Capítulo Treze

books and geek world

Mika
Oi gente! Aqui quem fala é a Mika. tenho 22 anos e estou terminando o curso de Administração da UnB (amém!). Eu adoro livros, especialmente os romances. Amo me perder nas histórias acompanhada de uma boa xícara de café.

Teto para dois - Beth O'Leary | Resenha


Eles dividem um apartamento com uma cama só. Ele dorme de dia, ela, à noite. Os dois nunca se encontraram, mas estão prestes a descobrir que, para se sentir em casa, às vezes é preciso jogar as regras pela janela.
Três meses após o término do seu relacionamento, Tiffy finalmente sai do apartamento do ex-namorado. Agora ela precisa para ontem de um lugar barato para morar. Contrariando os amigos, ela topa um acordo bastante inusitado.
Leon está enrolado com questões financeiras e tem uma ideia pouco convencional para arranjar dinheiro rápido: sublocar seu apartamento, onde fica apenas no período da manhã e da tarde nos dias úteis, já que passa os finais de semana com a namorada e trabalha como enfermeiro no turno da noite. Só que tem um detalhe importante: o lugar tem apenas uma cama.
Sem nunca terem se encontrado pessoalmente, Leon e Tiffy fecham um contrato de seis meses e passam a resolver as trivialidades do dia a dia por Post-its espalhados pela casa. Mas será que essa solução aparentemente perfeita resiste a um ex-namorado obsessivo, uma namorada ciumenta, um irmão encrencado, dois empregos exigentes e alguns amigos superprotetores?
Fazia tempo que eu não me empolgava tanto com um romance, e acho que depois de ler Um amor de inverno, Teto para dois complementou da mesma forma o sentimento de satisfação que o outro livro havia proporcionado. Aqui vamos conhecer Tiffy, uma editora de livros que precisa desesperadamente de um novo lugar para morar. Isso porque ela vem dividindo o apartamento com seu ex-namorado Julian, e a situação tem se tornado insustentável. Após ver vários anúncios de apartamentos igualmente ruins ou piores, ela acaba aceitando um inusitado acordo com Leon. 

Leon é um enfermeiro que trabalha no período da noite em uma causa de repouso. Por precisar de uma grana extra, ele resolve sublocar sua casa, só que o lugar é tão pequeno que só cabe uma cama. Então além de dividir o apartamento, Leon e Tiffy também dividirão a cama. Estranho, né? Mas como ele trabalha a noite, e ela no período da manhã, isso manteria o acordo já que ambos nunca se encontrariam. E aos finais de semana, Leon passaria na casa da namorada (um tanto quanto ciumenta) Kay.

Em uma narrativa dividida entre os dois pontos de vista, iremos compreender como a rotina desses dois personagens irão se enredar tanto. Através de recados em post-its deixados após o turno um do outro na casa, Tiffy e Leon se tornam amigos. A autora modificou as narrativas para ambos os personagens. A da Tiffy é o famoso primeira pessoa, e apesar do Leon também ser, a dele é um pouco diferente, mais como se fosse um roteiro sendo destrinchado a cada cena. Fica confuso essa minha explicação, mas se vocês lerem, vocês vão entender. Tive um pouco dificuldade com a narrativa dele justamente por não ser tão usual, mas achei criativo e acabei me acostumando com o rolar das páginas.
É estranho imaginar que ambos os personagens nunca se viram até metade da história. O livro tem 400 páginas, então imagina quanta coisa acontece... mas se você acha que a história se torna lenta, muito pelo contrário. Ela não é agitada ao ponto de ser frenética, mas tem um crescendo latente ao longo da leitura. No fim, fica impossível não torcer para esse casal tão improvável e mais ainda por um encontro entre os dois. Eles são tão diferentes, mas se complementam de tantas formas. Onde Tiffy é escandalosa, Leon é reservado. Ela é faladeira, ele é mais taciturno. E bum, do nada eles se chocam e toda essa história fica mais ainda interessante.

