Capítulo Treze

books and geek world

Mika
Oi gente! Aqui quem fala é a Mika. tenho 22 anos e estou terminando o curso de Administração da UnB (amém!). Eu adoro livros, especialmente os romances. Amo me perder nas histórias acompanhada de uma boa xícara de café.

Já conhece o DoodleFace?

Hoje venho trazer uma novidade muito legal: o Doodleface. É um aplicativo que você pode criar vários rostos engraçados ou até de você mesmo a partir das artes que o aplicativo disponibiliza. Além de tudo, você também pode jogar jogos com os personagens que você criou no próprio aplicativo. O mais legal é que as bocas, nariz e olhos são de diferentes tipos e formas, o que faz você ter um gama de ideias de personagens para fazer. Eu baixei no meu celular e fiz alguns. Olha que demais!

[Resenha] P.S.: Ainda amo você, de Jenny Han @Intrínseca

Título: P.S.: Ainda amo você
Autor: Jenny Han
Lançamento: 2016
Páginas: 304
Gênero: Infato juvenil / Literatura Estrangeira
Editora: Intrínseca
Sinopse: Lara Jean sempre teve uma vida amorosa muito movimentada, pelo menos na cabeça dela. Para cada garoto por quem se apaixonou e desapaixonou platonicamente, ela escreveu uma bela carta de despedida. Cartas muito dela, muito pessoais, que de repente e sem explicação foram parar nas mãos dos destinatários.Em "Para todos os garotos que já amei", Lara Jean não fazia ideia de como sair dessa enrascada, muito menos sabia que o namoro de mentirinha com Peter Kavinsky, inventado apenas para fugir do total constrangimento, se transformaria em algo mais. Agora, em "P.S.: Ainda amo você", Lara Jean tem que aprender como é estar em um relacionamento que, pela primeira vez, não é de faz de conta. E quando ela parece estar conseguindo, um garoto do passado cai de paraquedas bem no meio de tudo, e os sentimentos de Lara por ele também retornam.Uma história delicada e comovente que vai mostrar que se apaixonar é a parte fácil: emocionante mesmo é o que vem depois.
Eu fiquei completamente apaixonada pelo primeiro livro Para todos os garotos que já amei. Quando descobri que havia uma continuação tratei logo de procurar ela para lê-la. Para quem ainda não viu a resenha do primeiro livro, você encontra ela aqui. Como sabemos, Lara Jean se mete em várias confusões ao longo do primeiro livro e quando enfim a história termina, descobrimos que ela se vê apaixonada de verdade por Peter Kavinsky, seu namorado de mentirinha.

[Resenha] Fiquei com seu número, de Sophie Kinsella @Record

Título: Fiquei com seu número
Autor: Sophie Kinsella
Lançamento: 2012
Páginas: 464
Gênero: Chick-lit / Humor / Comédia / Romance
Editora: Record

Sinopse: A jovem Poppy Wyatt está prestes a se casar com o homem perfeito e não podia estar mais feliz... Até que, numa bela tarde, ela não só perde o anel de noivado (que está na família do noivo há três gerações) como também seu celular. Mas ela acaba encontrando um telefone abandonado no hotel em que está hospedada. Perfeito! Agora os funcionários podem ligar para ela quando encontrarem seu anel. Quem não gosta nada da história é o dono do celular, o executivo Sam Roxton, que não suporta a ideia de haver alguém bisbilhotando suas mensagens e sua vida pessoal. Mas, depois de alguns torpedos, Poppy e Sam acabam ficando cada vez mais próximos e ela percebe que a maior surpresa da sua vida ainda está por vir.
É muito normal julgarmos um livro pela capa ou por sua sinopse. Esse livro eu havia visto em alguma livraria assim que lançou mas até então só havia lido a sinopse. Não me interessei muito porque na minha cabeça não parecia um romance em si, apenas uma história de uma tragédia que aconteceu onde a personagem principal passava o livro inteiro tentando resolver. Mas na verdade, o livro me impressionou bastante e virou um dos meus livros favoritos agora. É daquele jeito que você acaba entendendo tudo errado no começo, pede para que no fim dê tudo certo e o final te surpreende e dá aquele gosto de "quero mais". 

