Casamento arranjado - Daya Engler | Resenha


Eu deveria saber que aquele acordo seria a minha ruína. Um atestado de sofrimento e feridas assinado voluntariamente contra eu mesma. Mas a ignorância da idade e meu altruísmo em má hora me fizeram crer que aquele casamento não me afetaria em nada. Não tinha calculado os desvios, contornos e sentimentos inesperados, que surgiriam no caminho. Os pormenores insignificantes de outrora. Mas que com a convivência eles se voltariam significativos. E pior, me fariam chorar... por ele.Nada, exatamente nada, dura para sempre.
Tudo é mutável, o tempo faz isso.
Minhas perguntas e respostas vieram um pouco tarde, confesso. Contudo, eu ainda estava firme, de pé e tinha uma vida toda pela frente. Sem ele. Entretanto, eu nunca o tive de verdade então, não havia lamentações de perdas ilusórias.
Não se perde o que nunca se teve.
E ante todos os dissabores enfrentados no decorrer de quase quatro longos anos de casamento, eu sabia exatamente o que fazer.
Minha decisão estava tomada.
Só faltava meu coração entender que àquela era a decisão acertada para nós dois.
Romance | 335 páginas | Editora Amazon 

Gabriela chegou na vida dos Bryant de forma abrupta depois que seus pais faleceram e ela precisou ir morar com sua tia nos Estados Unidos, que viria ser a empregada da família. Ty Bryant é um dos atores mais famosos de Hollywood e consegue tudo o que quer, e talvez seja por isso que Gabriela pouco se importou com a presença do astro em sua vida. Só que a atração estava lá...

Após perder a tia também, a família Bryant resolve acolher Gabriela de vez. Nesse convívio com Ty, Gabriela dá sua virgindade a ele, não porque esteja apaixonada, mas porque sente um desejo intenso sobre o garoto. Só que essas escapadas que ambos resolviam dar resultam em uma gravidez totalmente indesejada. Para que sua carreira não seja abalada, Ty pede Gabriela em casamento, mas um casamento arranjado, já que ambos não estão apaixonados um pelo outro e só irão ficar juntos para proteger o bebê.

Quase quatro anos se passaram e Gabriela continua a fazer o mesmo papel de esposa perfeita. Só que a cada dia que passa as indiscrições de Ty a machucam mais ainda. No meio do caminho aconteceu algo que ela não imaginava: ela se apaixonou. Mas seu marido é o único que não percebe tal coisa. O melhor a fazer seria pedir o divórcio? Quando Gabriela enfim toma a decisão que mudará sua vida, Ty diz com todas as letras que não vai aceitar. Ele quer uma chance para que o casamento seja real, mas tantos anos de dor e mágoa poderão fazer com que esse casal consiga finalmente ser feliz?
Casamento arranjado é um livro muito intenso! Eu fiquei totalmente presa na narrativa da Daya porque além de ser maravilhosa, ela deixa a gente com o coração na mão pra saber o que vai acontecer com a relação desses dois personagens. E que personagens! Desde o primeiro momento sabemos que vamos odiar Ty e dar nosso apoio incondicional a Gabriela, mas com o passar das páginas, mais vamos vendo que não existe um vilão somente nesta história. Os dois erraram, os dois são culpados. Culpados por fazerem a relação deles chegarem a um ponto crítico onde continuar dói demais. Muitas vezes senti que a relação entre eles era tóxica, porque ambos não sabiam amar, não sabiam administrar seus sentimentos e quando uma relação está tão desgastada pelo fracasso e pelo ressentimento, pouca coisa boa vem disso. Mas eles tentaram e isso é o que realmente importa, o grande Q é descobrir se conseguirão ou não deixar todo o passado para trás e seguir em frente.

Gabriela narra toda a história, deixando somente um capítulo para Ty lá no final. Achei a narrativa dela um tanto quanto duvidosa, porque a gente enxergava Ty a partir dos seus olhos, então toda a raiva por ele ficar com outras mulheres sempre permeava a narrativa. Ela pintava Ty como um vilão desalmado e sem coração, que a magoava de propósito e por isso inicialmente o leitor só consegue odiar esse personagem. Eu queria que ela pedisse o divórcio, taca-se um foda-se pra ele e fosse embora. Quando Ty resolve confrontá-la por causa do divórcio, fiquei estarrecida por um babaca desses querer se reaproximar da esposa depois de quatro anos, fingindo que nada de ruim aconteceu em suas vidas, depois de anos comendo Deus e o mundo e deixando a mulher lá, cuidando da filha. Mas aí é que a gente entende o que realmente aconteceu... Eu não vou falar aqui pra não estragar a leitura de vocês, mas lembre-se que não existe somente um vilão nessa história.