Mas se tem uma coisa que eu amei de verdade, foi a forma como ela tratou o relacionamento abusivo. Na sinopse isso já é posto para o leitor, mas quanto mais a gente lê, menos vamos entendendo o porque da autora ter feito isso. Até que acontece... de forma lenta e gradativa, o leitor vai descobrindo, assim como Tiffy, situações onde o relacionamento abusivo acontecia. Quanto mais vamos chegando ao fim das páginas, mais a coisa se torna tensa. É basicamente mostrar a uma vítima de assédio nuances de onde ele acontece e como. O leitor não percebe de início, assim como Tiffy também não percebia, mas de alguma forma, ele está lá e vai se transformando em algo assustador. O assédio (ou relacionamento abusivo, no caso) é algo sutil, que é posto a vítima sem que ela perceba. E a autora trabalhou isso da mesma forma. No começo da leitura não entendemos onde Julian é abusivo, até que vamos percebendo quem realmente ele é juntamente com Tiffy, e também seu processo de cura e superação (que nunca é fácil, mas é necessário).
Outra coisa que eu adorei foi que a autora não tacou o arco do irmão do Leon e deixou subdesenvolvido. Na verdade, esse plot é algo que está sendo trabalhado ao mesmo tempo que o romance entre o casal. Ela não abordou isso na trama somente para encher páginas, o que é um ponto muito a favor dessa história, que apesar de ter essa capa linda e fofa, não é só feita de superficialidade.

E também não é só de drama que Teto para dois vive! A autora conseguiu trazer temas complicados e muito bem trabalhados, ao mesmo tempo que trouxe suavidade a obra. Eu fiquei apaixonada com esse paradoxo, e por isso gostei tanto da obra. Comi a história em dois dias e é um dos favoritos do ano, porque apesar de não ser um livro tipo TOTALMENTE IMPACTADOR, consegue de forma simples e suave tocar nosso coração e nos deixar ensinamentos. Eu super recomendo!

Teto para dois | 400 páginas | Editora Intrínseca | Nota: 5/5

Comentários

  1. Oi, Mika!
    Estou lendo esse livro no momento e já estou torcendo muito pelos dois, apesar de que eles nem se encontraram ainda hahaha
    Demorei um pouquinho pra me acostumar com a narrativa da visão dele, mas agora estou achando bem legal. Uma forma diferente de diferenciar os dois, né? Espero gostar da leitura até o final.
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi, Mari
      Fica meio confusa mesmo kkkk mas vamos acostumando. Eu fiquei apaixonada nesse livro, os personagens são tão fofos... você vai amar!

      Excluir
  2. Olá, Miriã.
    Acabei de ler uma resenha desse livro. E eu que já estava na vontade de ler ele, fiquei ainda mais empolgada. Gosto muito de quando os autores conseguem a façanha de falar sobre temas tão difíceis de uma forma leve que não deixa o leitor desconfortável. Assim que der vou ler ele.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, SIl
      Eu fiquei encantada com essa obra, acho que você vai gostar também, eu amei!

      Excluir
  3. Oi Miriã!
    Coloquei esse livro na minha listinha! 😍
    Adoro qnd o escritor sabe dosar a parte romântica e dramática da história!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol
      Tomara que você goste, eu acredito que a autora soube desenvolver muito bem essa história.

      Excluir
  4. Oi Mi! Eu comprei o ebook de tanto que falaram bem desse livro. Ainda bem que vc gostou, sinal que vou gostar também! Acho ótimo quando os autores tratam temas difíceis com suavidade, ansiosa pela leitura!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi
      Certeza que você vai gostar, eu fiquei apaixonadinha nessa história.

      Excluir
  5. Oiii Mi

    Esse livro é maravilhoso, uma das minhas melhores leituras do ano, a estória me empolgou tanto e eu adorei tb como a autora abordou toda a relação anterior da Tiffy e aquele ex babaca dela, ficou natural, leve e fácil de entender e sentir empatia pela Tiffy, achei bacana a autora não ter pesado demais no drama, permitindo que a gente pudesse sim se envolver com todos os conflitos da trama sem ficar sofrendo, mas ao contrário, ainda assim torcer e se empolgar pela Tiffy e pelo Leon (ah e como torci pela amiga advogada também, achei ela bem hilária)

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ivy
      Pra mim esse livro foi perfeito. Mesclou muito bem a dramaticidade com momentos leves, e o Leon é maravilhoso, e Tiffy também.

      Excluir
  6. Não sei nem dizer o quanto eu amo esse tipo de história. Esse livro deve ser muito bom. Já anotei a dica! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Gente, e eu que amei essa história? Hahahaha.
    Adorei o enredo, tipo, muito inusitado mesmo, eu já tô querendo esse livro na minha mesa para ontem.

    Beijão!
    Lumusiando

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤

Formulário de contato