Últimos posts

Elite - Rachel Van Dyken | Resenha

Para Tracey Rooks, a vida com seus avós numa fazenda no Wyoming sempre foi simples. Mas após a morte de sua avó, Tracey é tudo o que seu avô tem.Então, quando a Eagle Elite University anuncia seu sorteio de bolsa de estudos anual, Tracey aproveita a chance de garantir seu futuro. Ela não estava esperando muito, mas acaba ganhando. E a vida como ela conhece nunca mais será a mesma...Os estudantes da Eagle Elite não se parecem com nada que ela já tenha visto... e se recusam a facilitar as coisas para ela. E para completar, há Nixon: lindo, irresistível e o líder de um grupo que todos temem: os Escolhidos.As regras são simples:1. Não toque Os Escolhidos.2. Não olhe para Os Escolhidos.3. Não fale com Os Escolhidos.Mas não importa quão duro Tracey tenta ficar de fora, Os Escolhidos estão sempre em torno dela - e não demorará muito ate que ela aprenda porque eles mantêm seus amigos próximos e seus inimigos mais próximos ainda.Ela só não percebeu que era o inimigo - até que fosse tarde demais.
Tracey Rooks foi a sortuda que ganhou a chance de estudar em uma das escolas mais importantes do país, a Eagle Elite University. Estudar com filhos de diplomatas, presidentes e tantas outras pessoas é um privilégio para uma garota vindo do interior de Wyoming. Mas não é o que os demais alunos da escola acham. Em seu primeiro dia, Tracey conhece Os Escolhidos, um grupo de quatro alunos que praticamente comandam a escola. Nixon, Chase, Phoenix e Tex deixam claro que Tracey não é bem vinda ali, e para se sair bem, ela precisará seguir as regras deles:
  1. Não toque Os Escolhidos.
  2. Não olhe para Os Escolhidos.
  3. Não fale com Os Escolhidos.
Mas Tracey já teve sua cota de merda na vida, e ela não vai deixar que um grupo de garotos mimados e sem noção estraguem sua experiência ali. Mas talvez ela esteja sendo otimista demais...
Melhor Nixon cuidar de suas costas, porque eu, Tracey Rooks, estava aqui para ficar.
Elite é o primeiro de uma série e mistura um pouco romance adolescente (ou adulto, ainda estou tentando descobrir) com máfia italiana. E como vocês sabem, eu sou completamente apaixonada por esse tipo de enredo (Cora Reilly tá aí pra provar isso). Mas infelizmente senti que a trama tem alguns furos e o desenvolvimento pecou em algumas partes, começando com Os Escolhidos.
Se você já leu Princesa de Papel, já pode imaginar o nível que esses caras chegam. Garotos ricos, mimados, acostumados a ter tudo o que querem... o clichê que pode nos fazer amar, ou odiar. No meu caso, um meio termo. Nixon é o líder deles, e o mais misterioso a princípio, mas é tão escroto quanto os outros. A forma como eles abordam Tracey no primeiro dia de aula é absurda, mal a conhecem e já a humilham, falando merda pra garota. Depois com o tempo só vai piorando... e o fato dele acabar se envolvendo com Tracey mas inicialmente ter essa atitude foi algo que me incomodou. Entendi algum dos seus motivos, mas nem eles foram capazes de me vender a ideia de que ele se arrependeu. Então não força Rachel!

Tracey também deixou a desejar. Quando precisa ser forte e mostrar garra, ela foge e chora aff. Senti que faltou colocar mais um pouco de dureza na personagem. É mais interessante uma garota rebelde e que bate de frente com Os escolhidos, do que uma sonsa que aceita a humilhação sem fazer nada. Mas ela tem um crescimento ao longo da obra, e imagino que será mais aprofundado nos outros livros.
Eu me recuso a ter medo só porque era novo para mim. 
Ele já tinha me ameaçado de me destruir. E ele mostrou que ele poderia fazer isso. 
Temos algumas reviravoltas e descobertas interessantes pelo caminho. Daí toda a história da máfia, mas não foi muito aprofundada já que esse é somente o primeiro livro, mas prevejo mil tretas vindo por aí. A autora me tacou um triângulo amoroso faltando uns três capítulos para acabar, ou seja, já sabemos que será totalmente descartável ao longo da trama. E além disso, o livro tem alguns gatilhos. Apesar da narrativa ser bem tranquila, estamos falando de máfia, então teremos sim algumas cenas bem difíceis de absorver, mas nada de outro mundo.
Todos, e eu quero dizer todos, tem um segredo. Todos têm uma história que precisa ser contada.
Já li outros livros da Rachel, ela escreve muito bem mas não senti muita consistência nessa trama. Talvez ela traga mais desenvolvimento ao longo da série, mas não sei se estou animada para ler. Elite é um livro bom, mas não entregou todo o seu potencial.

