esse casal que parece tão opostos mas que mesmo assim se completam

    ResponderExcluir
  16. Olá, Miriã.
    Eu gostei bastante desse livro, mas meu favorito dos três ainda é o segundo. Eu como romântica que sou estava louca pela história da Eva e não me decepcionei. Espero que os outros da série sigam no mesmo ritmo.

    Prefácio

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤
Comentários PLAGIADOS NÃO SERÃO ACEITOS!

Capítulo Treze © . Theme by STS.