O garoto que tinha asas - Raíza Varella | Resenha

Depois do conto de fadas protagonizado por Bárbara e Ian em O Garoto dos Olhos Azuis chegou a hora de conhecermos a história de outro casal encantado. Augusto Bittencourt, vulgo Monstro, é um renomado médico, dono de uma carreira sólida e do hábito de dispensar uma mulher atrás da outra sem piedade. Nunca se apaixonou e não acredita que um dia irá encontrar uma mulher interessante o suficiente para mudar esse fato. Mas o destino parecia pensar diferente, em uma madrugada fria ele presencia um terrível acidente de carro e conhece a garota sem nome. Uma garota que há muito tempo não sabe o que é ter um lar, se sentir segura e não precisar fugir de ninguém até que, em meio aos destroços, ela vê alguém correr em sua direção, um garoto que ela poderia jurar ter asas. Embora Augusto esteja muito longe de se parecer com um anjo, ele acaba por salvar a sua vida. Pela primeira vez, o médico de pouco humor e muito caráter terá que enfrentar e ir contra todos os seus princípios para cumprir uma promessa que não deveria ter feito e de quebra, quem sabe, se apaixonar. Em O Garoto que tinha Asas vamos descobrir se o príncipe encantado realmente vem montado em um cavalo branco ou se sua cor é o que menos importa em meio a uma singela releitura de A Bela e a Fera.
Chick-lit, romance | 408 páginas | Publicação Independente 

Augusto Bittencourt, mais conhecido como Monstro, é o irmão mais velho e médico da família. Além de um ótimo cardiologista, ele é mulherengo e farrista, além de não acreditar em todas as baboseiras do amor. (Um clichê completo, eu sei!). O fato de sua irmã ser casada com Ian, seu melhor amigo, é algo que ele ainda tem que digerir ás vezes, ainda mais porque Ian assumiu completamente Valentina, sua sobrinha, como filha, algo que ele também não entende já que ela é filha de outro homem.

Voltando para casa depois de uma conferência, ele acaba presenciando um terrível acidente. Um homem deliberadamente chocou seu carro com o de outra garota, fazendo esta bater em uma árvore. Assim que consegue ver o estado dela, ele chama uma ambulância e enquanto ela não chega, repara na garota de cabelos e olhos negros que lhe faz um pedido: cuidar do garoto que está no banco de trás, e que praticamente saiu ileso.
No calor do momento Augusto promete que irá cuidar sim, o problema é que ele simplesmente detesta crianças, e o estado da garota sem nome além de muito grave é incerto. Ela pode vir falecer e aí sim Augusto não saberia o que fazer com o garoto. Ele poderia chamar a polícia! Mas a garota deixou bem claro que a polícia não poderia saber. Ou seja, ela está fugindo de algo, ou alguém, e o pior é que Augusto acabou parando em uma roubada.

Livros que eu amei mas que pouco lembro do enredo

Acho que a pior coisa que pode acontecer com um leitor além de ler livro ruim ou se decepcionar com alguma obra é acabar esquecendo do enredo de um livro, e eu confesso, acontece muito isso comigo. Talvez porque eu tenha lido o livro há séculos ou porque mesmo tendo amado a história na época, ela não tenha me impactado para toda a vida, o fato é que tem histórias que eu realmente amei mas que eu pouco lembro o final ou o nome dos personagens. Simplesmente esqueci! E cara, não me julguem por isso porque eu acho que acontece com todo mundo. Esse post é pra compartilhar com vocês algum dos livros que eu realmente amei quando li, mas que se eu não ler a sinopse de novo, não faço ideia do que o enredo queria abordar. Então vamos lá!

Cartas secretas jamais enviadas - Emily Trunko | Resenha

Você já desejou poder voltar no tempo e dar conselhos para si mesmo? Já quis ter coragem de falar como é forte o amor que sente por alguém? Alguma vez já se perguntou por que uma pessoa importante na sua vida parou de falar com você? A partir de contribuições anônimas, Emily Trunko reuniu nesta coletânea cartas que revelam segredos profundos de quem as escreveu. Afinal, muitas vezes o único jeito de lidar com nossos sentimentos mais intensos — seja um amor incondicional ou uma perda irreparável — é botando tudo no papel. A leitura destas cartas nos permite mergulhar na vida de seus remetentes e, ao mesmo tempo, redescobrir nossa própria história e perceber que, mesmo nos piores momentos, não estamos sozinhos.
Não-ficção | 200 páginas | Editora Seguinte | Livro cedido pela editora 

Cartas secretas jamais enviadas é uma antologia organizada por Emily Trunko, uma garota de apenas dezesseis anos que através de seu Tumblr, Dear My Blank, conseguiu mobilizar várias pessoas do mundo inteiro a compartilhar seus relatos, mensagens e histórias de vida. A premissa segue a mesma que Últimas mensagens recebidas, mas desta vez iremos falar de cartas, estas que jamais foram enviadas a seus respectivos destinatários.
É um livro impactante, que mais uma vez consegue mexer com o emocional do leitor. São cartas reais, puras e que expressam todos os tipos de sentimentos: amor, sofrimento, dor, luta, superação, recomeço.