Eagle Elite #1 | 325 páginas | Editora Self-Publishing | Nota: 3/5


Comentários

  1. Olá...
    Ainda não conhecia esse livro, mas, já fiquei interessada em ler! Fiquei curiosa a respeito dessas reviravoltas e descobertas e acho que vou dar uma chance sim para o livro... Minha única ressalva são esses rapazes mimados, tenho certeza que eles vão me irritar muuuuuito !
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Primeira resenha que leio deste livro e a princípio, achei que tivesse algo a ver com o seriado que eu amo, que tem o mesmo nome. E até tem,pelo "glamour" dos estudantes riquinhos e mimados.
    Mas pelo que pude perceber, aqui tem uma mulher forte que não vai se rebaixar a ninguém e eu amo muito tudo isso!
    Com certeza, já vai pra listinha dos desejados!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  3. Apesar de tudo, fiquei com vontade de ler o livro, não só porquê tanto o nome quanto a história me lembraram da própria série Elite (que eu adoro!!). Não vou julgar a Tracey, pois também sou muito chorona hahah só consigo pensar em uma resposta à altura, bem depois que a discussão já aconteceu, ainda mais se fosse em uma situação tão humilhante quanto as que ela enfrentou. Não sou nada fã de triângulos amorosos, ainda mais quando envolvem os principais.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi, Mi! Tudo bom?
    Essa vibe de Elite e Gossip Girl teria me conquistado uns anos atrás, mas hoje em dia não dá mais. Garotos brancos ricos sofrendo eu tenho zero vontade de acompanhar HUASHUHUASHUASUHSUHSAUHSA ainda mais pelo drama que você comentou, e a babaquice. No thanks.

    Beijos, Nizz.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Não conhecia o livro, mas é uma pena que em algumas séries o primeiro livro é mais lento e não aprofunda em muitas coisas.
    Gostei que a trama se passa em escola com garotos ricos e mimados, que pensam que são donos de tudo e todos. Espero que no segundo livro Tracey seja mais determinada, confiante e enfrente esses garotos.
    Máfia italiana é interessante, espero que você anime para ler o próximo livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá Miriã!
    Olha, não vou julgar Tracey pois eu também seria a "sonsa que aceita humilhação" rsrs, mas algumas frases dos quotes que você colocou não condizem com essa atitude, então entendo porque você não gostou muito. Sinceramente o enredo não me cativou tanto, achei previsível e meio desnecessário esse envolvimento com Nixon, porém nunca li nada relacionado à máfia, então talvez dê uma chance.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi Mi!
    Enquanto lia, tive o mesmo pensamento que você. Já li uma outra série da Rachel e apesar de ter curtido ficou faltando algo, uma ponta solta, sei lá.
    Eu gosto de romance tipo gato e rato mas nesse estilo que Elite tem, com um dos interesses com esses comportamento tão ruim, eu fujo!!!!

    ResponderExcluir
  8. Oiii Mi

    Falam bem da escrita dessa autora, talvez por ser o primeiro ficou essa impressão de ter faltado algo, espero que os outros sejam melhores. Não sabia que esse que essa retratava também em parte a máfia....humm, isso é interessante, promete bastante reviravolta para os próximos.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  9. Miriã!
    Gostei do plot e de ver que a máfia está envolvida, mas achei que para ser o primeiro livro de uma nova série, é fraco.
    E tem o tal do triângulo amoroso que em alguns casos dá até para ler, mas aqui, achei que não foi bem inserido, porderia ter maiores explicações, enfim... sei não se vou ler.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  10. Oi Mika!
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas já ouvi falar da autora e confesso que o enredo não é algo que me conquiste tanto, sabe? Acho que já passei da fase desses clichês hehehe Os Delírios Literários de Lex
    Participe do Top Comentarista de Julho ♥

    ResponderExcluir
  11. oi EU ja tinha visto outros livros dessa autora em outros blogs mas acredita que quase não vejo resenhas de seus romances
    possivelmente autora va trabalhar melhor a personsagem Tracey torna-la mais forte até porque na minha opinião a trama pede isso ,mafia, triangulo amoroso acho que não combina muito com personagens mais frageis

    ResponderExcluir
  12. Eu fiquei no meio termo enquanto lia a resenha (Quero ler o livro, pois parece legal, está dentro do tipo de história que gosto de ler; mas não quero o livro, porque não quero me desanimar com ele). Para um primeiro livro de uma série ele aparenta ser fraco, a esperança é que a trama se desenvolva na continuação. Então talvez eu dê uma "colherzinha de chá".

