Capítulo Treze

books and geek world

Mika
Oi gente! Aqui quem fala é a Mika. tenho 22 anos e estou terminando o curso de Administração da UnB (amém!). Eu adoro livros, especialmente os romances. Amo me perder nas histórias acompanhada de uma boa xícara de café.

Uma namorada para o Papai - Crys Carvalho | Resenha


Sophia, uma garotinha que mora apenas com o pai, cria um plano audacioso, depois de ouvir uma conversa entre sua avó e sua tia. O único empecilho chama-se: Leandro, o namorado de sua vizinha.
Seu plano? Conseguir que Flávia perceba que Samuel é um ótimo partido. 
Samuel perdeu a sua esposa há quatro anos e cuida da sua filha da melhor forma possível, mas é cheio de manias estranhas e se casar novamente não está nos seus planos. Ele nem faz ideia de que Soph pretende mudar sua rotina tão bem elaborada.
Flávia é uma jovem confeiteira, que ama gatos e está em um relacionamento abusivo, fadado ao fracasso. Ela nunca imaginou que o verdadeiro amor estaria a alguns passos de distância do seu apartamento.
Ambos caem feito patinhos na teia que a pequena Soph cria para juntá-los, mas será o plano dela tão eficiente a ponto de fazer com que o amor nasça entre eles?
Conto | 74 páginas | Editora Independente 

Cansada das manias estranhas do pai e do excessivo cuidado com ela, Sophia tem a brilhante ideia de arranjar uma namorada para ele. A garota de dez anos acredita que o pai e sua vizinha Flávia dariam um ótimo casal, apesar deles não se darem bem e ela ter um namorado mala sem alça do lado. Mas nada é o bastante para a sagacidade da pequena que fará de tudo para que seu plano dê certo. 

Uma namorada para o Papai é um conto bem divertido e humorado que eu encontrei no Kindle. Depois do drama recente que li, a história caiu como uma luva para desanuviar minha mente. Sophia é uma criança bem fofa e muito esperta. Ela faz comentários mordaz e bem diretos a respeito dos adultos, principalmente do namorado abusivo de Flávia, que é mais um encosto na vida dela. Flávia tem um bom coração e também é bem divertida. Irônico que sua única amiga seja uma garotinha de 10 anos que lhe dê conselhos sobre o namorado, que cruzes, representa o famoso homem machista que vive as custas da mulher. Já o pai de Soph é um cara mais reservado. Viúvo há quatro anos, ele cuida da filha desde então e se preocupa excessivamente com ela, reflexo de um TOC chato e cansativo que ele tem e que a autora deu bastante destaque na trama.
Óbvio que os dois seriam como água e óleo, já que Flávia representa tudo aquilo que o pai de Soph não gosta, mas é essa bagunça dela o charme perfeito que lhe chama atenção. Ambos vão se deixando envolver e nem percebem que por trás disso tem palavras e comentários bem posicionados feitos por Sophia, que vira e mexe coloca os dois em situações bem engraçadas e intrigantes.

E é isso gente. O conto é simples, você lê em poucos minutos mas acaba adorando a escrita da autora que consegue cativar desde o primeiro instante. Queria mais livros assim, desenvolvidos com todo esse potencial que os contos tem, mas não é sempre isso que acontece né? Indico para quem curte o gênero e queira ler algo mais leve.

Comentários

  1. Olá, Miriã.
    A história parece ser muito fofa, principalmente por causa da criança. Eu sempre fico querendo ler mais quando é conto, mas quem sabe se fosse um livro inteiro não agradaria tanto hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Oi, Sil
    Eu penso o mesmo, ás vezes não dá certo né? Mas eu amei justamente por causa da criança.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Sil!
    Eu vi quando a autora lançou esse trabalho, mas não sabia que era um conto. Vou já atrás no KU
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  4. Oiii Mi

    É tão legal quando uma história tão curta consegue divertir, cativar e deixar a gente querendo mais por tramas assim. Bacana conhecer esse conto, vou anotar a dica pra quando estiver buscando algo leve e rápido pra ler, a história parece ser um encanto.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, Mika!
    Adoro contos que são bem trabalhados. As vezes a gente só precisa daquela quantidade pequena de páginas para se deliciar com a trama e esquecer de outros livros mais pesados, né? Anotei sua dica!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤

Formulário de contato