Capítulo Treze

Aqui você encontra resenhas críticas, indicações de livros e um pouco sobre mim.

Prazer em conhecer você!

Oi, tudo bem? Eu sou a Mika! Tenho 22 anos e sou formada em administração. Amo livros de romance, e sonho em viver o meu próprio. Aqui sempre compartilho minhas experiências com eles!
Mika

Leia estes posts também

Serpent & Dove - Shelby Mahurin | Resenha

Ligado a alguém para amar, honrar ou queimar.
Dois anos atrás, Louise le Blanc fugiu de seu clã e se abrigou na cidade de Cesarina, abandonando toda a magia e vivendo do que pudesse roubar. Lá, bruxas como Lou são caçadas. Eles são temidos. E eles estão queimados.
Jurado para a Igreja como um Chasseur, Reid Diggory viveu sua vida por um princípio: você não sofrerá por uma bruxa para viver. Seu caminho nunca foi feito para cruzar com o de Lou, mas um golpe perverso os força a uma união impossível - o matrimônio sagrado.
A guerra entre as bruxas e a Igreja é antiga, e os inimigos mais perigosos de Lou trazem um destino pior que o fogo. Incapaz de ignorar seus sentimentos crescentes, mas impotente para mudar o que ela é, uma escolha deve ser feita.
E o amor faz de todos tolos.
Desde que vi a primeira resenha desse livro eu me interessei em ler, e olha que isso é um tanto e feito pra mim que não gosta de fantasia. E se você está se perguntando se eu consegui ficar encantada com essa história, a resposta é SIM! Eu simplesmente AMEI ESSE LIVRO!

Serpent & Dove retrata a época das Caça às Bruxas, uma época em que ser mulher era perigoso. A Igreja, comandada pelo arcebispo enviado por Deus, está em constante guerra contra as bruxas, e Louise Le Blanc sabe que é preciso ter o dobro de cuidado para não ser capturada. Ela sobrevive com o dinheiro de pequenos roubos e dorme nos bastidores do teatro da cidade, com sua melhor e única amiga Coco, que também é uma bruxa.

Após ter se envolvido em uma confusão quando fora roubar um objeto de um aristocrata, Lou tem sua vida mudada drasticamente quando conhece Reid Diggory, capitão dos Chasseurs, caçadores de bruxas. Ele acredita cegamente no comando do arcebispo, a quem vê como uma figura paternal, assim como acredita que as Bruxas são seres demoníacos que precisam ser exterminadas para o bem de todos.
Os Chasseurs eram homem santos. Ele provavelmente me considerou o diabo.
Obrigada a casar-se com ele, Lou sabe que estar perto demais do inimigo é uma decisão mortal. Mas não é só dos caçadores que ela foge, e talvez estar cercada por eles seja sua única chance de ficar viva.
QUE OBRA ARREBATADORA MINHA GENTE! Eu sempre quis ler um livro que falasse sobre a Inquisição desde que vi alguns filmes sobre o assunto, mas eu nunca tinha de fato a chegar a ler por motivos de “pura preguiça”. Mas com o hype que esse livro está ganhando lá na gringa é óbvio que eu me interessei e graças a Deus que não foi em vão. Shelby escreve com maestria e entrega uma trama incrível, cheia de reviravoltas, tensão e personagens memoráveis.

Lou é uma Dame Blanche, ou seja, ela é uma bruxa que para fazer magia precisa dar algo em troca, algo que você já deve ter ouvido falar se assistiu The Witcher. O fato é que ela precisa manter o equilíbrio: dar e receber. Ao contrário de Coco que é uma Dame Rouge, que precisa apenas do próprio sangue. Ambas são de clãs diferentes e por ter fugido do seu há dois anos, La Dame des Sorcieres está atrás dela. Ela é incrivelmente poderosa e a mais perigosa de todas as bruxas.

Eu gostei muito da Lou porque ela tem tudo aquilo que eu aprecio em uma protagonista: ela tem garra, orgulho, ferocidade e coragem. Uma garota que não se intimida fácil, e que faz o que precisa fazer para sobreviver. Seja roubar. Ou matar alguém. Lou tem sua cota de inocência, mas também inúmeras culpas. O fato dela não ser a perfeita mocinha das fantasias me fez gostar mais ainda dela. E as interações dela com Reid? Parece que eu estava assistindo a minha própria fantasia de romance. Ela é toda sarcástica e engraçada, e o fato dele ser basicamente o mocinho da história deixava toda a trama mais gostosa de ler.

Enquanto Reid é um homem voltado a santidade e com um propósito, Lou é uma mulher que fala palavrão e age com impulsividade. É óbvio que esse casamento entre eles nunca poderia dar certo. Reid é um homem de mente fechada, treinado para acatar ordens e acreditar cegamente no que os “ensinamentos de Deus” dizem. Ele é um caçador, alguém que na primeira oportunidade levaria uma bruxa a fogueira. E essa diferença entre eles foi o que mais atiçou a minha leitura, mas também me angustiou. Vemos o sentimento brotar e nascer aos poucos, mas o fato deles serem inimigos mortais nos deixam apreensivos para quando toda a verdade for revelada.

E caramba, que casal! Fazia tempo que não shippava um casal tão perfeito e tão nada a ver um com o outro. Eu amei a suavidade do Reid e a ferocidade da Lou. Ao lado dela Reid parecia uma criança aprendendo a dar os primeiros passados e isso me fez rir muito durante a leitura. Algumas resenhas reclamaram de como Lou mudou um pouco depois que se apaixonou por Reid, mas eu não tive problemas com isso. Acho que foi nesses momentos que consegui ver como a personagem era humana e não somente uma bruxa fodona sabe? Até por que quem é assim? Todo mundo tem seus momentos de fraqueza e vulnerabilidade e com Lou não foi diferente. Temos uma personagem girl power e porra louca, mas também temos uma mulher apaixonada e deslumbrada com o primeiro amor, e sim, vou defender suas atitudes.