    ResponderExcluir
  13. Olá, Miriã.
    Eu já li A posta da autora e gostei bastante. Mas desse vou passar longe. Já chega de passar raiva com mocinhos desse tipo ai hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  14. Oi Mi, tudo bem? Confesso que se fosse outra autora talvez eu nem me interessasse por ter personagens muito jovens rs, mas por ser da Rachel bate uma vontade de conferir!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  15. Olá! Acho que já passei da fase desse tipo de história e para ser sincera se fosse tentar fazer a leitura (o que eu não farei), certeza que ia passar raiva (risos)!

    ResponderExcluir
  16. ingriD Figueiredo8.7.20

    quando vi a sinopse pela 1a vez fiquei "ué isso não parece a série da netflix?"

    também concordo quando vc diz que não foi o melhor livro da autora, em certos momentos me irritava o vai-volta dos dois, e então ela chorava mas depois esperava que ele tivesse mudado... sendo que ele não estava nada diferente da ultima vez que a viu. E honestamente não curti o final aberto, ainda mais quando descobri que são uns 9 livros (sem contar os extras) e nenhum publicado no Brasil #choreideraiva
    então desisti por enquanto rs

    ResponderExcluir
  17. Olá Miriã,
    Não conhecia esse livro e, quando comecei a ler a resenha achei que seria uma boa opção para dar nova chance a autora, mas acho que não vai rolar. Essa dúvida do romance adolescente ou adulto, e os tantos outros pontos de inconsistência que você sentiu lendo esse livro, senti lendo um outro livro da autora, o que me decepcionou bastante. Acho que realmente não é uma autora que me agrada tanto, infelizmente.

    Beijo!
    www.amorpelaspaginas.com

    ResponderExcluir
  18. Olá Mii!
    Não sou muito de ler esse tipo de enrendo, já que a personagem com certeza iria me deixa irritada. Gosto mais de personagens forte e que bate de frente com as pessoas que a humilha. Creio que por ser uma serie o primeiro só seja para apresenta os personagens e tal, espero a resenha do próximo. Vai que eu mude de ideia né!

    blog: Tempos Literários

    ResponderExcluir
  19. Tava tentando lembrar onde eu já tinha visto o nome dessa autora, aí lembrei de um livro dela que fez muito sucesso quando foi lançado, chama A Aposta. Mas enfim... Amiga, acho realmente que se a Rachel tivesse focado em desenvolver a raiva d'Os Escolhidos pela protagonista, teria sido mais interessante. Lendo assim, parece que são só um bando de invejosos, sabe? Também prefiro personagens fortes que batem de frente nesse tipo de enredo.

    Bjs!
    https://www.roendolivros.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Eu não conhecia essa serie da autora mas ja ouvi falar muito a respeito da escrita da autora. Com essa premissa de livro a historia me lembrou muito a da serie Elite da Netflix. Não acho que esse livro me agradaria muito

    ResponderExcluir
  21. Ao ler sua resenha, eu fiquei em dúvida se gostei ou não. Ao mesmo tempo que eu fiquei atraído pela história, o fato de conter alguns furos acabou me deixando com um pé atrás. Além disso, eu ODEIO gente que é mimada e se sente superior por ter privilégios. Enfim, seria um dos tipos de livros que eu leria anos atrás, mas que hoje dificilmente eu leria um livro como esse, que contém furos e falta de desenvolvimento.

    ResponderExcluir
  22. Oii,
    A não vou querer ler não.
    Esse negócio de humilharem a Tracy, achei um horror.
    Não gosto de personagens tóxicos assim.
    Li outro da autora que achei razoável.
    Acho que seus livros não são pra mim.
    Bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤
Comentários PLAGIADOS NÃO SERÃO ACEITOS!

Form for Contact Page (Do not remove)