O mais interessante é que o leitor se coloca no lugar de quem está escrevendo, o remetente que muitas vezes não tem coragem de dizer quem é, mas que através das palavras consegue expressar tudo aquilo que está engasgado para falar. 
Queridas pessoas LGBT+,
Vocês são amadas, vocês
são amadas, vocês são amadas.
Por favor, não deixem que o ódio
desse mundo as faça acreditar que
não são dignas ou merecedoras de amor.
Não deixem que rejeitem suas identidades.
Não há mais nada a ser dito.
Vocês são amadas.
Vocês são importantes.
Vocês são dignas.
-D

Contra todas as probabilidades do amor - Rebekah Crane | Resenha


Sejam bem-vindos ao acampamento Pádua. Um retiro de verão para adolescentes problemáticos. Mas não se tratam de problemas comuns, como não querer estudar, mentir ou colar na prova. Não! Estamos falando de problemas reais. Alguns deles tão grandes, tão sérios, que até um adulto desmoronaria sob o peso deles. No acampamento, Zander, uma garota enviada pelos pais contra a sua vontade, encontra uma série de adolescentes na mesma situação, e com três deles ela estabelece uma relação de amizade — Grover, Alex e Cassie. Todos os quatro são tão diferentes quanto as pessoas podem ser, mas têm algo em comum — eles estão quebrados por dentro. Em meio às sessões de grupo e, à medida em que o verão dá as caras, os quatro revelam seus trágicos segredos. Zander encontra-se atraída pelos encantos de Grover, e então começa a se perguntar, depois de muito tempo, se pode apostar em ser feliz novamente.Mas, antes, ela precisa lidar abertamente com seus problemas, para poder juntar seus pedaços e reconstruir sua vida
Você pode pensar que se trata de uma história triste. E há partes duras sim, mas, Rebekah Crane consegue mostrar como na dificuldade podemos encontrar uma saída. Isso é uma das coisas que faz o livro completamente encantador, divertido e doce, capaz de deixar em você um grande sorriso no rosto.
Jovem adulto | 240 páginas | Editora Faro Editorial 

Zander é a mais nova integrante do Acampamento Pádua, um lugar indicado para aqueles que tem alguma instabilidade mental ou emocional. E ela é só mais uma em meio a tanta gente com problemas por lá. Mas por que uma garota popular, que namora um jogador de futebol da escola, estaria ali? O que Zander está realmente escondendo?

Em meio a sessões de terapia em grupo e atividades extracurriculares, a garota irá conhecer Grover, Cassie e Alex. Grover tem um pai esquizofrênico e suas chances de se tornar um também são de 1 entre 10 pessoas. O medo dele é tão grande de perder a noção entre real e ilusão que ele mesmo se matricula no acampamento para lidar com seus demônios. Cassie é uma garota anoréxica, bipolar e maníaco-depressiva, muito difícil de lidar e de pavio curto, e Alex é um mentiroso compulsivo, o que deixa todo mundo confuso a respeito do que ele fala ser verdade ou não.
Enquanto eles precisam lidar com a convivência em grupo, também precisam aprender seis lições especiais que movem o Acampamento Pádua:
  1. Conhecer a si mesmo;
  2. Trabalho em equipe;
  3. Lealdade;
  4. Coragem;
  5. Perseverança;
  6. Esperança,
É a partir desses arcos da história que iremos nos mover ao redor de Zover e seus pseudo-improváveis-amigos, ao mesmo tempo que vamos descobrindo mais sobre cada um.

Feito para você - Samantha Chase | Resenha

O segundo volume da série Montgomery Brothers apresenta Summer, a caçula da família, em um romance de aquecer corações e tirar o fôlego... Summer Montgomery quer ser levada a sério pela família no que diz respeito à sua carreira profissional. Não é por que ela já foi fotógrafa, instrutora de ioga, passeadora de cães e guia turístico em Nova York, que não possa ter um cargo corporativo na empresa da família. Contudo, seus irmãos e seu pai pensam o contrário, portanto, ela deverá prova o seu valor e, nesse processo, lidar com os sentimentos por Ethan Reed, o melhor amigo de seu ciumento irmão mais velho. Ethan Reed é considerado quase um integrante da família Montgomery, mas essa proximidade o faz temer a reação do pai e dos irmãos mais velhos de Summer ao assumir seus sentimentos por ela. Ele não quer desapontar seu amigo Zach, nem os Montgomery, então tenta abafar dentro de si tudo o que sente por Summer. No entanto, basta uma noite fora dos olhares super protetores para que o impossível se torne realidade.
Romance | 268 páginas | Editora Universo dos Livros 

Summer Montgomery é a única filha mulher de Robert Montgomery, tendo sido muito protegida por seu pai e seus três irmãos que insistem em tentar controlar sua vida. Sendo um espírito livre, ela nunca parou em emprego algum, mas agora que está mais uma vez desempregada, seu pai e o tio William resolvem dar uma mãozinha e a enviam para o escritório de Portland para trabalhar em qualquer área que tiver mais habilidade, ao lado de seu irmão Zach.

O problema é que Zach não a quer ali e as constantes brigas com sua irmã deixam claro sua opinião. É Ethan Reed, melhor amigo dele e vice-presidente da empresa que consegue apaziguar a maioria das discussões.
Pouco tempo antes de uma viagem a Denali para uma escalada, esta que Zach e Ethan estão há seis meses preparando, Summer acaba sumindo porque não concorda que Zach se coloque em tamanho perigo, afinal, ele machucou a perna seis meses antes e não está cem por cento recuperado. Teimoso e preocupado onde possa estar a irmã mas com medo de se irritar demais e acabar se desconcentrando na escalada, Zach pede para Ethan descobrir onde está Summer e trazê-la de volta.