Tem outros personagens importantes que passam por aqui, como Coco, que se mostrou uma amiga maravilhosa e também corajosa, assim como Ansel, um chasseur em treinamento, que acredito que terá mais desenvolvimento no próximo livro. Até me surpreendi com Madame Labelle, que se mostrou alguém totalmente diferente no princípio. O único que eu achei que caiu de paraquedas foi Beau, que literalmente apareceu nos últimos capítulos DO NADA, mas ok. Vamos ver o que a autora reserva para eles futuramente.

O livro tem várias reviravoltas. Teve umas que eu fiquei tão embasbacada que eu não sabia nem o que falar. Foi tapa na cara atrás de tapa na cara. E se tem uma coisa que eu amei mais ainda foi que a autora conseguiu fechar todas as pontas soltas até o final do livro, mas também deixar aquele gancho maravilhoso para o próximo, que por sinal queria pra ontem. A obra se passa na França e tem vários termos legais em francês, o que ajuda muito na ambientação da história.

Eu amei a narrativa da Shelby. Eu não a conhecia mas adorei o jeito como essa mulher escreve. Pelo fato de não gostar de fantasia, é um feito e tanto que eu tivesse lido esse livro e gostado, então imaginem o quanto essa obra é realmente boa. Espero que alguma editora traga a história pro Brasil para que vocês também possam conhecer essa maravilhosidade. Super recomendo!

Serpent & Dove #1 | 528 páginas | Editora HarperTeen | Nota: 5/5❤

*Tradução da sinopse feita pela Lu (Balaio de Babados)

Comentários

  1. Dá para perceber a sua empolgação na resenha hahahaha Eu ainda nem tinha ouvido falar, confesso :P Mas achei a capa muito linda e eu adoro livro que se passa com esse enredo de caça às bruxas (tem uma trilogia que acho que você ia amar: As Crônicas das Irmãs Bruxas!).
    Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Miga do céu, pra eu gostar de uma fantasia tem que ser muito boa KKKKK Eu já ouvi falar muito dessa série mas eu fico morta de preguiça de ler.

      Excluir
  2. Oi Mi,
    Ainda estou carente de uma fantasia incrível e quando vi esta no seu instagram sabia que (só pela capa!) tinha potencial para eu me apaixonar pela história, rs.
    Estou na torcida para vir logo para o Brasil! E por favor mantenham a capa na nossa edição!
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ale
      Tomara que tragam sim, e essa capa é um estouro! Ela é linda d+ e a história melhor ainda.

      Excluir
  3. Oiiiiee Mi

    Se vc que não gosta de fantasia se apaixonou completamente por essa primeira parte, nem sei o que to esperando pra conferir esse livro pra ontem. Ele já tava na minha lista, mas agora com essa resenha tenho que ler ele sim ou sim, eu adoro essa ambientação da Inquisição, sempre rende tramas incríveis e o perfil dos personagens parece ser daqueles de fazer o leitor amar tudo. A resenha ficou maravilhosa, já me convenceu amiga

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ivy
      Esse livro é tudo isso e mais um pouco. Uma obra incrível! Fiquei arrebatada, fazia tempo que não gostava tanto assim de uma obra.

      Excluir
  4. Meu Deus, Mika, eu fiquei querendo muito ler e olha que também não sou das maiores fãs de fantasia. Acho essa questão das mulheres e igreja muito interessante. Amei a tua resenha.

    Beijos!

    https://entrepaginasecafe.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Roberta
      Esse enredo é perfeito, e a autora desenvolveu tudo tão bem! Amei demais.

      Excluir
  5. Oi Mi, eu amei a a trama desse livro e só de ler a resenha eu estou aqui torcendo pelo casal. Vc e a Lu vão me fazer voltar para fantasia!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi
      Pensa num livro bom? Tenho certeza que se você lesse iria gostar.

      Excluir
  6. Oi, Mi!
    Menina do céu, eu só quero o segundo! Lou e Reid meus próprios pais, já circulam na lista de casais favoritos do ano!
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio Rumo aos 4K no instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse casal é TUDO Lu! Só preciso do segundo KKKKK

      Excluir
  7. Oi Miriã, tudo bem?
    Amei a capa, amei as fotos e amei a resenha.
    O conceito de Dame Blanche eu conhecia de Outlander e fiquei mega curiosa pra saber como isso se desenrola na história. Curiosidade ativada com sucesso!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  8. Oi, Mi

    Sei lá, não estou convencida ainda. Assim como você eu tenho lá minha birra com o gênero e a história precisa chamar muito minha atenção para eu dar uma chance. Se sair por aqui, quem sabe? Pq me recuso a ler fantasia em inglês. Hahahahah

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  9. Olá, Miriã.
    Depois da sua empolgação na resenha, ainda mais sendo de um gênero que você não lê muito, fiquei ainda mais desejosa de que tragam o livro logo para cá. Já queria ele desde que vi a resenha da Luiza, agora quero ainda mais. E de preferência que seja em uma editora que caprichem na edição porque essa capa está linda hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Oi
    eu já li resenha desse livro em algum blog, que bom que gostou da história apesar de não ser muito seu estilo, essa história super chamou minha atenção eu curto livros do gênero apesar de ultimamente estar lendo mais romance, essa capa é linda.
    Vamos torcer para ser publicado por aqui,

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *