Casados por obrigação, separados por orgulho - Bibi Santos | Resenha

22 de março de 2019

Gisela Albuquerque sempre teve tudo que o dinheiro poderia comprar menos o amor de seu marido Frederico Soares, um alemão de sangue quente, rico e muito poderoso.Numa fatídica noite Gisela encontra seu marido nos braços de outra, ela então tem duas opções: Se calar e continuar seu casamento ou exigir sua liberdade e partir.
Em um jogo de sedução, intrigas e segredos, Fred terá que reconquistar o amor de sua esposa e provar que é digno de sua confiança.
Será Gisela capaz de perdoar todas as traições e se entregar ao amor da sua vida? Fred será capaz de se entregar ao amor e lutar pela mulher da sua vida?
Eles casaram por obrigação, mas estão separados por orgulho.
Romance | 249 páginas | Editora Independente 

Gisela Albuquerque e Frederico Soares cresceram sabendo que no futuro iriam se casar. Ambos os pais do casal selaram suas vidas para que o império que ambas as famílias tem continuasse entre eles. Gisela aprendeu a ser a esposa troféu, dar jantares e acompanhar seu marido a todo tipo de evento.

O problema é que o casamento com Fred não passa de uma farsa.  Ela sempre fora apaixonada por ele e imaginou que depois que se casassem conseguiria tudo aquilo que um dia sonhou: uma família. Mas para Fred as coisas não são exatamente assim. Ele casou por obrigação e sempre viu Gi como uma irmã. Por isso os cinco anos que foram casados foram repletos de traição por parte dele e muita mágoa por parte dela.

A gota d’água acontece depois que Gi encontra Fred na cama com mais uma de suas amantes. Cansada de ser constantemente humilhada, ela pede o divórcio. Só que Fred não vai deixá-la ir embora de sua vida tão facilmente assim. Ele não consegue enxergar que a situação entre eles chegou ao ápice e fará de tudo para tirar essa ideia louca da cabeça da esposa.

Não conseguindo o divórcio, ela acaba tomando uma atitude radical e desaparece por dois anos. Nesse meio tempo, a garota doce e permissiva deu lugar a uma mulher mais forte, mais humilde e ansiosa por sua liberdade.
Por obra do acaso, Fred consegue encontrá-la e volta com tudo para sua vida. Ele está mais do que disposto a reconquistar a mulher que um dia jurou amar e respeitar, mas Gi não se deixará domar facilmente. Eles casaram por obrigação, mas foram separados pelo orgulho. Será que conseguirão reerguer uma relação que já estava fadada a não dar certo?

Casados por obrigação é um livro nacional que foi indicado pela Leninha lá no blog dela. Como estou de ressaca literária, eu resolvi embarcar nessa leitura e não me arrependi. Li o livro basicamente em um dia e me diverti muito com esse casal, apesar de ter revirado os olhos em boa parte da obra e ter me decepcionado com alguns erros.

O que me chateia nos livros nacionais é que muitas autoras tem ideias incríveis de enredo mas que não conseguem executá-las muito bem. A impressão que eu tive foi que a autora teve a ideia pra escrever a obra, que é bem legal por sinal, mas correu pra colocá-la no papel e com isso deixou muita coisa a desejar por parte de desenvolvimento, coesão e revisão da obra. O que é um erro que a gente não pode deixar de citar. Uma coisa é o enredo não dar certo, os argumentos não funcionarem e não convencerem o leitor, mas erros de revisão e de coesão são tão banais, e podem facilmente ser resolvidos que geralmente a gente não espera que se aconteça. Faltou uma preocupação maior na hora de revisar a história. Vi muitos erros de ortografia e pontuação e algumas ideias ficaram embaçadas por causa disso.
Outra coisa que não ajudou muito foi a personalidade dos personagens. Eu entendo que a situação entre eles era muito complicada, mas enquanto Gisela queria se mostrar uma mulher forte e decidida, ela conseguia cair muito rápido no papo do marido, e com isso deixava pra trás todos os argumentos que ela tinha pra não ficar com ele. Nesse tipo de livro eu torço muito para o casal se reconciliar e ficar junto, mas teve momentos que eu achei que a personagem poderia ter dado um freio maior nas intenções do marido. Assim ficaria mais plausível essa reconciliação entre eles.