Tag 5 coisas

Não sei bem como funciona essa tag, só sei que depois que eu vi ela no blog do Queria estar lendo, eu pensei "Cara, preciso fazer!". O fato é: sou geminiana e gosto de falar sobre mim. Se você me conhecer pessoalmente, em um dia inteiro irá descobrir toda a história da minha vida porque eu literalmente NÃO CALO A BOCA. Não é que eu goste do som da minha própria voz, mas é que eu amo conversar e melhor se o assunto for algo que você conhece bem: livros e você mesma. Então copiando a ideia de cara lavada, vou reproduzir aqui a tag com as mesmas modificações que as meninas do QEL fizeram, falar sobre 5 coisas de 5 coisas que eu gosto (vou copiar alguns das meninas também porque pra mim é difícil pensar em categorias), exceto sobre séries porque eu não gosto, não assisto então não teria muita coisa para dizer, né?

Livros que eu gostei no passado mas que hoje não gostaria tanto assim

Eu confesso que sou bem boazinha com as notas que dou aos livros que leio, diferente da Tami do Meu Epílogo que falta massacrar quando um livro não a agrada (brinks, relaxa!). Mas enfim, estou aprendendo com ela e percebi que no passado eu dava nota boa pra livro que não era tudo isso pra mim e então resolvi desabafar e contar pra vocês alguns dos livros que eu fiz exatamente isso e que hoje com certeza eu mudaria minha opinião.

A Mulher Entre Nós - Greer Hendricks e Sarah Pekkanen | Resenha

Um livro de suspense que explora as complexidades do casamento e as verdades perigosas que ignoramos em nome do amor. Aos 37 anos, a recém divorciada Vanessa está no fundo do poço. Deprimida, morando no apartamento de sua tia, ela não tem filhos, dinheiro ou amigos verdadeiros. Ao descobrir que Richard, seu rico e carismático ex-marido, está prestes a se casar de novo, algo dentro de Vanessa se quebra. A partir de agora, sua vida irá revolver em torno de uma única obsessão: impedir esse matrimônio. Custe o que custar. Na superfície, Nellie se parece com qualquer outra jovem bela e sonhadora que veio para Manhattan começar sua tão sonhada vida adulta. Mas a personalidade tranquila que ostenta é apenas uma fachada. Em sua mente, perdura um segredo que a fez fugir de sua cidade natal e que a impede de caminhar em paz quando está sozinha. Ao conhecer Richard – bem sucedido, protetor, o homem dos sonhos – ela finalmente começa a sentir-se segura. Ele promete protegê-la de todos os males, para o resto de sua vida. Mas, de repente, ela começa a receber ligações misteriosas. Fotografias em seu quarto são movidas de lugar. O lenço que ela planejava usar em seu casamento desaparece. Alguém está perseguindo a, alguém quer o seu mal. Mas quem?
Thriller Psicológico | 352 páginas | Editora Paralela   

Vanessa é uma mulher ciumenta que acabou de ser deixada por seu marido por outra mulher mais nova e bonita, bem parecida com ela quando conheceu seu marido. Nossa protagonista sabia do caso de seu marido com outra mulher, mas nunca fez nada para impedir já que pensava que não iria dar em nada.

Após descobrir que seu marido está noivo da outra, ela resolve agir e é capaz de qualquer coisa para impedir que esse casamento aconteça.

No limite da ousadia - Katie McGarry | Resenha


Beth é uma garota durona e tatuada que precisa cuidar da mãe drogada. Quando ela assume um crime para salvar a mãe, seu tio, um rico esportista aposentado, consegue a guarda da sobrinha e a leva para começar uma vida nova na cidadezinha do interior em que ele mora. E assim Beth se vê morando com uma tia que não a quer e frequentando uma escola onde ninguém a compreende. Exceto um único cara, que não poderia ser mais diferente dela...
Ryan é o menino de ouro — um badalado jogador de beisebol, filho de um dos casais mais influentes da cidade. Ele e seus amigos gostam de fazer apostas envolvendo desafios que devem cumprir, e Ryan nunca perde. Por fora o atleta popular que todo mundo adora, ele está prestes a aprender que nem tudo é o que parece.
O que começa como uma aposta se torna uma atração irresistível que nem Beth nem Ryan haviam previsto. Sem se dar conta, o cara perfeito vai arriscar seus sonhos — e sua vida — pela garota que ama. E ela, que não deixa ninguém se aproximar, vai se desafiar a apostar todas as fichas nesse amor.
Com aparições de Noah, Echo e Isaiah, de No limite da atração, este livro conta a história de um amor que vai se construindo aos poucos, num jogo sedutor de vulnerabilidade e confiança.
Jovem adulto | 420 páginas | Editora Verus 

Elisabeth Risk é uma confusão ambulante. A garota de dezessete anos já tem um histórico gigante em problemas, além da família disfuncional que só piora a situação. A mãe alcoólatra e negligente é uma constante de preocupação para a menina, sem contar o namorado dela que vez ou outra quando cansa de bater na mãe, parte pra cima da filha.

Em uma dessas confusões, ela acaba sendo presa ao assumir a culpa pela mãe que está em condicional. Seu tio que resolve ressurgir das cinzas a libera da cadeia, mas acaba ficando com a guarda total de Beth, e exigindo que ela passe a morar com ele e tenha uma nova vida. 