Digo isso não porque alguém matou uma pessoa, mas porque quando estamos falando de casamento, temos que entender que são duas pessoas que trabalham para que a relação dê certo. Não adianta uma só fazer sua parte e o outro não. No casamento de Gabriela e Ty percebemos que ambos começaram a fazer suas partes no momento errado. Eles são humanos, pessoas que erram diariamente e que precisam lidar com seus erros para aprender a viver. Ver a construção dos dois ao longo da narrativa foi muito interessante, mas preciso ressaltar alguns pontos que poderiam ter feito minha experiência com essa leitura ser melhor.
Como comentei, a obra é narrada pela Gabriela. E apesar de gostar dessa dinâmica, eu preferia que a autora narrasse algumas partes a mais pelo Ty, porque aí sim iríamos entender melhor suas atitudes, seus motivos. Gabriela coloca o cara em um pedestal ao mesmo tempo que coloca fogo nele, por isso não consegui discernir muito bem quem estava certo ou errado. A narrativa da autora por focar na Gabriela traz muitos enfoques nos sentimentos da personagem e isso deixou a leitura um pouco desgastante. Gabriela é uma personagem complexa, magoada que fica sempre ruminando mil coisas dentro de si, e a autora coloca cada coisinha em cheque, fazendo com que boa parte da narrativa seja arrastada.

E eu não gostei do final. Eu vi que os personagens estavam conseguindo se desenvolver bem, mas de repente, bum!, acontece algo, eles desistem de tudo e acabou? Como assim gente? Provavelmente o intuito da autora foi nos tirar da zona de conforto ao deixar o final em aberto, mas eu acho que poderia ter sido melhor, por isso se caso tiver uma continuação dessa obra eu ficaria muito feliz.

Apesar do livro soar clichê, ele nos surpreende trazendo mais intensidade em seus personagens e mostrando de verdade a relação de um casal que luta pra se reerguer. A gente chora com os personagens ao mesmo tempo que sente suas alegrias pois entende que nada na vida é fácil, e crescer faz parte do nosso desenvolvimento. O livro está disponível no kindle unlimited e eu super indico!

Comentários

  1. Olá,Miriã.
    Mudou o layout? Ficou bem bonito. Comecei a ler sobre o enredo e a sensação é de que já li esse livro. É muito parecido com um que li esses dias atrás e odiei. Por isso e pelos seus comentários também, acho que vou deixar passar a leitura

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil! Mudei sim, que bom que gostou
      Talvez seja o mesmo, eu acabei não gostando tanto da obra, senti muitas coisas enquanto fazia a leitura.

      Excluir
  2. Oi, Mi!
    Eu já vi alguns comentários sobre esse livro e ele realmente parece ser uma montanha-russa de emoções. Só esse lance do final que eu fiquei com pé atrás.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu
      Ou você ama ou odeia o final, eu não gostei mas talvez surpreenda um pouco a gente que já tá cansado de livros do mesmo tipo.

      Excluir
  3. Olá, Mika!
    Sempre que eu venho aqui esse blog está mais lindo, amei o novo estilo.
    E essa resenha? Eu comecei super empolgada, mas logo desanimei com seus comentários, não sei se vou dar uma chance, mas quem sabe algum dia, né?!

    Beijão!
    Lumusiando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Duda
      Obrigada pelo carinho, mudei hoje
      Eu tinha imaginado outra coisa pro enredo, mas seguiu outros caminhos. Não simpatizei muito com isso mas vai que você gosta.

      Excluir
  4. Oiii Mi

    Que pena que no finla a coisa toda cosntruida parece que se perdeu e ficou dificil de gostar, deve ter sido um pouco frustrante né? Mas a leitura deu pra notar que no geral foi intensa mesmo, ainda não conhecia essa autora mas anotei o titulo pra se surgir a oportunidade de conferir.

    ** Ameiiiiiiiii até o infinito esse novo layout do teu blog, aliás, este é um dos blogs mais completos e lindos que conheço, parabéns, adoro teu trabalho

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ivy
      Acho que cada experiência com essa leitura pode se tornar única, eu não gostei dos pontos que citei, mas eu sei que muita gente gostou.

      ***Obrigada sua lindona!! Eu desanimo em mudar mas sempre faço isso haha

      Excluir

Postar um comentário

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤

back to top