Além disso, no início do livro o Fred se mostra um personagem muito bruto, arrogante e nervoso. Ele tem tantos ataques de fúria no começo da obra que eu achei que ele fosse acabar batendo na Gisela, por causa dessa raiva incontrolável que ele tem. Fora isso ele é muito possessivo. Vejamos: se você é um marido negligente que trai sua esposa, que crédito você tem pra ficar querendo mandar nela ou pra ficar desconfiado de suas atitudes? Fred é um cara completamente errado que consegue ainda se sentir ofendido por algumas atitudes da esposa que ao meu ver, ele não teria direito de opinar. 

Tá, mas não é só de coisas ruins que se tem na obra. Eu gostei muito do enredo, como comentei acima, e acredito que se não tivesse os problemas no desenvolvimento, seria uma história encantadora para qualquer um. Além disso, do meio para o fim, que é quando o casal enfim amadurece e resolve dar uma chance ao que eles tem, foi que eu senti que a autora foi acertando com o enredo. Lógico que tinha coisas que ela facilmente colocava lá e resolvia, mas eu gostei muito dos caminhos que a obra tomou.
Fred e Gisela conseguem se mostrar personagens interessantes depois que acabam se desenvolvendo melhor. A fúria e a arrogância que o personagem trazia no início não aparece mais, apesar de sua possessividade ainda dar as caras. Gisela consegue ser mais firme e menos bobinha em algumas situações. Ambos começam a se tornar melhores e foi o que me cativou na obra. Eles vão conseguindo construir uma relação saudável e mais participativa, menos com autoridade e etc.

Isso não apaga todas as falhas do início do livro, mas conseguiu fazer com que minha experiência no final fosse bem melhor. Então, resumindo tudo: eu achei o enredo muito legal porque eu adoro história desse tipo, mas a autora se mostrou um pouco amadora no desenvolvimento, o que acabou atrapalhando a obra no todo. Fora isso, as personalidades dos personagens não são tão envolventes no começo, coisa que a autora consegue reverter no meio da narrativa.

É um livro pra quem gosta de histórias legais e que não se importam tanto com o que eu citei acima. Quem for com a mente aberta pra esses erros, vai adorar o enredo de toda forma e não vai se decepcionar.
POSTADO POR MIRIÃ MIKAELY

8 comentários:

  1. Miii ainda bem que o final salvou, eu gostei do enredo, fiquei com vontade de ler mesmo com a ressalva, confesso!

    Bjs, mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi
      Esse livro te dá essa vontade né? Senti o mesmo kkk eu queria gostar mais mas tinha coisa que realmente não dava pra relevar.
      Beijo

      Excluir
  2. Oi Mi,
    Acho que vou deixar passar essa dica... Uma pena, mas eu também acho que não relevaria a arrogância do personagem. Acho que nada justifica esse tipo de atitude.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ale
      Tem livros que funcionam dependendo do que você relevar né? Esse eu até que gostei mas tinha algumas coisas que simplesmente não dava.

      Excluir
  3. Olá, Miriã.
    Acho que esse tipo de livro é ideal para ser lido quando a gente não acha nada que interesse na estante hehe. Mas esse ponto que você abordou sobre o desenvolvimento sempre vejo nas obras nacionais. Não sei se é a pressa para colocar logo na Amazon, mas a grande maioria dos livros que li ultimamente aconteceu isso. Mas é um livro que vou anotar para ler.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil
      Eu to vendo muito isso nos livros da Amazon,a impressão que eu tenho é a mesma que a sua.

      Excluir
  4. Oi, Mi!
    Só por essa personalidade do Fred eu passo a leitura. Já não basta um personagem que nas últimas leituras só me estressava.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu
      Ninguém merece um embuste assim né?

      Excluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤

Feito com ♥ por Lariz Santana e modificado por Euzinha!