Ryan é o menino de ouro do beisebol além de ser bom aluno, bom amigo e um bom filho. Mas a família perfeita que ele tem aos poucos está se acabando. O irmão mais velho, Mark, acabou indo embora de casa depois de ter dado uma revelação bombástica, que acarretou também no relacionamento conturbado entre os pais. Tudo o que mais o garoto quer é terminar o ensino médio e ir direto pra liga nacional de beisebol, enquanto isso, ele passa o último ano ao lado dos amigos criando e vencendo desafios.

Um dos desafios é conseguir o número da nova garota da escola: Beth Risk. Só que o jeito arredio e perturbado da menina mostra que a tarefa vai ser quase impossível. Enquanto mais os dois tem que conviver na escola, mais Ryan vai se encantando com Beth, porém há segredos obscuros demais que impedem os dois se entregarem. 

Sorteio Promoção Literária

Oi gente! Enfim trouxe mais um sorteio para vocês aqui no blog. Preferi fazer pelo Rafflecopter, assim vocês tem mais chance de ganhar do que lá pelo instagram. Como vou pra Bienal e comprarei muitos livros (em teoria), eu resolvi presentar você que não vai (ou vai, ninguém sabe haha). São três li…

Uma noiva para Winterborne - Lisa Keyplas | Resenha


Rhys Winterborne conquistou uma fortuna incalculável graças a sua ambição ferrenha. Filho de comerciante, ele se acostumou a conseguir exatamente o que quer - nos negócios e em tudo mais.No momento em que conhece a tímida aristocrata lady Helen Ravenel, decide que ela será sua. Se for preciso macular a honra dela para garantir que se case com ele, melhor ainda.Apesar de sua inocência, a sedução perseverante de Rhys desperta em Helen uma intensa e mútua paixão.Só que Rhys tem muitos inimigos que conspiram contra os dois. Além disso, Helen guarda um segredo sombrio que poderá separá-los para sempre. Os riscos ao amor deles são inimagináveis, mas a recompensa é uma vida inteira de felicidade.Com uma trama recheada de diálogos bem-humorados e cenas sensuais e românticas, Uma Noiva Para Winterborne é o segundo volume da coleção Os Ravenels.
Romance de época | 336 páginas | Editora Arqueiro 

Lady Helen Ravenel, a filha mais velha e a mais quieta das irmãs e Rhys Winterborne, o famoso proprietário da maior loja de departamentos do mundo tiveram um breve noivado no primeiro livro Um sedutor sem coração. Mas após ter assustado Helen com um beijo que rendeu muitas lágrimas e um mal entendido, Kathleen, sua cunhada, foi até a loja de Winterborne para desfazer o arranjo.

O problema é que Helen nunca quis isso, na verdade ela está disposta a resolver toda a situação indo desacompanhada conversar com Rhys. Após uma discussão, os dois entram em um acordo: ele casará com ela, mas em troca ela precisa lhe dar sua virtude, pois é o único jeito de Devon, primo de Helen, aceitar o casamento já que Rhys ofendeu Kathleen quando esta foi vê-lo antes.

Após terem feito amor, eles contam a notícia a família e é claro que Devon não aceita muito bem, mesmo assim, resolvem marcar a data do casamento para dali cinco meses. Enquanto isso, a família Ravenel volta ao Priorado Eversby e a distância entre Helen e Winterborne é longa demais para eles suportarem. Mesmo assim eles conseguem seguir as semanas contando os dias para estarem juntos. O problema é que Helen tem um segredo, este qual pode colocar todo seu noivado com Rhys a perder. Será que a melhor escolha seria contar logo ou fingir demência quando ele vier descobrir? Enquanto mais tempo ela demora para decidir, mais perto fica Rhys de descobrir tudo, e talvez já seja tarde demais.

Livros que eu abandonei ao longo da vida

Eu sempre fui desapegada com as coisas, principalmente quando vejo que elas não estão conseguindo realmente me prender, por isso não fico inventando desculpas ou tentando a todo custo ler algum livro que não está me cativando de nenhuma forma. Existem livros ruins sim, mas se a gente sabe que a leitura não vai dar certo, qual a necessidade de ficar tentando engolir ele? Sou super a favor do abandono literário, e até incentivo (sorry!) porque como dizem: A vida é muito curta para ficar perdendo tempo com livro ruim! Não que todos sejam ruins, mas é que ás vezes a leitura realmente não rola, e acho que vocês conseguem me entender. E por isso, vou contar para vocês alguns livros que abandonei durante a minha vida, alguns que eu nem lembrava mais 😂

Últimos comprados de Julho

Oi gente! Eu pensei em esperar até o finalzinho do mês pra fazer um bookhaul, mas com a Bienal chegando, provavelmente não vou comprar mas nenhum livro até lá, então o post passou para hoje. Todos os livros foram comprados nas últimas semanas e eu vou comentar um pouco mais sobre cada um com vocês.

Tag Livros nacionais para todos os gostos

Oi gente! Hoje trouxe uma tag bem curtinha mas muito legal para vocês, principalmente porque ela prestigia os livros nacionais. A tag foi criada pela Mary, do Leituras da Mary e foi feita justamente para indicar livros no mês de Julho, já que é o mês de divulgação da literatura nacional. Vamos espalhar amor por aí, por isso convido você a fazer a tag também.

Músicas bonitas mas que tem uma letra "pesada"

A letra de uma música fala muita coisa sobre ela. Ás vezes ela tem conteúdo, outras não, mas definitivamente as boas músicas cantam sobre dor, amor, desilusão, saudade e vários outros sentimentos e emoções que todo ser humano tem o prazer de viver. Sabe quando a gente escuta uma música e acha ela linda mas quando vai procurar a tradução, vê que a letra é bem hard core? Que fala sobre coisas pesadas ou que tem uma profundidade muito grande? É justamente dessas que iremos conversar hoje.

4 livros adolescentes para você ler

Oi gente! Eu amo YA's ou qualquer livro que tenha uma temática mais adolescente, por isso resolvi indicar alguns livros para vocês lerem. Alguns deles são mais despretensiosos mas com toda certeza trazem uma grande lição em suas páginas.

O contrato - Melanie Moreland | Resenha


Um tirano de dia, um playboy de noite. Essa é a reputação de Richard VanRyan. Ele vive a vida do jeito que quer, sem se preocupar com a opinião dos outros. Ele não se importa com ninguém, é completamente impenitente e não tem vontade de mudar seus modos.Katharine Elliott trabalha para Richard como sua assistente. Ela despreza a ele e seus modos questionáveis, mas aguenta todo o lixo que ele joga em seu caminho, porque ela precisa do trabalho. Seu objetivo final é muito mais importante do que o abuso diário e exige que ela tolere seu chefe tirano e desagradável.
Até o dia em que ele lhe pede algo que ela nunca esperou. Um novo papel com um contrato pessoal - noiva, em vez de assistente.
O que acontece quando duas pessoas que se detestam, têm de viver juntos e agir como se eles estivessem apaixonados?
Faíscas.
Isso é o que acontece.
O poder do amor pode realmente mudar uma pessoa?
Será que eles vão sobreviver ao contrato?
O que você faz quando a pessoa que mais odeia torna-se a única que você não pode viver sem?
Romance | 371 páginas | Editora PandorgA 

Richard Van Ryan é um publicitário muito bem sucedido em seu trabalho. Ele é criativo, inteligente, sexy, rico e bonito, mas tem um enorme defeito: é egoísta, arrogante e um ogro com sua assistente Katharine Elliot. Os dois se desprezam e mesmo Richard agindo como uma filho da puta com ela, pedindo coisas absurdas para ela fazer e sempre a humilhando, ela ainda assim executa seu trabalho perfeitamente, o que o impede de demiti-la, o que é tudo o que ele gostaria.

Até que Richard é passado pra trás no trabalho, perdendo a sociedade que tanto trabalhou para conseguir. Ele então quer se vingar de seu chefe e o melhor jeito de fazer isso é indo trabalhar para outra agência concorrente, o Grupo Garvin. O problema é que Graham, o dono da empresa, nunca aceitaria trabalhar com o tipo de Richard, um playboy mulherengo. Ele dá valor a família fora e dentro do trabalho.

Para contornar isso, Richard impõe que sua assistente passe por sua noiva. A princípio ela não aceita a ideia mas há muito mais em seu passado que a faz aceitar. O contrato valeria por apenas três meses, mas Graham e sua família se mostram tão impressionados com o novo casal, principalmente com Katherine que é um amor de pessoa, que eles acabam se casando de verdade e estendendo o prazo para um ano. 

Amor em Manhattan - Sarah Morgan | Resenha

Um romance brilhante sobre três amigas que decidem abraçar a vida – e o amor – em Nova York. Calma, competente e organizada, Paige Walker adora um desafio. Depois de passar a infância em hospitais, ela quer mais do que tudo provar seu valor – e que lugar pode ser melhor para começar sua grande aventura do que Nova York? Mas quando ela perde seu emprego dos sonhos, Paige vai descobrir que o maior desafio será ser sua própria chefe! Só que abrir sua própria empresa de organização de eventos e concierge não é nada comparado a esconder sua paixonite por Jake Romano, o melhor amigo do seu irmão e o solteiro mais cobiçado de Manhattan. Mas quando Jake faz uma excelente proposta para a empresa de Paige, a química entre eles acaba se tornando incontrolável. Será que é possível convencer o homem que não confia em ninguém a apostar em um feliz para sempre? O primeiro livro da série para 'Nova York, com amor' traz um enredo empolgante e divertido, com personagens superando situações inusitadas em busca do seu final feliz.
Chick-lit | 384 páginas | Editora Harlequin Brasil 

Pagie Walker sempre foi muito protegida pela família devido a uma doença cardíaca que teve quando era adolescente. Agora mais velha, ela quer tomar suas próprias decisões e por isso o emprego na Estrela Eventos é tão importante para ela. Ele lhe dá confiança e segurança, algo que as ruas de Manhattan tem muito a oferecer.

Só que por golpe do destino, ela e suas amigas, Frankie e Eva, que também trabalham juntas, acabam sendo demitidas. Sem saber o que fazer, elas procuram desesperadas outro emprego, até porque a vida em Nova York não é nada barata. Mas Jake Romano, melhor amigo de Matt, o irmão mais velho de Paige, tem a brilhante ideia de que elas deveriam abrir o próprio negócio. É claro que de cara a ideia soa absurda, até porque Paige não tem confiança para abrir algo seu ainda, mas com um empurrãozinho e provocações de Jake, as três amigas viram sócias e acabam criando a Gênio Urbano, uma empresa de eventos e também de serviços de concierge. 