Tag: Doenças Literárias

Boa noite! Eu vi essa tag muito legal no Beco Diagonal. Ela é velhinha assim mesmo mas eu fiquei na maior vontade de fazer. A tag consiste em para cada doença, citar um livro de acordo com o que se pedeVamos lá?

[Resenha] 23 noites de prazer, de Julianna Costa @Universo dos Livros

Título: 23 Noites de Prazer
Autor: Julianna Costa
Lançamento: 2014
Páginas: 344
Gênero: Romance Erótico
Editora: Universo dos Livros

Sinopse: Nahia era uma garota tímida, insegura e insatisfeita com o seu trabalho em uma editora. Até conhecer, literalmente, o homem dos seus sonhos. Ao visitá-la durante as noites, Amadeo libertou seus desejos sexuais mais profundos e, desde então, ela teve as experiências mais sensuais, quentes e inusitadas que uma mulher poderia ter!Essas aventuras ardentes a transformarão em uma mulher confiante e deslumbrante, pronta para desafiar todos ao seu redor para fazer a coisa certa e publicar o livro mais cobiçado do momento! 
Esse livro eu tinha lido há um tempinho atrás e resolvi fazer a resenha para vocês terem uma ideia de como seja. Eu não conhecia essa obra da autora, mas já tinha ouvido falar de outros livros dela, como 4 semanas de prazer. Resolvi não ter expectativas em relação a esse livro. Decidi que ele iria me impressionar por si só e se não fosse assim, paciência. 

[Papo de Garota] Ele me traiu, e agora?

Olá, como vão? Hoje eu resolvi fazer um Papo de Garota com um assunto que sempre é recorrente nos dias atuais (infelizmente), por isso o tema de hoje é "Ele me traiu, e agora?". Lidar com a traição de uma pessoa que você confia e ama nunca vai ser fácil. Inúmeras vezes iremos ficar pensando naquilo e acabar magoando a nós mesmos. É como se estivéssemos sido iludidas ou nos enganado, achado que aquela pessoa nunca faria esse tipo de coisa.

[Desafio Históricos & Eu] O Príncipe dos Canalhas, de Loretta Chase @Arqueiro

Título: O Príncipe dos Canalhas
Autor: Loretta Chase
Lançamento: 2015
Páginas: 288
Gênero: Literatura Estrangeira / Romance
Editora: Arqueiro

Sinopse: Sebastian Ballister é o grande e perigoso marquês de Dain, conhecido como lorde Belzebu: um homem com quem nenhuma dama respeitável deseja qualquer tipo de compromisso. Rejeitado pelo pai e humilhado pelos colegas de escola, ele nunca fez sucesso com as mulheres. E, a bem da verdade, está determinado a continuar desfrutando de sua vida depravada e pecadora, livre dos olhares traiçoeiros da conservadora sociedade parisiense. Até que um dia ele conhece Jessica Trent...Acostumado à repulsa das pessoas, Dain fica confuso ao deparar com aquela mulher tão independente e segura de si. Recém-chegada a Paris, sua única intenção é resgatar o irmão Bertie da má influência do arrogante lorde Belzebu.Liberal para sua época, Jessica não se deixa abater por escândalos e pelos tabus impostos pela sociedade – muito menos pela ameaça do diabo em pessoa. O que nenhum dos dois poderia imaginar é que esse encontro seria capaz de despertar em Dain sentimentos há muito esquecidos. Tampouco que a inteligência e a virilidade dele pudessem desviar Jessica de seu caminho.Agora, com ambas as reputações na boca dos fofoqueiros e nas mãos dos apostadores, os dois começam um jogo de gato e rato recheado de intrigas, equívocos, armadilhas, paixões e desejos ardentes.
Bom dia gente! Hoje eu chego com a resenha pro #DesafioHistóricoseEu. É de um livro que também vi muito falar nos blogs de leitura. Loretta Chase nos apresenta uma série com vários "canalhas" no meio do contexto parisiense/londrino do séc. XIX. Conhecemos então O Príncipe dos Canalhas chamado Sebastian, o marquês de Dain. A autora usa muito o título do autor para descrevê-lo nas cenas do livro, irei chamá-lo de Dain aqui para ficar mais fácil o entendimento.

