O que te faz sorrir?

O isolamento social chegou como uma alternativa para conseguirmos evitar o contágio comunitário do COVID-19, mas em pouco acabou se tornando o pesadelo de muitas pessoas. Estar isolado, sem ter contato físico com pessoas queridas, a constante falta de boas perspectivas, o medo pelo que nos aguarda nos próximos meses... Isso tem se tornado palco de inseguranças e catalizador de muita ansiedade por parte de várias pessoas.

Graças a Deus eu não sou uma delas. Eu já estava isolada em casa antes mesmo disso devido ter me formado, então a minha rotina só se resumia a ir a academia e ficar mexendo no computador o dia inteiro. Mas é óbvio que o isolamento social afetou algumas das minhas esperanças para este ano: conseguir emprego, fazer a colação de grau, receber meu namorado aqui em casa... tudo isso foi pro ralo e de repente seis meses da nossa vida ficaram em suspenso. O que mais tem me irritado é a constante falta de silêncio. Apesar do que os astrólogos acham, uma geminiana pode sim carecer de um momento de paz, e ficar em casa com trocentas pessoas todo santo dia, sem calar a boca, é algo que está me tirando do sério.

Eu tô dizendo isso porque mesmo que eu não esteja sendo afetada psicologicamente por esse problema, eu sei que muita gente está. As leituras atrasaram, a produtividade caiu, o ânimo de fazer as coisas no dia a dia sumiu. Vi muitos posts de desabafo aqui na blogosfera falando sobre isso. E eu pensei: por que não fazer um post reclamando do que tá acontecendo, mas um que inspire a gente a pensar em coisas boas? A ter pensamentos positivos?

Ai eu comecei a me perguntar: o que me faz sorrir? O que tem me ajudado todo santo dia a me manter de pé, ativa, querendo fazer algo diferente? O que me inspira a imaginar que tudo isso vai melhorar?

Eis aqui algumas coisas que podem responder estas perguntas:
  1. Tomar café com leite bem quentinho, mesmo que já sejam 14h da tarde.
  2. Receber o bom dia de quem a gente ama, mesmo que ela esteja longe de mim no momento.
  3. Ganhar abraços da minha família, mesmo que boa parte dela não esteja mais aqui.
  4. Sorrir com as piadas idiotas das minhas irmãs.
  5. Assistir Naruto até tarde da noite e reclamar das idiotices da Sakura.
  6. Tomar banho quente em um dia especialmente gelado, e difícil. 
  7. Chegar ao penúltimo capítulo de um livro que eu queria muito ler, mesmo que a ressaca literária esteja me matando.
  8. Aprender novas receitas e ousar na cozinha, mesmo que eu goste mais de fazer doces.
  9. Ouvir música todo santo dia, músicas que me acalmem, mesmo que seja apenas para lavar a louça.
  10. Relembrar minha adolescência e visitar o passado sem rancor, mas com esperança
  11. Saber que as pessoas que eu me importo, mesmo que não estejam fisicamente presente, estão bem.
Pequenas coisas! Esse é o segredo. Não é algo que vai te fazer curar da noite pro dia, ou afastar a ansiedade do seu peito. Mas é algo que pode te dar uma nova direção. Pense em coisas boas, aquilo que te faz sorrir, pequenas coisas que tem te movido nesses dias. Internalize isso, e com certeza o peso vai ficar mais leve.

E eu te convido a fazer também uma lista citando o que te faz sorrir! Um post do bem, para fazer o bem! Espero que vocês façam e por favor, me marquem porque eu quero saber!!

Um beijo e um abraço!

9 comentários

  1. Olá Mi!
    Gostei bastante do post. Nesse momento que estamos passando isolado e muito complicado. Eu mesma já cheguei a surta, ficar louca porque queria sair mas tinha que entender que não podia. Procurei ocupada a cabeça com outras coisas, como ousar na cozinha, fazer comidas novas mesmo que não preste, tomar café quase santo dia. Agora eu não sei o que é pior ficar rodeado da família falando muita coisa ou o silêncio total. Acho que um pouco de cada..kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lily
      A gente precisa se apegar a pequenas coisas senão a gente fica louca né? Aqui em casa eu fico confusa com tanta gritaria, ainda mais tendo os vizinhos ouvindo música o tempo todo. Dai-me paciência.

      Excluir
  2. Essa lista é uma excelente ideia para manter o ânimo :) vou fazer também! Obrigada pela dica ;)

    Um beijinho *

    http://by-pattyy.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Não está sendo fácil mesmo, eu também já estava acostumada a ficar em casa, pois meu trabalho é home office, mas não ter a liberdade de ver meus amigos e familiares está sendo pesado. Mas é isso, o importante é ficar em casa pra que essa quarentena acabe logo. Adorei a sua lista de dicas, é importante buscar coisas que nos deixam com a mente leve ♥

    Beijo
    http://www.leiapop.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Mi! Tudo bom?
    Ultimamente a gente tem que se agarrar muito (mas sem contato físico!) ao que faz bem. Sorrir tá difícil, mas como diria o Dumbledore, dá pra encontrar felicidade nas horas mais sombrias se a gente lembrar de acender uma luz.
    Adorei o post! Fique bem!

    Beijos, Nizz.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  5. Eu também já seguia em isolamento antes da Pandemia, mas aí inventei de arranjar um trabalho numa empresa ruim pá carai dois meses antes da quarentena. Acabei saindo de lá por que a empresa não estava nem aí para a saúde dos funcionários. Eu meio que voltei à minha rotina antiga, mas ainda sinto falta da academia e de poder sair para almoçar, jantar fora ou curtir um filme no cinema na companhia de amigos.
    Eu amei a sua lista, ela dá um quentinho no coração! Me identifiquei principalmente com os números 9 e 11. E concordo com vc, são as pequenas satisfações e detalhes que nos faz feliz.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  6. Oi
    eu nunca fui muito de sair de casa, ia trabalhar, academia, gostava de andar uma vez por mês nas lojas da cidade, mas estou sentindo falta da academia e de ir trabalhar na empresa, já que estou por Home Office, confesso que as vezes é muitas noticias que vejo que acabo nem dormindo, hoje evitei ver essas coisas para ter um dia tranquilo.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Quanta coisa legal você fez e pode agradecer, né? É importante a gente valorizar os pequenos momentos. Adorei o post.

    Bom fim de semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  8. Eu estou trabalhando em casa, mas mesmo estando com a cabeça ocupada meus dias estão sendo com muita ansiedade. Nunca me vi tão angustiada. E claro, sinto muita falta de viajar. Amei sua lista, vou fazer uma no meu bullet journal.
    Um xero.

    www.geracaopenaestrada.com

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤
Comentários PLAGIADOS NÃO SERÃO ACEITOS!

Capítulo Treze. Design by Berenica Designs.