Veneno - Mia Sheridan | Resenha

Cada livro da coleção Signos do Amor é inspirado nas características de um signo do Zodíaco. Esta história se baseia na mitologia de Escorpião e fala sobre os acasos da vida.Grace Hamilton tem 23 anos e é estudante de direito. Após as dificuldades enfrentadas na infância, ela faz de tudo para não decepcionar o pai, segue todas as regras, é dedicada e cheia de planos. Porém, após viajar para uma conferência de direito em Las Vegas e conhecer Carson Stinger, ela começa a repensar a vida.Sexy e impulsivo, Carson é um ator que gosta de curtir o momento e nunca se apegou a ninguém. Mas isso muda quando seu caminho cruza com o de Grace, uma universitária certinha e diferente de todas as mulheres que ele já conheceu.Ao longo de um fim de semana inesquecível, eles superam os próprios preconceitos e se entregam ao desejo. Pela primeira vez na vida, Grace se permite quebrar as regras e Carson se deixa envolver de verdade. Quando se despedem, nenhum dos dois é mais o mesmo, mas ambos têm certeza de que jamais voltarão a se ver.Contudo, anos depois eles estão de novo frente a frente: ele, apoiando o amigo acusado de homicídio; ela, sendo a promotora encarregada do caso. Mais uma vez a chama da paixão se acende em Carson e Grace e as circunstâncias parecem afastá-los. Se a vida nem sempre pode ser planejada, será que o acaso conseguirá ajudá-los a ficar juntos? 
Romance | 352 páginas | Editora Arqueiro 

Grace Hamilton é uma aluna de direito que viaja para Las Vegas para assistir a uma conferência. Ela é toda certinha, uma pessoa que vive com base nos planos que um dia traçou para sua vida, até que ela esbarra acidentalmente em Carter Stinger, ator pornô heterossexual que também está no mesmo hotel que Grace, porém para uma conferência de conteúdo adulto.

A animosidade entre eles se faz presente desde o início, mas bastou duas horas presos no elevador para uma conexão entre eles nascer. Carter tem a mente aberta e sabe o que quer, além de ser sedutor e lindo como o pecado. Tudo o que ele oferece a essa garota toda certinha é um fim de semana longe de toda a segurança que ela deseja. Chega de planos. Disposta a sair do conforto e provar o desconhecido, Grace aceita.

Os dois dias que passam juntos é regado a muito sexo e a segredos revelados. Eles se abrem um com o outro como nunca tinham feito com alguém, contam seus medos, suas motivações, sobre a família e descobrem que esse encontro entre eles sempre será um catalisador na vida de cada um.

Big Rock - Lauren Blakely | Resenha


A maioria dos homens não entendem as mulheresSpencer Holiday sabe disso. E ele também sabe do que as mulheres gostam.E não pense você que se trata só de mais um playboy conquistador. Tá, ok, ele é um playboy conquistador, mas ele não sacaneia as mulheres, apenas dá aquilo que elas querem, sem mentiras, sem criar falsas expectativas. “A vida é assim, sempre como uma troca, certo?”Quer dizer, a vida ERA assim.Agora que seu pai está envolvido na venda multimilionária dos negócios da família, ele tem de mudar. Spencer precisa largar sua vida de playboy e mulherengo e parecer um empresário de sucesso, recatado, de boa família, sem um passado – ou um presente - comprometedor... pelo menos durante esse processo.Tentando agradar o futuro comprador da rede de joalherias da família, o antiquado sr. Offerman, ele fala demais e acaba se envolvendo numa confusão. E agora a sua sócia terá que fingir ser sua noiva, até que esse contrato seja assinado. O problema é que ele nunca olhou para Charlotte dessa maneira – e talvez por isso eles sejam os melhores amigos e sócios. Nunca tinha olhado... até agora.
Chick-lit, erótico, romance | 224 páginas | Editora Faro Editorial  

Comentei com vocês em um post do Abandonei sem dó que eu tinha desistido da leitura de Mister O, segundo livro da série escrita pela Lauren Blakely, que sucede Big Rock. Mesmo assim eu não perdi as esperanças e resolvi ler o primeiro livro já que as resenhas eram ótimas. Acontece que eu não só adorei como também quero tentar ler de novo Mister O agora.

Spencer Holiday é um playboy mulherengo de Nova York. Ele é sócio e dono do bar The Lucky Spot juntamente com sua melhor amiga Charlotte. Apesar do seu pai ser dono de uma rede de joalherias muito famosa, a Katherine's, Spencer conseguiu dinheiro e prestígio depois que criou e vendeu um aplicativo de relacionamentos. 

Mas agora seus dias de Don Juan terão que acabar. Seu pai está querendo vender a loja para o sr. Offerman, um homem muito tradicional e conservador, que abomina todo o passado conquistador de Spencer. Para ajudar nas transações, ele inventa que está namorando Charlotte, mas como nem ele consegue controlar sua língua, o namoro conseguiu o status de noivado em pouco tempo. Agora ele precisa convencer sua melhor amiga a embarcar nessa roubada até que o contrato tenha sido fechado, mas é difícil passar indiferente a essa situação se os dois amigos se sentem tão balançados um pelo outro. 

Como incentivar o público masculino a ler mais livros

O percentual de leitores no Brasil tem aumentado ao longo dos anos. Entre 2011 a 2015, foram 6 pontos acima da porcentagem na última pesquisa, ou seja, 52% da população lê em média até 4 livros por ano. É pouco se comparado ao tanto que a gente lê aqui no blog, mas é melhor do que nada. A tendência é esse número crescer, e como vocês podem reparar, o número de leitores continua sendo em sua maioria feminino. O ideal seria que tanto mulheres quanto os homens pudessem desfrutar da literatura e por isso vou dar algumas dicas e conversar com vocês sobre formas de incentivar o público masculino a ler mais. 

Músicas que falam sobre relacionamentos

Como venho comentando com vocês há algum tempo, tem muitas músicas que dariam ótimos livros por causa das letras, que contam muito mais do que histórias, mas também sentimentos e emoções. Então fiz uma playlist com algumas delas que falam sobre as fases ruins de um relacionamento, sejam os términos, as brigas ou o desgaste emocional que é inevitável.

Últimos recebidos de Junho

No último bookhaul comentei com vocês que tinham alguns livros faltando porque ainda estavam para chegar, então agora voltei pra falar sobre eles já que chegaram nessa última semana. Quem me acompanha pelo instagram do blog sabe que eu sempre posto lá os recebidos, então não vai ser nenhuma surpresa falar sobre quais foram (spoilers da imagem acima hsuah).

Dicas para se organizar para a Bienal de SP

Como vocês sabem, a partir do dia 03 de Agosto até o dia 12, a Bienal Internacional do Livro de São Paulo começa. Pra quem mora em SP deve ser mais fácil pra se organizar, mas como eu vou de Brasília pra lá e nunca coloquei meus pés nessa cidade, tem que ter um tiquinho a mais de organização para que nada saia errado. E por isso resolvi dar algumas dicas para você também que está saindo de sua cidade para esse mega evento para que você, assim como eu, aproveite muito mais.

Eu estarei lá no primeiro final de semana, nos dias 03 até o dia 05, mas todas as dicas desse post valem para qualquer dia que você estiver pensando em ir.

Livros que tem a capa bonita mas não valem tudo isso

A capa é o que chama a atenção na hora de comprar um livro. Somos muitas vezes levados a comprar um livro só pelo design dele do que pela história que ele vende, e problema nenhum isso acontecer, afinal, nós somos seres humanos e assim como as Valquírias, nos deixamos levar pela beleza das coisas.

Mas nem tudo que reluz é ouro e tem livro muito ruim por aí. E esse post é pra falar a minha opinião sobre alguns deles, que mesmo tendo um exterior lindo, como a capa, lombada e tudo o mais, eles realmente não valem tudo isso. É claro que estamos abertos a discordar, então já preparem o comentário de vocês aí embaixo!

Tag dos 50%

Eu estava em dúvida se fazia ou não essa tag porque não queria ter que analisar os livros que li, mas agora foram tantos blogs que fizeram que eu me obriguei a fazer também. A tag é mais pra fazer um balanço sobre nossas leituras até esse meio do ano, então se liga aí!

Mais forte que o sol - Julia Quinn | Resenha


Quando Charles Wycombe, o irresistível conde de Billington, cai de uma árvore – literalmente aos pés de Ellie Lyndon –, nenhum dos dois suspeita que esse encontro atrapalhado possa acabar em casamento.Mas o conde precisa se casar antes de completar 30 anos, do contrário perderá sua fortuna. Ellie, por sua vez, tem que arranjar um marido ou a noiva intrometida e detestável de seu pai escolherá qualquer um para ela. Por isso o moço alto, bonito e galanteador que surge aparentemente do nada em sua vida parece ter caído do céu.Charles e Ellie se entregam, então, a um casamento de conveniência, ela determinada a manter a independência e ele a continuar, na prática, como um homem solteiro.No entanto, a química entre os dois é avassaladora e, enquanto um beijo leva a outro, a dupla improvável descobre que seu casamento não foi tão inconveniente assim, afinal...
Romance de época | 288 páginas | Editora Arqueiro 

Mais forte que o sol é o segundo livro da duologia Irmãs Lyndon e vai contar a história da filha mais nova do vigário, Eleanor Lyndon, mais conhecida como Ellie. Ellie e Charles Wycombe, o conde de Billington, tiveram um primeiro encontro inusitado: enquanto ela estava passeado pela pequena cidade de Kent onde vive, ele literalmente despencou de uma árvore e acabou caindo em cima dela. Com o tornozelo torcido, Ellie não tem escolha a não ser ajudar o pobre coitado que está bêbado feito um gambá.

Charles está desesperado pois se não se casar em menos de 15 dias, quando ele completar 30 anos, toda sua fortuna e herança irão para as mãos do primo Philip, imposição imposta por seu pai antes de bater as botas. 

Prazeres Sombrios - Kresley Cole | Resenha

Um soldado vampiro cansado de viver... Sebastian Wroth foi transformado em vampiro contra a própria vontade. Solitário e marcado por um ódio profundo, vê pouco sentido em continuar vivo. Até que uma magnífica criatura, com aparência de fada, surge para matá-lo e acaba, inadvertidamente, salvando-o. Uma Valquíria cuja missão é exterminar vampiros... Kaderin Coração Gelado viu duas irmãs serem mortas por um vampiro no campo de batalha. Uma bênção a privou do luto, de todas as dores, e extinguiu suas emoções. Contudo, ao conhecer Sebastian, a luxúria domina seu ser e, pela primeira vez, ela se vê incapaz de eliminar um inimigo. Competidores numa caçada lendária... Na Corrida do Talismã, o prêmio é extremamente poderoso: um artefato que poderá fazer com que Kaderin modifique o passado e o destino das irmãs. Sebastian também entrará na competição, mas para conquistar o amor de Kaderin. E agora? O que ela escolherá: A paixão pelo vampiro ou sua família de volta?
Erótico, fantasia, ficção, romance | 352 páginas | Editora Valentina 

Prazeres sombrios é o segundo volume da Série Imortais mas pode ser lido separadamente, já que cada volume fala sobre personagens distintos. Karedin Coração Gelado é uma valquíria, inimiga mortal dos vampiros. Sua vida se resume a matá-los e participar da Corrida do Talismã, uma espécia de gincana dos imortais, onde ela tem sido a campeã por séculos.

Em meio a uma missão na Rússia, Kaderin se depara com Sebastian, um vampiro ermitão que vive solitário em um castelo aos pedaços. Ela não exita em pensar em matá-lo, mas algo a impede de fazer isso. Talvez seja o fato dele querer desesperadamente que ela o mate. Ou pode ser a atração estranha que ela sentiu ao vê-lo pela primeira vez.

Sebastian Wroth foi transformado em vampiro pelo seu irmão Nicolai. Mas tudo o que ele menos quer e precisa é sair por aí mordendo as pessoas para se alimentar, por isso ele fica até feliz ao ver que essa bela moça quer lhe matar. O problema é que Sebastian descobre que Kaderin é sua Noiva, a mulher destinada a ele para todo o sempre. É claro que ela nega e não aceita essa imposição, afinal, ela é uma valquíria e nunca poderia admitir estar sob o domínio de um vampiro.

Soppy: Os pequenos detalhes do amor - Philippa Rice | Resenha

Soppy os pequenos detalhes do amor, de Philippa Rice, é uma reunião de bem-humoradas tirinhas criadas a partir de momentos da vida real da designer britânica com seu namorado. Bastante popular na web, com mais de meio milhão de postagens no Tumblr, Soppy conquistou as redes sociais com declarações de amor escondidas nos detalhes do cotidiano de um relacionamento, como dividir uma xícara de chá, a leitura de um livro ou comentários irônicos à frente da TV numa tarde chuvosa. As charmosas ilustrações capturam com delicadeza a experiência universal de dividir uma vida a dois, e celebram a beleza de encontrar o amor em todo lugar. Soppy chega às prateleiras pelo Fábrica231, o selo de entretenimento da Rocco, a tempo de se tornar uma ótima opção de presente para o Dia dos Namorados. 
História em quadrinhos | 112 páginas | Editora Fábrica 231 

Philippa Rice através de seu incrível trabalho com ilustrações em tons de vermelho, preto e branco traz em seu livro Soppy – Os pequenos detalhes do amor a essência dos relacionamentos. O livro é baseado no seu próprio relacionamento e mostra as idas e vindas do amor. O primeiro encontro, a primeira relação sexual, o “eu te amo”, a primeira briga. O livro fala muito mais do que palavras, com apenas ilustrações ele consegue expressar tudo aquilo que sentimos e fazemos quando estamos gostando de alguém.

O amor é muito mais do que dormir de conchinha, fazer café-da-manhã pra quem se gosta ou dizer um elogio. É cumplicidade, fidelidade, lealdade. São desentendimentos também, é saber aceitar os erros e ajudar a superá-los. São pequenos detalhes como um sorriso, um bom dia, que fazem gerir essa gama de sensações que é estar com alguém.

Se nada der certo até os 30, você se casa comigo? - Karina Halle | Resenha


Era para ser só uma promessa de dedinho... Linden McGregor é alto, robusto e incrivelmente bonito, um piloto de helicóptero com sotaque escocês e charme de sobra. Stephanie Robson é bonita, engraçada e uma mulher de negócios ambiciosa – e irresistível. Os dois são melhores amigos desde sempre, mas alguns relacionamentos não podem ser classificados ou domados depois que surge a primeira faísca de desejo. Aos seus vinte e poucos anos, cansados do drama de suas tentativas amorosas, Steph e Linden resolvem fazer um pacto, uma promessa de dedinho: se casariam um com o outro se nenhum dos dois estivesse em um relacionamento sério quando chegassem aos 30. Naquele momento, entre uma cerveja e outra, essa ideia lhes pareceu um jogo divertido, no entanto, com os anos se passando e amantes indo e vindo de suas vidas, o pacto começa a lhes cobrar uma resposta. Sexo será inevitável. A amizade será testada. Seus corações estão preparados? O pacto está prestes a mudar tudo!
Romance | 304 páginas | Editora Única 

Desde que esse livro foi lançado eu queria muito lê-lo, e foi só consegui-lo em e-book que eu prontamente iniciei a leitura. O livro é um clichê ambulante mas acho que fará muita gente se derreter de alguma forma.

Linden McGregor e Stephanie Robson se conhecem há muito tempo. Ela era estudante de Administração e acabou sendo contratada para trabalhar no mesmo bar onde ele trabalhava. Ele é escocês mas mora em São Francisco e acabou se tornando o melhor amigo dela. O que eles tem em comum? James, o dono do bar, melhor amigo de Linden e namorado de Steph.

Até que os dois terminaram amigavelmente e eles viraram os três mosqueteiros: onde um vai, o outro vai atrás. Quando chegam à tenra idade de 25 anos, Linden e Steph, levados pela bebida, resolvem fazer um pacto. Se nada desse certo para eles até os 30, eles se casariam. Ao longo dos anos vemos esses dois entrarem em relacionamentos, saírem, curtirem a solteirice mas sempre com o peso desse pacto em suas costas, que foi um pouco brincadeira na época mas não tão brincadeira assim.
back to top