Top 10 Terça-feira

Bom dia pessoal! Hoje é mais um dia de Top 10 Terça-feira, uma ideia vinda do blogBroke and Bookish onde são eles que definem o tema para serem respondidos. O tema de hoje é: Top 10 melhores e piores livros que li recentemente.

5 Melhores

1. Super Desapegada - Esse livro falou bastante comigo em rela…

[Resenha] Os Adoráveis, de Sarra Manning @Novo Conceito

Título: Os Adoráveis
Autor: Sarra Manning
Lançamento: 2013
Páginas: 384
Gênero: Jovem Adulto / Romance
Editora: Novo Conceito
Sinopse: Jeane é blogueira. Seu blog, o Adorkable, é um blog de estilo de vida — na verdade, o estilo de vida dela — e já ganhou até prêmios na categoria “Melhor Blog sobre Estilo de Vida” pelo e Guardian e um Bloggie Award. Adora balas Haribo, moda (a que ela cria, comprando em brechós) e colorir (ou descolorir totalmente) os cabelos. Cheia de personalidade e meio volúvel, ainda assim Jeane é bacana — mesmo nos momentos em que se transforma numa insuportável. Mas, certamente, ela não olharia duas vezes para Michael. Porque Michael é o oposto de Jeane. Ele é o tipo de cara que namoraria a garota mais bonita da escola. E compra suas roupas na Hollister, na Jack Wills e na Abercrombie. Além disso, diferente de Jeane, que é autossuficiente, Michael é completamente dependente do pai, o Clínico Geral que condena açúcar, e ainda permite que sua mãe compre suas roupas! (Embora, para Jeane, o pior mesmo sobre Michael é que ele baixa música da internet e nunca paga por isso). Jeane e Michael têm pouco em comum, além de algumas aulas e uma maçante dupla de “ex” — Scarlett e Barney. Mas, apesar disso, eles não conseguem se desgrudar desde que ficaram pela primeira vez.
Esse é um daqueles livros que nos trazem não apenas uma história pronta para ser vendida pelas grandes massas de editoras, e sim mais que um aprendizado em meio ao enredo. Não posso dizer em palavras o quanto esse livro me emocionou, fez eu me identificar com ele e me fez chorar. A autora nos trás em sua incrível obra mais que meras palavras, mas crises existenciais de pessoas que são como a gente e talvez até nós mesmos. 

Lista de desejos para 2016!

Antes tarde do que nunca! Eu já havia decidido sobre o que colocar na minha listinha dos desejos, mas por algum motivos acabei enrolando e enrolando e não a publiquei. Mas hoje (graças ao bom Deus e ao tédio) resolvi enfim fazer a minha lista dos desejos para 2016 que eu fielmente espero que seja um ano tranquilo e mais favorável que 2015. Se caso ainda não deu tempo de você fazer a sua listinha também, pegue o embalo e a faça antes tarde do que nunca!

TAG Páscoa Literária

Feliz Páscoa a você que está lendo isso agora! Espero que vocês tenham ganhando muitos ovos de chocolate assim como eu. Eu acabei de ver essa Tag no Reality Of Books e fiquei com uma vontade louca de fazer. Sinta-se indicado para fazer se quiser também. Vamos começar?

[Resenha] Eleanor & Park, de Rainbow Rowell @Novo Século

Título: Eleanor & Park
Autor: Raibow Rowell
Lançamento: 2014
Páginas: 328
Gênero: Romance / Jovem Adulto
Editora: Novo Século

Sinopse: Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.
Fiquei pensando seriamente se faria ou não essa resenha porque não consegui me decidir se fiquei frustrada com o livro ou se fiquei satisfeita. Lendo a sinopse do livro você basicamente não consegue entender quase nada da história, é bem rasa na verdade. Pensei que fosse ler um romance, daqueles bem clichê mas me deparei com um drama. Teve partes que eu quis chorar e no final de tudo eu fiquei me perguntando "É assim que acaba?". Outras vezes quis matar a autora por fazer isso com os leitores deste livro, mas só posso pedir que venha um segundo volume desse exemplar, apesar deu saber que isso não é possível.

[Desafio Literário 2016] Conhecendo mais sobre o desafio!

Olá leitores. Eu nunca havia feito um Desafio Literário antes, além do Desafio Históricos & Eu que comecei recentemente, esse seria o primeiro com tema livre que começo a fazer. Como ainda não conheço nenhuma regra específica de como deve ser feito, resolvi adotar as minhas próprias, então se você quiser fazer também esse desafio, sinta-se à vontade para fazer!

[Resenha] Lembra de mim?, de Sophie Kinsella @Record

Título: Lembra de mim?
Autor: Sophie Kinsella
Lançamento: 2009
Páginas: 400
Gênero: Chick-lit
Editora: Record

Sinopse: Lexi desperta em um leito de hospital após um acidente de carro, pensando que está em 2004, que tem 25 anos, uma aparência desleixada e um namoro desastroso. Mas, para sua surpresa, ela descobre que está em 2007, tem 28 anos, é chefe de seu departamento e sua aparência está impecável. E ainda é casada com um lindo milionário! Ela não pode acreditar na sorte que teve. Mas conforme ela descobre mais sobre a nova Lexi, nota problemas graves em sua vida perfeita. E, para completar, uma revelação bombástica pode ser sua única esperança de recuperar a memória.
Depois de ter lido Fiquei com seu número, eu estava louca para ler outro livro da Sophie. E me encantei quando vi esse título em algum site por aí. Esse livro me deixou muito na dúvida porque eu não sabia realmente o que estava esperando assim que comecei a lê-lo. Lexi, nossa personagem principal acaba de sofrer um acidente e perdeu a memória, porém, ela perdeu a memória de 3 anos recentes da vida ela. Enquanto ela pensa que está no ano de 2004, na realidade, está no ano de 2007. É meio confuso assim mesmo. 

[Top 5] Melhores livros lidos em 2015

Olá! Eu sou do tipo de pessoa que nunca consegue lembrar quais foram os livros que leu em determinado momento e para poder controlar isso, eu tive que fazer uma listinha no Word em ordem alfabética com todos os livros (que eu lembro) que um dia já li. Não é fácil! Sinto que deixei passar um monte de livros mas sei que ao longo do tempo vou lembrando de algumas capas e histórias e acrescento sempre mais um. No Top 5 de hoje, resolvi fazer sobre os cinco melhores livros que li no ano passado. Foram livros que me marcaram de alguma forma e me fizeram suspirar! Vamos começar?

[Resenha] Anna e o Beijo Francês, de Stephanie Perkins @Novo Conceito

Título: Anna e o Beijo Francês
Autor: Stephanie Perkins
Lançamento: 2011
Páginas: 286
Gênero: Chick-lit / Romance
Editora: Novo Conceito

Sinopse: Anna Oliphant tem grandes planos para seu último ano em Atlanta: sair com sua melhor amiga, Bridgette, e flertar com seus colegas no Midtown Royal 14 multiplex. Então ela não fica muito feliz quando o pai a envia para um internato em Paris. No entanto, as coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um lindo garoto -que tem namorada.Ele e Anna a se tornam amigos mais próximos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. Anna vai conseguir um beijo francês? Ou algumas coisas não estão destinadas a acontecer? 
Bom dia, leitores. Depois do incrível livro Lola e o Garoto da Casa ao Lado, trago a vocês a resenha de Anna e o Beijo Francês, um livro da Stephanie Perkins. Terminei esse livro tem um tempinho atrás mas não tive tempo para fazer a resenha até agora. O que eu mais gostei nesse livro foi o desenvolvimento da personagem principal em meio a um novo começo, um novo lugar e novos amigos. Foi incrível de ver como a Anna cresce sentimentalmente e individualmente assim que ela chega a França.

[Desafio Históricos & Eu] Um Beijo Inesquecível, de Julia Quinn @Arqueiro

Título: Um Beijo Inesquecível
Autor: Julia Quinn
Lançamento: 2016
Páginas: 272
Gênero: Romance / Ficção / Literatura Estrangeira
Editora: Arqueiro
Sinopse: Toda a alta sociedade concorda que não existe ninguém parecido com Hyacinth Bridgerton. Cruelmente inteligente e inesperadamente franca, ela já está em sua quarta temporada na vida social da elite, mas não consegue se impressionar com nenhum pretendente.Num recital, Hyacinth conhece o belo e atraente Gareth St. Clair, neto de sua amiga Lady Danbury. Para sua surpresa, apesar da fama de libertino, ele é capaz de manter uma conversa adequada com ela e, às vezes, até deixá-la sem fala e com um frio na barriga.Porém Hyacinth resiste à sedução do famoso conquistador. Para ela, cada palavra pronunciada por Gareth é um desafio que deve ser respondido à altura. Por isso, quando ele aparece na casa de Lady Danbury com um misterioso diário da avó italiana, ela resolve traduzir o texto, que pode conter segredos decisivos para o futuro dele.Nessa tarefa, primeiro os dois se veem debatendo traduções, depois trocando confidências, até, por fim, quebrarem as regras sociais. E, ao passar o tempo juntos, eles vão descobrir que as respostas que buscam se encontram um no outro... e que não há nada de tão simples – e de tão complicado – quanto um beijo.
Esse é mais um livro lido para o cumprimento do #DesafioHistóricoseEu entrando no quesito "Ler um Romance Histórico ambientado no século 19." 
Eu estava louquinha para ler esse livro porque estava muito curiosa em relação aos outros filhos da série Os Bridgertons e digo que a autora não deixou a desejar. Julia nos trouxe em seu livro a mistura do romance com o mistério, algo que eu amo nos livros dela. Fiquei bastante satisfeita com esse livro e poderia dizer que o da série foi um dos que mais gostei. Para quem não sabe, Hyacinth é a filha caçula de quatro mulheres. Ela é uma pessoa bastante engenhosa, inteligente e que sempre procura pessoas para estarem a altura dela e é por isso que já em sua quarta temporada na vida social, ainda não conseguiu um marido. 

[Desafio Históricos & Eu] Ligeiramente Casados, de Mary Balogh @Arqueiro

Título: Ligeiramente Casados
Autor: Mary Balogh
Lançamento: 2014
Páginas: 288
Gênero: Ficção / Romance / Literatura Estrangeira
Editora: Arqueiro

Sinopse: À beira da morte, o capitão Percival Morris fez um último pedido a seu oficial superior: que ele levasse a notícia de seu falecimento a sua irmã e que a protegesse "Custe o que custar!". Quando o honrado coronel lorde Aidan Bedwyn chega ao Solar Ringwood para cumprir sua promessa, encontra uma propriedade próspera, administrada por Eve, uma jovem generosa e independente que não quer a proteção de homem nenhum.Porém Aidan descobre que, por causa da morte prematura do irmão, Eve perderá sua fortuna e será despejada, junto com todas as pessoas que dependem dela... a menos que cumpra uma condição deixada no testamento do pai: casar-se antes do primeiro aniversário da morte dele o que acontecerá em quatro dias.Fiel à sua promessa, o lorde propõe um casamento de conveniência para que a jovem mantenha sua herança. Após a cerimônia, ela poderá voltar para sua vida no campo e ele, para sua carreira militar.Só que o duque de Bewcastle, irmão mais velho do coronel, descobre que Aidan se casou e exige que a nova Bedwyn seja devidamente apresentada à rainha. Então os poucos dias em que ficariam juntos se transformam em semanas, até que eles começam a imaginar como seria não estarem apenas ligeiramente casados...Neste primeiro livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh nos apresenta à família que conhece o luxo e o poder tão bem quanto a paixão e a ousadia. São três irmãos e três irmãs que, em busca do amor, beiram o escândalo e seduzem a cada página.
Esse é o primeiro livro lido para o #DesafioHistóricoseEu e ele vai entrar no quesito "Ler um Romance Histórico com a temática casamento, até porque o título já diz tudo.

[Resenha - Filme x Livro] Simplesmente acontece, de Cecelia Ahern @Novo Conceito

Título: Simplesmente Acontece
Autor: Cecelia Ahern
Lançamento: 2014
Páginas: 448
Gênero: Romance
Editora: Novo Conceito


Sinopse: O que acontece quando duas pessoas que foram feitas uma para outra simplesmente não conseguem ficar juntas? Todo mundo acha que Rosie e Alex nasceram para ser um casal. Todo mundo menos eles mesmos. Grandes amigos desde criança, eles se separaram na adolescência, quando Alex se mudou com sua família para os Estados Unidos. Os dois não conseguiram mais se encontrar, mas, através dos anos, a amizade foi mantida através de emails e cartas. Mesmo sofrendo com a distância, os dois aprenderam a viver um sem o outro. Só que o destino gosta de se divertir, e já mostrou que a história deles não termina assim, de maneira tão simples.

Olá!  Hoje trago a vocês uma resenha que ficarei feliz em fazer do livro/filme Simplesmente Acontece, apontando as principais diferenças dos dois e minha opinião acerca deles também. Então se você não quer ler alguns comentários com spoilers, peço que pare de ler agora. Minha intenção não é desvendar toda a história, mas mostrá-la para quem se interessar por isso tomarei cuidado com os comentários para que vocês não percam nada e também não descubram tudo de uma vez.

[Desafio Históricos & Eu] Conhecendo mais sobre o desafio!

Olá, como vai? Eu me interesso bastante por desafios e em 2016 apareceram vários que me deixaram já cheia de vontade de começar. O blog Atitude Literária  criou esse desafio mas eu fiquei conhecendo apenas pelo blog Meu Vício em Livros. Vamos conhecer melhor este desafio?

Top 10 Terça-feira

Olá! Hoje é dia de Top 10 Terça-feira, uma ideia criada pelo blog Broke and Bookish onde são eles que definem o tema e os outros blogs respondem. O tema de hoje é: Top 10 livros que eu realmente Amo mas sinto que não falei sobre eles o suficiente / ou nunca falei.


1. Faça seu pedido

2. Pretty Girl-1…

[Resenha] Despedida de solteira, de Mila Wander @Literata

Título: Despedida de Solteira
Autor: Mila Wander
Lançamento: 2013
Páginas: 330
Gênero: Romance
Editora: Literata

Sinopse: Amande estava com tudo pronto para o seu casamento: buffet completo, salão de festa, garçons, fotógrafos, igreja, iluminação, filmagem, cerimonial, decoração, convites, vestido, maquiagem, depilação... Ela tinha absolutamente tudo sob controle. Ou melhor, quase tudo... Sequer havia cogitado uma despedida de solteira! Guiada pelas suas amigas - e madrinhas -, Amande descobrirá que nem tudo acontece como o planejado.Caleb é um garoto de programa pronto para mais um trabalho; proporcionar diversão e entretenimento na despedida de solteira de Amande, uma mulher organizada, viciada em limpeza e planejamento. O que Caleb não sabe é que um simples serviço pode mudar a sua vida para sempre...
Olá meus amores, como vão? Começo hoje o dia falando sobre Despedida de Solteira. Encontrei o título em um outro blog que me chamou a atenção e resolvi ler. Realmente gostei bastante do livro, ele tem uma mistura de erotismo com romance o que sempre encanta. 

[Resenha] Super desapegada, de Jaqueline de Marco @Draco

Título: Super Desapegada
Autor: Jaqueline de Marco
Lançamento: 2015
Páginas: 220
Gênero: Romace / Chick-lit / Humor, Comédia
Editora: Draco
Sinopse: Raquel faz o maior sucesso na internet. Seu blog “Super Desapegada” motiva mulheres a se valorizarem e prega a autoestima sem a presença constante e essencial de um companheiro. Mas fora da web, Raquel não é tão descolada assim... Ela sempre teve um amor platônico por seu melhor amigo de infância, Alan. Mas no aniversário de 30 anos de Raquel, ela descobre que ele está noivo de Bianca, a irmã caçula de seu rival nos tempos de escola, Eric. Para conseguir acabar com o casamento, e conquistar de vez seu grande amor, Raquel precisa se aliar ao sarcástico Eric. Mas logo ela começa a perceber que a união pode render muito mais do que ela imaginava e a aprender que para praticar o tão estimado “desapego” é preciso abrir seu coração para novas experiências... e quem sabe para um novo amor.

Existem tipos de livros que você não dá nada por ele e não espera muita coisa, mas ele acaba te surpreendendo com o enredo, com os personagens e você acaba ficando pasmada de tão boa que foi a leitura. Super Desapegada é justamente esse tipo de livro. Me surpreendeu do começo até o fim e eu fiquei bastante contente pela indicação. Jaqueline de Marco era uma autora completamente desconhecida para mim, mas posso dizer que ela tem talento. Criou as mais divertidas situações na história que me fizeram suspirar e ao mesmo tempo dar diversas gargalhadas.

As melhores fotografias de livros no Instagram

Para quem não sabe, o nosso blog também tem uma conta no Instagram! Esse aqui é o link: Livros On (para quem quiser dar uma olhadinha). Esses dias estava fuçando o aplicativo e vi algumas fotos incríveis postadas por leitores e resolvi fazer um Top 5 com as melhores fotos do Instagram com tema: livros. Resolvi pegar uma imagem de cada autor para que vocês vejam fotos diversificadas e interessantes.

[Perguntas Frequentes]

Em alguns dias criativos e em outros nem tanto assim, vou escolher 5 perguntinhas para responder que recebi por meio de e-mail, ask ou até aqui mesmo no blog. Privando os respectivos autores de suas identidades, então se você me enviou alguma coisa, relaxe! Só responderei aquelas que não tiverem palavras de baixo calão ou algo do tipo.

[Papo de Garota] O que fazer quando o amor não dá certo?

Acho que muita gente já passou por um término de namoro, inclusive as meninas por aí. Quando falamos de amor é complicado porque o amor é um sentimento subjetivo, tem situações e situações e ás vezes o que se aplica a mim não precisa necessariamente se aplicar a você.

Então, no Papo de garota de hoje irei falar justamente sobre quando o amor e a relação que um casal nutre, no fim de tudo, acaba não dando certo.
Terminar um relacionamento é mil vezes pior do que começar um, porque em alguns casos, as pessoas não gostam de magoar as outras.
Mas nada é tão simples assim. Não é só chegar, terminar e dizer tchau. Apagar todas as mensagens e fotos e achar que isso vai mudar alguma coisa. Isso leva tempo e o tempo ás vezes demora demais.

[Resenha] Um dia, de David Nicholls @Intrínseca

Título: Um dia
Autor: David Nicholls
Lançamento: 2011
Páginas: 416
Gênero: Romance
Editora: Intrínseca


Sinopse: Dexter Mayhew e Emma Morley se conheceram em 1988. Ambos sabem que no dia seguinte, após a formatura na universidade, deverão trilhar caminhos diferentes. Mas, depois de apenas um dia juntos, não conseguem parar de pensar um no outro.Os anos se passam e Dexter e Emma levam vidas isoladas — vidas muito diferentes daquelas que eles sonhavam ter. Porém, incapazes de esquecer o sentimento muito especial que os arrebatou naquela primeira noite, surge uma extraordinária relação entre os dois.Ao longo dos vinte anos seguintes, flashes do relacionamento deles são narrados, um por ano, todos no mesmo dia: 15 de julho. Dexter e Emma enfrentam disputas e brigas, esperanças e oportunidades perdidas, risos e lágrimas. E, conforme o verdadeiro significado desse dia crucial é desvendado, eles precisam acertar contas com a essência do amor e da própria vida.Um Dia é um fenômeno editorial no Reino Unido, sucesso absoluto de crítica e público, e teve o roteiro adaptado para o cinema pelo próprio autor, David Nicholls.
Ainda estou decidindo se Um dia é tudo aquilo que eu esperava ou se acabou me decepcionando profundamente. Eu tenho a infeliz mania de acabar julgando muito um livro quando o final ou alguns acontecimentos não são exatamente como eu quero e eu já começo a odiar o autor. Sei que isso faz de mim um pouco infantil, mas se fosse você a ler esse livro, acho que se sentiria assim também. Por isso, vou me ater aos fatos e dizer-lhe que esse livro me impressionou muito. Nada de romance água com açúcar e nada de algum casinho clichê. O que temos aqui é uma trama envolvente que nos faz entrar em meio a história e torcer para que no fim tudo dê certo. 

[Lançamentos do mês] Livros lançados em Março/2016

Estava procurando livros novos que seriam lançados e alguns títulos me chamaram bastante a atenção. Por isso, estou fazendo o lançamento dos livros do mês de Março com os lançamentos que acho que serão/foram os mais interessantes.

[Editora Arqueiro] Intenso (Carolina e West #2), de Robin York 
A vida de West Leavitt foi do céu ao inferno em poucos meses. Ele achava que era possível ter um futuro melhor, mas acabou retornando para os dramas diários de sua família. Agora, em meio a uma tragédia, o rapaz não sabe o que fazer para ajudar Frankie, sua irmã caçula. Quando ele está prestes a desmoronar, só uma pessoa lhe vem à mente: a jovem segura e determinada que ele um dia pensou merecer.
Longe dali, Caroline Piasecki sonha mais uma vez com West: a pele contra o seu corpo, o cheiro dele, a mão deslizando pela sua barriga... Mas sonhos são apenas sonhos. Ela sabe que o ex foi embora e não vai voltar. Por mais doloroso que seja, Caroline precisa se esquecer do tempo que passaram juntos. Até que seu celular toca e um West transtornado está do outro lado da linha. Sem pensar duas vezes, Caroline vai ao seu encontro.
Só que muita coisa mudou desde que eles terminaram. West tenta afastar Caroline de sua vida de todas as maneiras. Ao mesmo tempo, o desejo que sentem um pelo outro parece ter ficado até mais forte no período em que estiveram separados. West ainda sente algo por ela, mas não se considera uma boa companhia para ninguém. Caroline quer estar nos braços de West, mas sabe que deve partir para que ele não sofra.
Nesse embate de emoções, eles precisarão encontrar os próprios caminhos e descobrir: por mais intenso que seja o laço que os une, ainda é possível um recomeço?

Formulário de contato