Thirty day boyfriend - Whitney G. | Resenha

Eu nunca deveria ter concordado com esse arranjo ...Trinta dias atrás, meu chefe - Sr. Lobo de Wall Street, veio a mim com uma oferta que eu não poderia recusar: assinar o meu nome na linha pontilhada e fingir ser sua noivapor um mês. Se eu concordasse, ele me deixaria sair do meu contrato de trabalho com um ‘muito generoso’ pacote de indenização.As regras eram muito simples: sem beijos íntimos, nada de sexo real. Apenas fingir amar um ao outro para a imprensa, mesmo que eu secretamente queria arrancar aquele sorriso sexy fora do seu rosto desde o primeiro dia em que nos conhecemos.Definitivamente não precisava pensar duas vezes sobre isso. Assinei o meu nome e comecei a contar os segundos que me levariam a não ter que lidar com o seu tipo especial de idiota novamente.Só consegui um minuto ...Nós discutimos todo o voo de quatro horas para sua cidade natal, não conseguimos fazer uma impressão convincente com a imprensa local, e bem quando eu estava prestes a bater aquele olhar arrogante do seu rosto para a realidade? Ele propositalmente deixou cair a toalha de banho na minha frente, me distraindo com o seu pau de 23 centímetros para ‘me mostrar quem era o adulto’ em nosso relacionamento. Então ele me deu seu sorriso típico mais uma vez e perguntou se eu queria consumar o nosso casamento.Tragicamente, este é apenas o primeiro dia.Ainda temos mais 29 dias para percorrer ...
Thirty day boyfriend tem uma premissa bem parecida com Two weeks notice, então isso me leva a crer que a Whitney é a nova Brittainy Cherry, porque ela gosta de fazer livros quase iguais. Mas quem está julgando? 

A história é sobre Emily, que há dois anos trabalha para o famoso Nicholas, conhecido por todos como o Lobo de Wall Street. Mas Emily está cansada de toda a pressão que é ter que lidar com um homem como Nicholas, além do constante trabalho que tem que levar para casa e a falta de vida social. Só que assim que ela tenta sair do trabalho, Nicholas surge lhe dizendo que não será possível... a menos que ela aceite fingir ser sua noiva por 30 dias, enquanto ele tenta fechar um acordo milionário com um homem tradicional e que acredita na família.

Emily fica contrariada com a proposta, mas ela vem com a rescisão do contrato do trabalho e um bônus de apenas 5 milhões de dólares. OK, agora até eu estou convencida. 

Nesses trinta dias a aproximação de Nicholas e Emily parece ser algo que mudará profundamente a vida deles, ainda mais quando existe tanta atração sexual entre ambos.
Se você leu minha resenha do livro anterior da autora, vai achar que a única diferença nessa trama com a outra é que aqui a personagem precisa fingir que está noiva, e é só essa diferença mesmo. O resto é tudo igual. Não gostei muito disso, porque esperava algo diferente, mas se caso eu não tivesse lido Two weeks notice, eu teria adorado essa obra da mesma forma.

Ambos os personagens são intensos, divertidos e se dão muito bem no trabalho, mas as constantes cobranças de Nicholas esgotam o emocional e o bom humor de Emily, e assim ela se vê pronta para ir embora. Mas como resistir a 5 milhões de dólares? Por esse valor eu até ficava presa com esse homem pra sempre!

Os demais personagens mal aparecem, mas digo que Natan, o irmão mais velho de Nicholas, é bem cuzão e chato pra caralho. Queria que a autora tivesse aprofundado mais a relação entre eles. Mas ok.

Achei a história um tanto rápida e por isso o envolvimento dos personagens também não é muito desenvolvido, mas depois que eu descobri que é porque o livro só tem 150 páginas. Então dpa pra relevar hahaha. Sendo sincera, é um livro ok para passar o tempo e quem gosta de uma boa comédia romântica, mas fora isso, nada demais. Mesmo assim recomendo!

Thirty day boyfriend | 150 páginas | Editora WGW Books, LLC | Nota: 4/5

3 comentários

  1. Oi Mi, bem curtinho mesmo o livro e achei a capa.... interessante rsrsrsrs parece mesmo uma leitura leve, adoro.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKK Essas capas Mi, meu Deus senhor....

      Excluir
  2. Oi, Mi

    Realmente parece com o outro e eu ri aqui com a comparação com a Brittainy! Hahahhaha
    Acho que fiquei mais inclinada a ler este do que o outro. Acho que por conta do número de páginas! Hahahah

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤
Comentários PLAGIADOS NÃO SERÃO ACEITOS!

Capítulo Treze. Design by Berenica Designs.